• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Fernando Silva Paula
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2008
Orientador
Banca examinadora
Tfouni, Leda Verdiani (Presidente)
Assolini, Filomena Elaine Paiva
Mello, Marisol Barenco de
Título em português
Os genéricos discursivos sobre a educação e a interpelação ideológica
Palavras-chave em português
Análise de Discurso
educação
fracasso escolar
genéricos discursivos
Resumo em português
A qualidade da Educação oferecida pela Escola pública brasileira é objeto de inúmeras discussões e debates, tanto no campo político quanto nos meios científicos e acadêmicos. No contexto social atual, a grande questão que se apresenta é se esta Escola consegue cumprir a sua função educativa. Em decorrência disto, uma série de discursos apresenta-se para explicar, justificar ou simplesmente criticar tal realidade educacional. Nesta pesquisa, foram investigados alguns efeitos dessa produção discursiva sobre o imaginário social, dando-se uma atenção especial ao trabalho de naturalização de sentidos que a ideologia promove aí. Mais especificamente, foi analisado como esses discursos (re)produzem-se em fórmulas genéricas, tais como tem que estudar para ser alguém na vida, enunciadas por estudantes de Ensino Médio de uma escola pública. O referencial teórico-metodológico que sustenta este trabalho é o proposto pela Análise de Discurso Pechêutiana (AD), disciplina científica construída a partir de (re)leituras da lingüística, do marxismo e da psicanálise. A AD ocupa-se dos processos sócio-históricos de constituição do sentido e, também, dos gestos de leitura e interpretação. Seu objeto é o discurso, o qual deve ser entendido como um efeito de sentido entre interlocutores. Esta perspectiva distancia-se das abordagens idealistas que interpretam o significado (exato) das coisas e das palavras, pois concebe a língua como um sistema, dinâmico, afetado pela história e pela ideologia. A partir dos conceitos da AD, empreendemos uma leitura das teorias e idéias (científicas) que fornecem explicações sobre o fracasso escolar. Esta produção discursiva foi interpretada como uma tentativa de explicar-dissimular os efeitos da atualização da luta de classes e da divisão social do trabalho na Escola, indicando que as contradições fundamentais que vigoram em nossa sociedade de consumo produzem seus efeitos nesse espaço institucional. A leitura destas teorias foi fundamental para a articulação deste trabalho, já que se tem aí um importante campo discursivo sobre a Escola e a Educação. Para a construção do corpus (conjunto de enunciados investigados) de pesquisa, foi elaborado um roteiro de entrevista semi-estruturada com questões sobre a Educação, a Escola e o Trabalho. Foram selecionados para a análise três recortes nos quais os estudantes recorreram ao uso de genéricos discursivos (slogans, provérbios, máximas, etc.) para tratar de questões relacionadas à sua história acadêmica e às suas expectativas com relação ao seu futuro profissional. Na análise destes enunciados genéricos, identificamos a presença marcante de um discurso que apresenta a escolarização como a condição para se obter o sucesso social-profissional, e também, de uma ideologia que difunde um ideal de Escola democrática e igualitária, da forma como é veiculada pelo Discurso Pedagógico Escolar tradicional (D.P.E.). Por outro lado, como vimos, o sujeito não ocupa sempre a mesma posição com relação à ideologia, podendo, em alguns pontos, em função das condições de produção que determinam a enunciação, ocupar posições de resistência a determinados discursos. Isto não significa, entretanto, a liberdade do sujeito, pois todas as suas interpretações, suas tomadas de posição, são mediadas pela ação do recalque e da ideologia.
Título em inglês
The discursive generics about Education and the ideological interpellation
Palavras-chave em inglês
Discourse Analysis
Discursive Generics
Education
School Failure
Resumo em inglês
The quality of the Education provided by Brazilian public School is the point of several discussions and debates, not only in politics, but also in the scientific and academic fields. In the current social context, the main issue presented is whether this School is capable of meeting its educational duty or not. As a result of this, a series of discourses is presented to explain, justify or simply criticize such educational reality. In this research, some of the effects of that discursive production about the social imaginary were scrutinized, paying special attention to the work of naturalization of the meaning promoted by the ideology. More specifically, it was analyzed how those discourses are (re)produced in generic formulas, such as you have to study to be someone in life expressed by Secondary students from a public school. The theoretical-methodological reference that supports this research is the one proposed by Discourse Analysis from Pêcheux (DA), a scientific subject built from (re)readings of linguistic, Marxism and psychoanalysis. DA studies the social historical processes of constitution of the meaning, but also the reading and interpretation acts. Its object is the discourse, which must be understood as the effect of meanings between speakers. This perspective withdraws itself from the idealistic approaches that interpret the (exact) meaning of things and words, as it regards the language as a system, dynamic, affected by history and ideology. From DA concepts, a reading of the theories and (scientific) ideas that provide explanations on the school failure was developed. This discursive production was interpreted as an attempt to explain/dissimulate the effects of the modernization in the fight of classes and social division of labor in School, showing that the fundamental contradictions which are held in our consumer society produce their effects in this institutional space. The reading of those theories was essential to the development of this research, as we can find there an important discursive field on School and Education. In order to build the corpus (all the studied utterances), it was prepared a semi structured interview script with questions on Education, School and Labor. To the analysis, three extracts were selected, in which students resorted to the use of discursive generics (slogans, proverbs, maxims, etc.) to address issues related to their academic history and their expectations towards their professional future. While analyzing these generic utterances, it was identified the remarkable presence of a discourse that presents the schooling as a condition to achieve the social-professional success, and also, the presence of an ideology that spreads an ideal of a Democratic and Equalitarian School, the way it is addressed by the traditional School Pedagogic Discourse (EPD). On the other hand, as seen, the subject is not on the same position concerning the ideology, but it is able, in some points, as a result of the conditions that determine the utterance, to occupy positions of resistance to certain discourses. That does not mean, however, the subjects freedom, as all its interpretations, its positions chosen are mediated by the action of repression and ideology.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
disertacao.pdf (869.72 Kbytes)
Data de Publicação
2017-11-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.