• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2005.tde-14092007-143548
Documento
Autor
Nome completo
Hellen Mathei Della Justina
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2005
Orientador
Banca examinadora
Araújo, Dráulio Barros de (Presidente)
Gamba, Humberto Remigio
Leite, João Pereira
Título em português
Variabilidade da atividades cerebral em resposta a estímulos vestibular e ocolomotor avaliada por fMRI
Palavras-chave em português
fMRI
Sistema Oculomotor
Sistema Vestibular
Variabilidade da atividade cerebral
Resumo em português
A avaliação da variabilidade inter-individual da atividade funcional é de grande importância na utilização da ressonância magnética funcional (fMRI) no contexto clínico. O objetivo principal desse estudo é analisar a variabilidade da ativação cerebral dos sistemas vestibular e oculomotor, através da fMRI em resposta à estimulação optocinética horizontal e aos movimentos de rastreio e sacade dos olhos. Para isso, imagens por ressonância magnética foram obtidas de vinte e três voluntários assintomáticos (treze para o estudo optocinético e dez para os estudos rastreio e sacade) em um scanner de 1.5 T Siemens (Magneton Vision) com seqüências do tipo EPI-BOLD. Os mapas estatísticos foram obtidos no programa Brain Voyager, utilizando o método Modelo Geral Linear. Encontramos ativação significante no córtex visual primário, ao longo do giro occipital médio e inferior, no giro temporal médio, superior e inferior, no giro pós- e pré-central, ao longo do giro frontal inferior, superior e médio, no giro supramarginal, no lobo parietal superior e inferior, na ínsula e no cíngulo anterior e posterior. Grupos de atividade também foram encontrados em estruturas subcorticais (putamen, globo pálido, corpo caloso e tálamo), além do cerebelo. A análise da freqüência de ativação revelou uma alta variabilidade entre voluntários. Contudo, as regiões com maior freqüência de ativação foram as áreas frontais e a área que compreende o giro temporal médio e médio superior. Utilizamos dois métodos para a análise dos índices de lateralização, o primeiro admite um valor estatístico fixo e o segundo leva em consideração a dependência do limiar estatístico com o número de pixels ativados, o segundo método mostrou-se mais confiável. Os índices mostraram uma dominância do hemisfério direito para o estudo optocinético. Já, para os estudos rastreio e sacade, não verificamos essa dominância. Esse estudo permitiu a caracterização das mais freqüentemente áreas envolvidas nas tarefas de estimulação optocinética e dos movimentos de rastreio e sacade dos olhos. A combinação dessas tarefas constitui uma grande ferramenta para determinar a lateralização dessas funções e mapear as maiores áreas envolvidas nos sistemas oculomotor e vestibular.
Título em inglês
Variability of cerebral activity in response to vestibular and oculomotor stimuli evaluated by fMRI
Palavras-chave em inglês
fMRI
Oculomotor System
Variability of cerebral activity
Vestibular System
Resumo em inglês
Assessing inter-variability of functional activations is of practical importance in the use of functional magnetic resonance imaging (fMRI) in clinical context. The main objective of this study is to analyze the variability of cerebral activation of the vestibular and oculomotor systems through an optokinetic horizontal, a pursuit and saccadic eye movement stimulations by means of fMRI. For this, images of magnetic resonance were acquired of twenty and three asymptomatic volunteers (thirteen for the optokinetic study and ten for the pursuit and saccade stimulations) in scanner of 1.5 T Siemens (Magneton Vision) with EPI-BOLD fMRI sequences. The statistical maps were analyzed in Brain Voyager software, using the method General Linear Model. We find significant activation in primary visual cortex, in middle and inferior occipital gyrus, in middle, superior and inferior temporal gyrus, in postcentral and precentral gyrus, in middle, inferior and superior frontal gyrus, in supramarginal gyrus, in superior and inferior parietal lobule, in insula and in anterior and posterior cingulate gyrus. Groups of activity had been also found in subcorticals structures (putamen, globus pallidus, corpus callosum and thalamus), beyond the cerebellum. The analysis of the activation frequency displays a high variability between volunteers. However, the most frequently activation regions were localized in areas frontals and in regions comprehending the middle and medial superior temporal gyrus. We use two methods for the analysis of the laterality index, the first admits a fixed statistical value and the second takes in consideration the dependence of the statistical threshold within the activated number of pixels, the second method revealed more reliability. The indices had shown a right hemisphere dominance for the optokinetic study but, for the pursuit and saccade stimulations, we do not verify this dominance. Our study allowed the characterization of the most frequently involved foci in tasks of optokinetic and pursuit and saccade eye movement stimulations. The combination of these tasks constitutes a suitable tool for determine the lateralization of these functions and for mapping major areas involved in the oculomotor and vestibular systems.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-01-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.