• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2014.tde-05012015-140627
Documento
Autor
Nome completo
Ana Paula Medeiros
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Barbieri, Valeria (Presidente)
Hueb, Martha Franco Diniz
Santos, Manoel Antonio dos
Título em português
Psicodinamismos da tendência antissocial: um estudo transgeracional
Palavras-chave em português
família
psicanálise
tendência antissocial
transgeracional
Resumo em português
A literatura psicológica é unânime em afirmar que o ambiente é um importante propulsor do desenvolvimento infantil. Assim, ao considerar a importância do meio, é preciso entender que a família exerce uma importante influência na criança, podendo auxiliar ou dificultar seu processo evolutivo. A partir de uma perspectiva transgeracional, é possível identificar a forma como ocorrem a transmissão psíquica e o processo estruturante da organização familiar, correspondente à herança familiar em nível inconsciente, que transfere aspectos intrapsíquicos e intersubjetivos. A tendência antissocial pode levar a um importante rompimento das expectativas que a sociedade e a família têm para com a criança, sendo que os sintomas que a caracterizam compreendem a presença de brigas, agressividade, oposição, mentiras, fugas, desobediência, entre outros. Sendo assim, o presente trabalho visou compreender os psicodinamismos familiares envolvidos no surgimento e na manutenção da tendência antissocial em uma criança do sexo feminino de cinco anos de idade, a partir da perspectiva da teoria da Transmissão Psíquica Transgeracional. Foi realizado um estudo de caso com a participação de uma família, cuja criança apresenta sintomas de tendência antissocial. Participaram desta pesquisa: a criança, seus pais, sua avó materna e sua avó paterna. A avaliação realizada compreendeu a utilização da Bateria Hammer para todos os participantes; Teste de Apercepção Temática Infantil e Teste das Matrizes Progressivas Coloridas de Raven para a criança; entrevista psicológica semiestruturada e Questionário de Capacidades e Dificuldades (SDQ-Por) para a mãe; e Teste de Apercepção Temática para todos os adultos. Os materiais foram analisados a partir de uma perspectiva clínica psicanalítica, além das cotações propostas pelos manuais dos instrumentos. A partir dos dados obtidos, nota-se que os sintomas da criança estão intimamente relacionados às angústias, sofrimentos e incertezas dos membros de sua família. As duas avós apresentam uma história que as aproxima e contribui para a compreensão familiar, sendo que ambas expressam uma dependência em relação ao outro, de forma que buscam relações que possam auxiliá-las a satisfazer suas necessidades. As avós e a mãe da criança sofreram privações emocionais ao longo da vida, relacionadas à ausência de figuras importantes, à separação prematura de seus pais e ao holding deficitário, sem encontrarem alguém para suprir-lhes as carências afetivas. A criança recebe a angústia dessas mulheres e seu desejo de mudança, por ela expressos através de sua impulsividade e agitação. Já o pai demonstra sentimento de inutilidade e futilidade frente ao mundo, o que o faz se distanciar da família e dos cuidados da filha. Como seus pais evidenciam a ausência de figuras de identificação para o exercício das funções parentais, a criança recebe conteúdos não elaborados, ligados a perdas, busca por holding, depressão e sensação de ser exigida além do que pode oferecer. Os contornos do Self infantil são pouco definidos¸ e a menina não se sente protegida por uma imposição segura de limites. Os sintomas da criança parecem ser uma maneira que ela encontrou para elaborar os conteúdos que lhe foram transmitidos, buscar ajuda e receber holding. Faz-se necessária uma intervenção nessa família, para que o tratamento da criança seja efetivo. Outras pesquisas devem ser realizadas, a fim de aprofundar o conhecimento sobre a temática.
Título em inglês
Psychodynamisms of antisocial trend: a transgenerational study
Palavras-chave em inglês
antisocial trend
family
psychoanalysis
transgenerational
Resumo em inglês
The psychological literature is unanimous in stating that the environment plays a very important whole in children's development process. In so being, the family may help or hinder their healthy growth. From an intergenerational perspective, it is possible to identify how the psychic transmission and the structuring process of the family organization (corresponding to the family inheritance on an unconscious level) occur as to the transfer of intrapsychic and intersubjective aspects. The antisocial trend can cause a major disruption of the expectations that society and the family have for the child, and the symptoms that characterize such trend encompass the presence of quarrels, aggression, opposition, lies, escaping from reality, and disobedience, among others. Therefore, this study aimed to understand the family psychodynamics involved in the onset and maintenance of antisocial trend in a female child of five years old, from the perspective of the Psychic Transgenerational Transmission theory. A case study including the participation of her family was conducted. So, the child, her parents, her maternal grandmother and her paternal grandmother were included. The evaluation encompassed the use of Hammer Battery (with all the participants); Children Apperception Test and Raven's Coloured Progressive Matrices Test (with the child); psychological interview and the Strengths and Difficulties Questionnaire (SDQ-Per) (with the mother); and Thematic Apperception Test with all adults. The data were analyzed from a psychoanalytic clinical perspective, together with the conjectures proposed by manual instruments. It can be noted that the child's symptoms are closely related to the anguish, suffering and uncertainty of the members of her family. Both grandmothers have similar life histories, expressing a dependency on others, that contributes to the understanding of their families. Both wish to get involved in relationships that could help them to meet their needs. The child's grandmothers and mother have suffered emotional deceptions throughout life, which are related to the absence of important figures, due to premature separation of their parents and consequent deficit of holding, and did not find other person to meet their affective needs. The child receives the distresses of these women and their wishes of changes in their lives, expressing such feelings through her impulsiveness and restlessness. Her father demonstrates a feeling of uselessness and futility as to the world, leading him to an emotional distance from his family and his daughter's care. So, the chill's parents reveal major losses that led to the absence of figures of identification in exercising their parental responsibilities. The child receives contents not well elaborated, related to loss, search for holding, depression and feeling of being required, but with no conditions to answer accordingly. The contours of the child's Self are poorly defined and the girl does not feel protected by secure imposing limits. The child's symptoms seem to be a way she found to elaborate contends and seek for help and holding. An intervention should be carried out with this family to help the child's treatment. Further researches should be conducted to deepen the knowledge on the subject.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
anapaula_original.pdf (2.73 Mbytes)
anapaula_reduzida.pdf (596.93 Kbytes)
Data de Liberação
2017-01-04
Data de Publicação
2015-02-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.