• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2004.tde-25012005-150705
Documento
Autor
Nome completo
Wladimir Porreca
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2004
Orientador
Banca examinadora
Romanelli, Geraldo (Presidente)
José Filho, Mário
Silva, Rosalina Carvalho da
Título em português
"Famílias recompostas: casais católicos em segunda união".
Palavras-chave em português
Famílias recompostas
Igreja Católica
Pastoral de Casais em Segunda União
Segunda União
Separação conjugal
Resumo em português
RESUMO PORRECA, W. Famílias Recompostas: Casais Católicos em Segunda União. 2004. 124f. Dissertação de Mestrado – Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP)/ Universidade de São Paulo (USP), 2004. A instituição familiar está passando por mudanças diversas, dentre as quais se inclui o aumento de separações e divórcios e a redução de casamentos legais e religiosos. Diante dessas transformações a Igreja Católica, que defende a indissolubilidade do matrimônio, junto com casais em segunda união procura apoiar a constituição da Pastoral de Casais em Segunda União. Este trabalho tem como objetivo examinar a organização familiar de casais católicos vivendo em segunda união e que participam da Pastoral, para investigar como se deu a primeira união, as causas que levaram a sua ruptura e a uma nova união e as motivações desses casais em continuarem a integrar a comunidade católica. Os participantes da pesquisa são dez casais católicos em segunda união, na faixa etária entre 30 e 50 anos, residentes nas cidades de Aguaí, Mococa, Mogi Guaçu, São João da Boa Vista e São José do Rio Pardo, no estado de São Paulo, todas sob jurisdição religiosa da Diocese de São João da Boa Vista. A coleta de dados foi feita através de entrevistas gravadas separadamente com cada um dos integrantes dos casais, transcritas na íntegra e orientadas por um roteiro semi-estruturado. A análise dos dados indica que os principais motivos da separação estão associados ao alcoolismo, à infidelidade conjugal e ao desgaste da dimensão amorosa. O que mais gera preocupação nos sujeitos ao se separarem são as possíveis conseqüências que os filhos poderão sofrer. A segunda união é contraída com a expectativa de formar uma nova família, ter um(a) companheiro(a) e um relacionamento estável. No entanto, lamentam as privações impostas pela Igreja aos casais em segunda união, principalmente o fato de não poderem receber a comunhão sacramental. A participação na Pastoral de Casais em Segunda União favorece a integração e convivência social e religiosa dos casais na Igreja e fora dela e ainda possibilita a superação do sentimento de discriminação que sentiam. A Pastoral possibilita ainda maior conscientização da hierarquia e dos membros dessa instituição sobre o significado do acolhimento e dos direitos desses casais.
Título em inglês
Step Families: Catholic Couples on Second Union
Palavras-chave em inglês
Marital separation
Pastoral Institution for Couples on Second Marital Union
Second union Catholic Church
Step Families
Resumo em inglês
ABSTRACT PORRECA, W. Step Families: Catholic Couples on Second Union, 2004. 124f. Master’s Degree Dissertation – Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP)/Universidade de São Paulo (USP), 2004. The familial institution has been going through several changes, including the increase of separations and divorces, and the reduction in the number of legal and religious matrimonies. Facing these transformations the Catholic Church, which defends the indissolubility of matrimony, along with couples that live on a second marital union intends to support the creation of the Pastoral Institution for Couples on Second Marital Union. The present work aims to analyze the familial organization of Catholic couples living a second union and taking part in the Pastoral Institution, to investigate the way through which union occurred, the marital separation, the second marital union and these couples´ motivations to continue being part of the Catholic community. The participants of the research were ten Catholic couples, in which partners live on a second union, with an age range between 30 and 50 years old, living in the cities of Aguaí, Mococa, Mogi Guaçu, São João da Boa Vista e São José do Rio Pardo, in the state of São Paulo, all of which under the religious jurisdiction of the Diocese of São João da Boa Vista. The data gathering was done through interviews that were recorded separately with each of the partners of the couple, transcribed in their entirety and guided by a script. The analysis of the data indicates that the main reasons for couple separation are connected to alcoholism, marital infidelity and the weariness of the affection dimension. The fact that most worries people who are about to be separate are the possible consequences that their children might suffer. The intention of the second marital union is based on the expectancy of constituting a new family, for companion and for a solid relationship. However, they feel sorry for the privations that are imposed by the Church to the couples who live on a second marital union, especially the fact that they cannot receive the Holy Communion. Taking part in the Pastoral Institution for Couples on Second Marital Union favors the interaction and social and religious conviviality of the couples in the Church and out of it and also allows them to overcome the discrimination they used to feel. The Pastoral Institution also allows the members of the Catholic church to have greater awareness about the meaning of welcoming these couples and also about their rights.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
dissertacao.pdf (520.96 Kbytes)
Data de Publicação
2005-03-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.