• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2008.tde-22052009-184241
Documento
Autor
Nome completo
Karina Rodrigues
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2008
Orientador
Banca examinadora
Cardoso, Carmen Lucia (Presidente)
Barbieri, Valeria
Vaisberg, Tania Maria Jose Aiello
Título em português
Aspectos psicológicos de crianças com bruxismo
Palavras-chave em português
bruxismo
odontopediatria
psicanálise
psicologia
técnicas projetivas
Resumo em português
O Bruxismo é um hábito parafuncional, caracterizado pelo apertamento ou rangimento dos dentes, de modo contínuo. Tem sido relacionado a uma etiologia multifatorial, nas quais os aspectos psicológicos vêm sendo reconhecidos como importantes. Embora tenha sido estudado principalmente em adultos, tem sido observado um número cada vez maior de crianças com Bruxismo. Assim, o presente trabalho teve por objetivo investigar a dinâmica afetiva de crianças com bruxismo. Foi realizada uma análise comparativa de dois grupos de 15 crianças cada, pareadas por sexo, idade e escolaridade: Grupo 1 - crianças com Bruxismo e o Grupo 2 - sem Bruxismo atendidas pela Clínica de Odontopediatria da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, com idades variando entre 6 e 12 anos, de ambos os sexos. Procedeu-se a aplicação individual dos participantes: com as crianças do Teste de Apercepção Temática Infantil (CAT A), e com os acompanhantes responsáveis foi realizada uma Entrevista Semi-Estruturada. A análise dos resultados, a partir da abordagem Psicanalítica, possibilitou a discussão de aspectos específicos da dinâmica afetiva das crianças com Bruxismo quando comparadas ao grupo controle, dentre os quais destacamos: conduta marcada por evitação de problemas, tendência submissa ao lidar com conflitos, baixos indicadores de criatividade e imaturidade. O comportamento submisso pôde ser observado na categoria Problemática, onde as crianças com bruxismo mostraram lidar com seus principais conflitos através da submissão, dificultando o enfrentamento e resolução dos mesmos; evidenciaram ainda baixa auto-confiança e desfechos de sucesso no final de suas histórias apenas quando o comportamento submisso estava presente. As categorias de Herói, Conjunto e a subcategoria Histórias mostraram funcionamento rebaixado da criatividade, uma vez que as histórias foram descritivas, estereotipadas e restritas na apresentação de relacionamentos sociais para além dos familiares. As categorias Problemática, Necessidades, Conjunto e Mecanismos de defesa mostraram índices de imaturidade que foram corroborados por vários aspectos da entrevista realizada com os acompanhantes, tais como: medos atuais da criança, local onde criança dorme, descrição do sono atual, hábitos orais e descrição atual da criança. Observou-se ainda que o funcionamento da criatividade nestas crianças pode estar restringido por questões emocionais e tendo como principal forma de conduta adaptativa o comportamento submisso aliado a uma imaturidade emocional. Desta forma, este trabalho contribuiu para uma maior compreensão dos aspectos psicológicos das crianças que apresentam Bruxismo e aponta para a necessidade de trabalhos conjuntos entre a Psicologia e a Odontologia visando um olhar integral sobre estas crianças.
Título em inglês
Psichological aspects of children with bruxism
Palavras-chave em inglês
bruxism
pediatric dentistry
projective techniques
psychoanalysis
psychology
Resumo em inglês
Bruxism is a parafunctional habit, characterized by continuous teeth clenching or grinding. Its etiology has been related to multiple factors, in which psychological aspects have been acknowledged as important. Although bruxism has been mainly studied in adults, an increasing number of children with this problem have been observed. This research aimed to examine the affective dynamics of children with bruxism. A comparative analysis was performed, involving two groups of 15 children each, paired by gender, age and education level: Group 1 children with bruxism and Group 2 without bruxism attended by the Pediatric Dentistry Clinic of the University of São Paulo at Ribeirão Preto School of Dentistry, with ages ranging from 6 to 12 years, male and female. The participants were subject to the individual application of: the Thematic Childrens Apperception Test (CAT A) to the children, and a semistructured interview to the responsible companions. Based on the psychoanalytic approach, the analysis of the results made it possible to discuss specific aspects of the affective dynamics of children with bruxism in comparison with the control group, among which the following stand out: behavior marked by problem avoidance, submissive tendency in dealing with conflicts, low creativity levels and immaturity. The submissive behavior could be observed in the Problem category, where the children with bruxism showed that they dealt with their main conflicts through submission, making problem coping and solving more difficult; they also evidenced low self-confidence and successful outcomes at the end of their stories only occurred when submissive behavior was present. The categories Hero, Group and the subcategory Stories showed decreased creativity functioning, as the stories were descriptive, stereotyped and restricted in the presentation of social relationships beyond the family. The categories Problem, Needs, Group and Defense mechanisms showed immaturity levels that were corroborated by different aspects in the interview with the companions, such as: the childs current fears, place where the child sleeps, description of current sleep, oral habits and current description of the child. It was also observed that the functioning of creativity in these children might be restricted by emotional issues and might take submissive behavior as the main form of adaptive conduct, allied with emotional immaturity. Thus, this research contributed to a further understanding about the psychological aspects of children with bruxism and points towards the need for collaboration between Psychology and dentistry, with a view to a comprehensive perspective on these children.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
mestrado.pdf (533.79 Kbytes)
Data de Publicação
2009-07-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.