• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.59.2010.tde-23102013-152658
Documento
Autor
Nome completo
Maria Emilia de Oliveira Pereira Abbud
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2010
Orientador
Banca examinadora
Almeida, Sebastião de Sousa (Presidente)
Costa, Telma Maria Braga
Kakeshita, Idalina Shiraishi
Petean, Eucia Beatriz Lopes
Quaioti, Teresa Cristina Bolzan
Título em português
A influência da televisão nos hábitos alimentares de uma população de adolescentes da região norte brasileira
Palavras-chave em português
Comunicação
Obesidade
Propagandas de Alimentos
Televisão
Resumo em português
A inatividade física, associada ao aumento do consumo de alimentos energéticos consumidos frente à televisão, ou em decorrência da influência de comerciais de produtos alimentícios veiculados, têm sido apresentada como fator determinante para o aumento de peso corporal durante a adolescência. Assim, o presente estudo teve como objetivo investigar a influência da televisão nos hábitos alimentares de uma população de adolescentes da região norte brasileira. Foram investigados: a) a importância da comunicação, seu nível de influência, com ênfase principal na publicidade e propaganda veiculadas na televisão; b) a quantidade de propagandas de alimentos veiculados pelas principais redes de canal aberto da televisão brasileira, bem como a qualidade nutricional destes alimentos; c) o conteúdo das propagandas de alimentos, incluindo os apelos emocionais e racionais associados ao produto promovido; d) os hábitos de compra de alimentos e os hábitos alimentares dos adolescentes, relacionando-os à ocorrência de sobrepeso e obesidade. Cada objetivo específico foi desenvolvido em um estudo, com material e método específicos. No estudo número um, foram gravadas as programações das três principais redes de canal aberto brasileiras, líderes de audiência na cidade de Manaus. Paralelamente, procedeu-se à análise do relatório de programação diária das três emissoras de televisão. Os dados foram analisados através de estatística paramétrica, utilizando-se Análise de Variância (ANOVA). Verificou-se que categoria alimentos apresentou a maior frequência média de veiculação. Com relação às propagandas de produtos alimentícios selecionadas, verificou-se que a maior parte delas, referia-se a alimentos classificados no grupo óleos, gorduras, açúcares e doces da Pirâmide Alimentar Adaptada. No estudo número dois foram realizados dois tipos de análise: a primeira, quantitativa, relacionando a porcentagem de ocorrência das categorias para classificação das propagandas e produtos. Constatou-se que 73,3% das propagandas promoveu o produto em si. A mesma porcentagem 73,3% indicou alimentos para consumo durante o café da manhã e/ou lanche. A totalidade das propagandas alimentícias selecionadas sugeriu o consumo imediato dos produtos anunciados. Na segunda análise proposta, também quantitativa, utilizou-se a ANOVA. Em relação aos sentimentos explorados pelas propagandas de alimentos a post hoc demonstrou que a frequência média de indicação de sentimentos explorados, representados pelos grupos (gênero feminino e gênero masculino) foi estatisticamente maior no grupo masculino. Tendo como referência a análise dos dados coletados a partir do julgamento das idéias associadas aos produtos alimentícios, observou-se que os dois grupos, julgaram as propagandas com frequências médias iguais. No estudo número três, foi aplicado o Questionário de Avaliação de Consumo, Questionário de Avaliação Sócio-Econômica, aos 94 adolescentes, de ambos os sexos, alunos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas - IFAM. Os resultados revelaram que 11,7% dos alunos estavam com sobrepeso e 7,7% apresentaram obesidade, não sendo identificada diferença significativa entre o IMC médio dos meninos e das meninas. Sendo constatada diferença significativa entre o IMC e o hábito de assistir à televisão por mais de 2 horas por dia somente para os adolescentes do sexo masculino. A propaganda foi um dos fatores associados à decisão de compra dos alimentos. As propagandas veiculadas associaram sentimentos de satisfação, prazer e alegria, idéias de convencimento e qualidade do produto para incentivar o consumo de alimentos. Fatores que poderiam exercer influência nos hábitos alimentares dos adolescentes. A maior parte dos adolescentes apresentou hábitos alimentares inadequados, com elevado consumo de gordura, açúcar e sal. Os dados apresentados no presente estudo concordam com a literatura especializada, que revela que a intensa propaganda de alimentos na televisão pode estar contribuindo com os índices de sobrepeso e obesidade encontrados nos adolescentes.
Título em inglês
The influence of television on the food habits of an adolescent population in the north of Brazil
Palavras-chave em inglês
Communication
Food Propaganda
Obesity
Television
Resumo em inglês
Physical inactivity associated with an increase in consumption of energetic foods consumed in front of the TV, or as a result of the influence of adverts for the sale of processed foods, has been presented as a determinant factor in the increase in body weight during adolescence. Thus the present study aimed to investigate the influence of TV on the eating habits of an adolescent population in the north of Brazil. The following were investigated: a) the importance of communication and the level of influence, with the main emphasis on the publicity and propaganda aired on TV; b) the amount of propaganda concerning food products aired by the main networks of open TV in Brazil, and the nutritional quality of these foods; c) the content of the propaganda concerning foods, including the emotional and rational appeals associated with the product advertised; d) the food buying habits and eating habits of the adolescents as related to the occurrence of overweight and obesity. Each specific objective was developed in a separate study, with specific material and method. In study number one, the programs of the three main networks of open TV in Brazil, viewer leaders in the City of Manaus, were taped. In parallel, the daily program report of the three TV networks was analyzed. The data were analyzed by parametric statistics using the Analysis of Variance (ANOVA). It was shown that the category of foods showed the greatest mean frequency of going on air. With respect to the selected food product adverts, it was shown that the majority referred to foods classified in the group of oils, fats, sugars and sweets of the Adapted Food Pyramid. In study number two, two types of analysis were carried out: the first was quantitative, relating the percent occurrence of the categories for the classification of the adverts and products. It was shown that 73.3% of the adverts promoted the product itself. The same percentage of 73.3% indicated foods for consumption at breakfast time and/or for lunch/snacks. All of the selected food adverts suggested the immediate consumption of the products announced. In the second analysis proposed, also quantitative, ANOVA was used. With respect to the exploration of sentiments by the food adverts, a post hoc showed that the mean frequency of the indication of sentiments explored, represented by groups (female gender and male gender) was statistically greater for the male group. Taking as the reference the analysis of data collected as from the judging of ideas associated with the food products, it was observed that the two groups judged the adverts with the same mean frequencies. In study number three, the questionnaires Evaluation of Consumption and Socio-Economic Evaluation, were applied to 94 adolescents of both sexes, students at the Federal Institute of Education, Science & Technology of the Amazonian Region (IFAM). The results showed that 11.7% of the students were overweight and 7.7% were obese, no significant difference being identified between the mean values for BMI of the girls and boys. A significant difference was found between the BMI and the habit of watching TV for more than 2 hours per day, only for the male group of adolescents. Propaganda was one of the factors associated with the decision to buy the foods. The adverts aired associated sentiments of satisfaction, pleasure and happiness, ideas for convincing and the quality of the product to encourage consumption of the foods, factors that could exert an influence on the eating habits of the adolescents. The majority of the adolescents showed inadequate eating habits, with an elevated consumption of fats, sugar and salt. The data presented in the present study agree with the specialized literature that has revealed that the intense propaganda of foods on TV could be contributing to the overweight and obesity indexes found in adolescents.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-01-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.