• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2010.tde-12112013-163230
Documento
Autor
Nome completo
Ludmila Ferrarezi
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2010
Orientador
Banca examinadora
Romão, Lucília Maria Sousa (Presidente)
Chagas, Magda Teixeira
Pacifico, Soraya Maria Romano
Título em português
A biblioteca escolar nas teias do discurso eletrônico
Palavras-chave em português
Biblioteca escolar
Discurso
Internet.
Resumo em português
Aborda a biblioteca escolar, a partir de uma interface entre a Ciência da Informação, Análise do Discurso de linha francesa e Educação. Busca compreender como a historicidade e a memória discursiva sustentam sentidos sobre o que é esta unidade de informação escolar, observando o litígio entre posições-sujeito e vozes discursivas manifestas em um corpus, composto por recortes de dizeres presentes em blogs, listas de discussão e sites que discursivizam a biblioteca escolar. Objetiva, assim, analisar discursivamente os movimentos do sujeito e dos sentidos nas páginas eletrônicas sobre biblioteca escolar, observando se a rede eletrônica configura-se como o lugar da tão aclamada possibilidade de emergência do sujeito e de dizeres polissêmicos, que façam surgir sentidos além do dominante. Pretende, ainda, refletir sobre a ideologia como mecanismo de naturalização dos sentidos e produção de evidências sobre alguns discursos sobre a biblioteca escolar, e não outros, marcando o que pode ou não ser dito. Para desenvolver tais questões, inicialmente, discorre sobre alguns conceitos fundamentais da Análise do Discurso. Na etapa seguinte, percorre um (ciber)espaço instável, múltiplo e movente, investigando desde as suas condições de produção e as (im)possibilidades de navegação até a maneira como é estruturado e (re)construído, a partir do movimento de sujeitos e sentidos que se constituem ao mesmo tempo, em suas redes. Em seguida, aborda a biblioteca escolar, apresentando os sentidos circulantes em diferentes formações discursivas, a fim de investigar quais retornam, são silenciados ou, ainda, reconstruídos. Apresenta, também, algumas considerações sobre a leitura e pesquisa escolar que, por serem as atividades mais praticadas na biblioteca, tem grande importância na constituição de sentidos sobre ela. Por último, analisa alguns sites de escolas brasileiras, a fim de investigar como elas são discursivizadas, fazendo também algumas considerações sobre as bibliotecas escolares digitais, quais seriam as suas contribuições para novas práticas educativas, indagando se/como é possível sua disseminação no contexto educacional brasileiro. Finalmente, procura analisar discursivamente as representações imaginárias da biblioteca escolar no corpus selecionado. A partir das análises dispostas ao longo do trabalho, infere-se que o ciberespaço heterogêneo e interativo faz falar também o plural, permite os furos nas regiões de sentido estabilizadas pelo retorno da memória, suscitando outras maneiras de enunciar sobre essa instituição, outras margens de sentido.
Título em inglês
não fornecido
Palavras-chave em inglês
Discourse
Internet.
School library
Resumo em inglês
It discusses the school library, from an interface between the Information Science, french Discourse Analysis and Education. It intends to understand how the historicity and discursive memory claim senses about this institution, observing the dispute between subject positions and discursive voices expressed in data, composed by clippings of discourses present in blogs, mailing lists and websites which put in discourse the school library. It aims to analyze, therefore, the movements of the subject and senses in the electronic pages on school libraries, checking if the web configures itself as the place of possibility of emergence of the subject and polysemic words, which raised meanings beyond the dominant. It aims to reflect about the ideology how a mechanism of naturalization of senses and production of evidences about some discourses on school library, and not others, marking which may or not be said. To develop such questions, first It discusses some fundamental concepts of discourse analysis. Then, It tours a (cyber) space unstable, multiple and moving, investigating from their conditions of production and the (im) possibilities of navigating to the way It is structured and (re) constructed from the movement of subjects and senses that constitute themselves in the same time on web. Then, It abroaches school library showing the senses that go around different discursive formations in order to investigate which of them returns, is silenced or rebuilt. It also presents some considerations about reading and scholar research which, being the most practiced activities in the library, they have great importance in the constitution of senses on it. Finally, It analyzes some sites of brazilian schools in order to investigate how they are put in discourse and It also makes some considerations about the digital school library, what are their contributions to educational practices, questioning if/how its possible its dissemination in the brazilian educational context. Lastly, It analyzes the imaginary representations of the school library in data. From the analysis made during this work, It's possible to say that the interactive and heterogeneous cyberspace allows the ruptures in the regions of sense stabilized by the return of memory, prompting other ways of stating on this institution, other margins of sense.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-04-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.