• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2011.tde-21102013-163346
Documento
Autor
Nome completo
Letícia Fonseca Reis Ferreira de Castro
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2011
Orientador
Banca examinadora
Ferreira, Maria Clotilde Therezinha Rossetti (Presidente)
Nogueira, Ana Lúcia Horta
Souza, Marilene Proenca Rebello de
Título em português
A trajetória escolar de crianças adotadas: a perspectiva de pais e professores
Palavras-chave em português
Adoção
Dificuldades de aprendizagem
Escola
Família
Professores
Resumo em português
Alguns estudos apontam a adoção como um fator central para o surgimento de possíveis dificuldades no desenvolvimento de crianças, sendo o baixo desempenho escolar assinalado em diversos estudos como uma resposta às possíveis dificuldades enfrentadas com o processo adotivo ou com a adoção em si. Tais questões são debatidas por outros estudos também sobre adoção, que ao tratar do assunto expõem uma visão diferente a respeito da mesma temática e enfatizam que a adoção pode não ser, isoladamente, o fator responsável para o surgimento de dificuldades escolares. Desta forma, esta concepção amplia o foco do assunto para demais fatores, não considerando apenas a adoção como responsável pelo surgimento de dificuldades no âmbito escolar. Sendo assim, esta pesquisa foi desenvolvida com o intuito de analisar as percepções de pais e professores a respeito da trajetória escolar de crianças adotadas, investigando como eles compreendem a existência de possíveis sucessos e dificuldades escolares nestas crianças, buscando entender, especificamente, se para os participantes a adoção tem ou não influência na atuação escolar destas crianças. Para isto, entrevistamos doze professores do Ensino Fundamental (3º ao 7º ano) e quatro pais adotivos (um casal e duas mães), sobre a trajetória escolar de nove crianças adotadas, investigando como eles interpretam a temática da adoção e da aprendizagem, apontando suas perspectivas a respeito do tema da pesquisa. Para complementarmos nosso corpus de pesquisa, realizamos também observações do cotidiano escolar com o intuito de realizar um "mergulho" no ambiente em que as crianças e os professores estão inseridos. A partir disso, foi possível realizar uma investigação que relacionou as diversas ordens de elementos presentes, em níveis micro e macro, compreendendo as situações sempre de forma articulada. De acordo com os pressupostos teóricos e metodológicos da Rede de Significações, a adoção deve ser entendida e analisada como uma situação em meio às outras vividas pela criança, retirando o foco de atenção da mesma e estendendo-o para um conjunto de fatores intervenientes, no qual a escola e a família são componentes essenciais. Sob a ótica da RedSig, para compreender esse processo, é preciso levar em conta não apenas os componentes individuais da criança, como a sua condição de filho biológico ou adotivo, mas os outros componentes da rede interacional no qual a criança faz parte. Assim o olhar dos participantes se mostrou voltado para as redes de relações estabelecidas em cada caso, apontando para características de cada situação como influência para aprendizagem. Ao falar de dificuldades e sucessos escolares a maioria dos professores atribuiu a "estrutura familiar" como possuindo influência direta na aprendizagem, já os pais focalizaram suas representações em questões particulares e individuais dos filhos. Deste modo, nossos resultados apontaram que as dificuldades escolares e os sucessos apresentados pelos adotivos, não foram diretamente relacionados à adoção, porém as vivências anteriores à adoção e o contexto familiar, da família adotante, foram citados com bastante frequência.
Título em inglês
The school history of adopted children: The perspective of parents and teachers
Palavras-chave em inglês
não fornecido
Resumo em inglês
Some studies point to adoption as a central factor for the emergence of possible difficulties in the development of children, and the poor school performance reported in several studies as a response to potential difficulties with the procedure adopted or the adoption itself. These issues are also discussed by other studies on adoption, to address the issue that exposes a different view regarding the same issue and emphasizes that the adoption may not be alone, the factor responsible for the appearance of learning difficulties. Thus, this concept extends the focus of the subject to other factors, not just considering adoption as responsible for the emergence of difficulties in school. Therefore, this study was developed in order to analyze the perceptions of parents and teachers about the school life of adopted children by investigating how they understand the existence of possible successes and learning difficulties in these children, trying to understand, specifically, whether to participants the adoption have or not influence on the school performance of these children. For this, we interviewed twelve teachers of elementary school (3rd to 7th years) and four adoptive parents (one couple and two mothers), on the school life of nine adopted children, investigating how they interpret the theme of adoption and learning, highlighting its perspectives on the topic of research. In order to complement our research corpus, we have also observed the everyday school life in order to deepen in the environment in which children and teachers are included. From this, it was possible to conduct an investigation that linked the different orders of elements present in micro and macro levels, understanding situations in an articulated way. According to the theoretical and methodological assumptions of the Network of Meanings, the adoption must be understood and analyzed as one of the situations, among others, lived by the child, removing the focus from it and extending it to a set of intervening factors in which school and family are essential components. From the view of SigNet, to understand this process, we must take into account not only the individual components of the child, as the state of biological or adopted child, but the other components of the interactive network in which the child belongs. Therefore, the gaze of the participants showed toward the relational networks established in each case, pointing to characteristics of each situation as an influence for learning. Speaking of difficulties and successes of the students, most teachers gave "family structure" as having direct influence on learning, on the other hand, parents have focused on particular issues and representations of individual children. Thus, our results showed that the learning difficulties and successes presented by adopted children, were not directly related to adoption, although the experiences prior to the adoption and the family context, the adopting family, were mentioned quite often.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-04-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.