• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2006.tde-05032007-174024
Documento
Autor
Nome completo
Alexandre Mantovani
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2006
Orientador
Banca examinadora
Bairrao, Jose Francisco Miguel Henriques (Presidente)
Ávila, Lazslo Antonio
Silva, Rosalina Carvalho da
Título em português
A construção social da cura em cultos umbandistas: estudo de caso em um terreiro de umbanda da cidade de Ribeirão Preto - SP
Palavras-chave em português
cura
psicanálise
umbanda
Resumo em português
Muitas pessoas se aproximam da umbanda procurando soluções para queixas que vão desde situações de saúde, problemas financeiros e de relacionamentos interpessoais. Como forma de tratamento os terreiros desempenham práticas específicas estruturadas seguindo a cosmologia umbandista, uma visão própria de mundo e de ser humano. No desempenho da cura tem-se uma situação em que o indivíduo é diagnosticado por uma "semiologia espiritual", uma leitura do mesmo a partir de elementos simbólicos religiosos. Este contexto abre espaço para uma pesquisa psicológica vinculada ao social, sendo para tanto necessária uma atitude de pesquisa não-reducionista e não- etnocêntrica. O objetivo desta pesquisa foi descrever e analisar práticas de cura desempenhadas em um terreiro de umbanda da cidade de Ribeirão Preto - SP, explorando possíveis sentidos enunciados nestas práticas.Trata-se de uma pesquisa qualitativa cujas estratégias de coleta de dados foram: observação-participante, anotações em diário de campo, entrevistas e registros audiovisuais. Os dados foram analisados com base na abordagem antropológica da pessoa, que preconiza o estudo do ser humano singular culturalmente contextualizado e distinto da representação da pessoa por um "eu" psicológico. Também toma-se como referência a psicanálise, principalmente pelo tratamento do sujeito feito por Lacan que se assemelha ao da antropologia e possibilita uma aproximação do psicológico ao social, uma vez que trata o sujeito estruturado por relações de alteridade em cadeias significantes, elementos simbólicos pertencentes ao universo cultural. Como resultados, verificou-se duas práticas de cura espiritual chamadas "descarrego" e "transporte". Para a análise agrupou-se dados referentes a oito situações observadas no campo em categorias que explicitam a compreensão umbandista sobre saúde e doença, as ações curativas e seus efeitos. Pôde-se observar que: o culto umbandista apresenta-se como uma cadeia significante formada por elementos verbais e não-verbais que enunciam diversos sentidos para comunidade do terreiro. Os sintomas da doença espiritual revelam o grau de proximidade do indivíduo com a religião. As práticas de cura apresentam uma estrutura de eficácia simbólica, tal como conceituada por Lévi-Strauss. Além disso, funcionam como forma de expressão de conflitos constituindo um "drama social" (Turner). O uso da psicanálise possibilitou uma aproximação entre o pesquisador e os colaboradores (umbandistas) e assim foi possível investigar as práticas de cura levando em conta a linguagem e os significados que estas apresentam para os mesmos. As práticas de cura apresentam uma função de inserção comunitária, pois na umbanda classificar um indivíduo como saudável ou doente implica em reconhecer seu grau de proximidade com a religião.
Título em inglês
The social construction of cure in umbandist cults: a case study in a umbanda´s "terreiro" in Ribeirão Preto - SP.
Palavras-chave em inglês
cure
psychoanalysis
umbanda
Resumo em inglês
Many people seek in umbanda solutions for their health problems, situations of interpersonal interactions and financial difficulties. The "terreiros" treat them by performances of specific practices based in a particular conception of the human being and a specific world view. The process of healing is carried out on the basis of a "spiritual semeiology" an interpretation based on symbolic religious elements. These conceptions and activities represents a good opportunity for a psychological and social researcher program, aimed to be non reductionist and also non ethnocentric. We describe the practices of cure performed in a "terreiro" of umbanda in the city of Ribeirão Preto - SP, looking for their possible significance. It is a qualitative investigation whose data were obtained by participant observations, daily field annotations, interviews and audiovisual registrations. The analysis based on the anthropologic approach of the person, aimed the singular human being in its cultural context, which differs from the mere representations of the person as a psychological "ego". The reference to psychoanalysis was useful specially through Lacan´s treatment of the self , which is akin to the anthropologic approach and makes possible an approximation of the psycho logic and the social, since it consider the person as psychologically structure by its relations with the symbolic elements of the cultural universe. We have studied two forms of spiritual cures which are called "descarrego" and "transporte". The data were clarified in eight categories according to the situations of observations in the field; these categories make explicit for the umbandists what is needed for the understanding of the wealth and disease states, the healing actions and their effects. We have shown that: the umbanda´s cult is characterized as a significant chain of verbal and non verbal elements that represents diverse meanings for the community; the symptoms of the spiritual disease reveal the degree of proximity of the persons to the religion; the practices of cure constitute a structure of "symbolic effectiveness", as in the sense given by Lévi-Strauss. Moreover, they functions as a form of expression of conflicts within the community, and thus constitute a "social drama" (Turner). The use of psychoanalysis permitted an approximation between the researcher and collaborators and made possible, in this way, to investigate the practices of cure taking in account the language and the significance that they represent for both of them. These practices have the function of an insertion in the community, since in the umbanda, the classification of a person as being healthy or sick implicate in the recognition of his/her degree of proximity to the religion.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AlexandreMantovani.pdf (856.84 Kbytes)
Data de Publicação
2007-05-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.