• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.59.2014.tde-13112014-101423
Documento
Autor
Nome completo
Marina Cardoso de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Silva, Lucy Leal Melo (Presidente)
Coleta, Marilia Ferreira Dela
Cunha, Maria do Céu Taveira de Castro Silva Brás da
Ribeiro, Marcelo Afonso
Shinyashiki, Gilberto Tadeu
Título em português
Sucesso na carreira depois da graduação: estudo longitudinal prospectivo da transição universidade-trabalho
Palavras-chave em português
Educação superior
Identidade profissional
Mercado de trabalho
Orientação profissional
Sucesso na carreira
Resumo em português
A transição da universidade para o mundo do trabalho, bem como o sucesso na carreira, são temas de interesse dos pesquisadores da psicologia vocacional. Contudo, pouca atenção tem sido dedicada ao estudo do sucesso nessa importante transição na perspectiva de recém-formados. Buscando preencher tal lacuna, esta investigação teve como objetivo geral descrever e explicar o sucesso na transição universidade-trabalho. Foram conduzidos três estudos. O primeiro, de natureza qualitativa, buscou explorar as definições de sucesso na transição universidade-trabalho. No segundo estudo, foi construído, a partir dos dados qualitativos, um instrumento multifatorial que avalia diferentes indicadores de sucesso na transição universidade-trabalho. Essa medida se mostrou psicometricamente adequada e foi utilizada como variável dependente no terceiro estudo, de natureza longitudinal, sobre os determinantes do sucesso na carreira depois da conclusão da graduação. Para cada estudo, os participantes foram recrutados por conveniência. Para o primeiro estudo, qualitativo, colaboraram nove recém-formados, organizados em dois grupos focais. Para o segundo estudo, de validação da medida, utilizou-se o procedimento de validação cruzada com duas amostras independentes, totalizando 377 recém-formados. Para o terceiro estudo, de natureza longitudinal, obteve-se a colaboração de 195 participantes que responderam à pesquisa em dois momentos: durante o último ano da graduação e quando já tinham finalizado a formação superior (follow-up). Os pressupostos da análise do discurso e da epistemologia construcionista social subsidiaram as análises do estudo qualitativo. Os dados quantitativos foram analisados por meio de programas estatísticos SPSS for Windows e AMOS, versão 22. Foram realizadas análises descritivas e análises fatoriais exploratórias e confirmatórias. Os resultados da investigação qualitativa indicaram que o sucesso na transição universidade-trabalho pode ser descrito por uma multiplicidade de sentidos que refletem resultados de natureza subjetiva (confiança no futuro de carreira, conquista gradativa dos objetivos traçados, construção da identidade profissional, adaptação ao papel de trabalhador e satisfação com o percurso profissional) e objetiva (conseguir um trabalho na área, remuneração compatível com o mercado e com os pares, independência financeira e reconhecimento social pelo desempenho profissional). Outro resultado dessa pesquisa foi a construção e a validação da Escala de Avaliação do Sucesso na Transição Universidade-Trabalho (ESTUT). O estudo longitudinal, por sua vez, evidenciou que tanto variáveis individuais associadas à identidade, à decisão, à exploração de carreira e à autoeficácia profissional, quanto as contextuais, relacionadas às percepções do apoio social e das oportunidades do mercado de trabalho, são necessárias para predizer o sucesso nessa etapa da carreira. Porém, as variáveis individuais se mostraram mais significativas, ressaltando o papel da agência pessoal no processo de transição universidade-trabalho. De modo geral, os estudos realizados ressaltaram a inter-relação entre os aspectos objetivos/contextuais e subjetivos/individuais da carreira. As conclusões apontam para a necessidade de se adotar uma visão psicossocial e interdisciplinar para a compreensão do sucesso na transição universidade-trabalho. Implicações teóricas, práticas e para futuras pesquisas são discutidas.
Título em inglês
Career success after graduation: a longitudinal prospective study of university-to-work transition
Palavras-chave em inglês
Career guidance
Career success
College education
Labor market
Professional identity
Resumo em inglês
University-to-work transition and career success are themes of interest among vocational psychology researchers. Nevertheless, little attention has been devoted to the study of career success at this important transition from the new graduates perspective. Aiming to fill this gap, the objective of this research was to describe and explain career success during university-to-work transition. Three studies were conducted. The first study, qualitative, sought to explore the definitions of success during university-to-work transition. In the second study, based on previous qualitative data, was developed a multifactorial instrument that assesses different indicators of university-to-work success. This measure proved to be psychometrically adequate and was used as a dependent variable in the third study, longitudinal, which investigated the determinants of career success after graduation. For each study participants were recruited by convenience methods. For the first study, qualitative, collaborated nine new graduates, organized in two focus groups. For the second study, measurement validation, was used a cross-validation procedure with two independent samples, totaling 377 college graduates. For the third study, longitudinal, 195 participants responded to the survey in two times: during the final year of college education and when they had already graduated (follow-up). Discourse analysis approach and social constructionist epistemology was used for the qualitative analyzes. Quantitative data were analyzed using SPSS for Windows and AMOS, version 22. Descriptive statistics and exploratory and confirmatory factor analyzes were performed. The results of qualitative research indicated that success in university-to-work transition could be described by a multiplicity of meanings that reflect subjective (confidence in the career future, goal progress and career plans, construction of professional identity, work adjustment, and career path satisfaction) and objective (work in the degree area and good salary, financial independence, and social recognition) career outcomes. Another contribution of this research was the development and validation of the University-to-Work Success Scale (UWSS). In addition, the longitudinal study showed that individual variables associated with career identity, career decision, career exploration and professional self-efficacy, as well as contextual variables related to perceptions of social support and labor market opportunities were necessary to explain the success at this career stage. However, the individual variables were more significant, emphasizing the role of personal agency in the university-to-work transition process. Overall, the studies highlighted the interrelationship between objective/contextual and subjective/individual aspects of a career. The findings pointed out the need to adopt a psychosocial and interdisciplinary approach to understanding university-to-work transition success. Implications for theory, research and practice are discussed
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
pdfcorrigida.pdf (6.78 Mbytes)
Data de Publicação
2015-02-20
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • OLIVEIRA, M.C., DETOMINI, V. C., e Melo- Silva, Lucy Leal. Sucesso na transição universidade-trabalho: expectativas de universitários formandos. Psicologia em Revista (Impressa) [online], 2013, vol. 19, p. 497-518. Dispon?vel em: http://periodicos.pucminas.br/index.php/psicologiaemrevista/issue/view/416/showToc.
  • OLIVEIRA, M.C., DETOMINI, V.C, e Melo- Silva, Lucy Leal. Sucesso na transição da universidade para o mercado de trabalho: um estudo. In 3º Congresso Latino-americano de Orientação Profissional e de Carreira, 10º Simpósio Brasileiro de Orientação Profissional e de Carreira. 1º Fórum de Pesquisa em Orientação Profissional e de Carreira, SãoPaulo, 2011. REsumos do 3º Congresso Latino-americano de Orientação Profissional e de Carreira, 10º Simpósio Brasileiro de Orientação Profissional e de Carreira. 1º Fórum de Pesquisa em Orientação Profissional e de Carreira., 2011. Resumo.
  • OLIVEIRA, M.C., e Melo- Silva, Lucy Leal. As expectativas de sucesso na transição universidade-mercado de trabalho: descrições e contradições. In I Seminário Iberoamericano: as transições dos estudantes:, um desafio para as universidades, Itajaí, SC, 2013. Anais do I Seminário Iberoamericano.Itajaí, 2013. Dispon?vel em: http://httpp://www.acaodireta.com.br/seminarioiberoamericanoanais/.
  • OLIVEIRA, M.C., Melo- Silva, Lucy Leal, e POSTIGO, F. L. J. Sucesso na carreira depois da graduação: os repertórios interpretativos utilizados para descrevê-lo. In IV Congresso Latino-americano da ABOP / XI Simpósio Brasileiro de Orientação Vocacional & Ocupacional / II Forum de pesquisa em Orientação Profissional e de Carreira, São Paulo, SP, 2013. Programa e Resumos do IV Congresso Latino-americano da ABOP / XI Simpósio Brasileiro de Orientação Vocacional & Ocupacional / II Forum de pesquisa em Orientação Profissional e de Carreira.São Paulo, SP, 2013. Resumo.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.