• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2007.tde-31082007-112429
Documento
Autor
Nome completo
Ana Carolina Garcia Broiz
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2007
Orientador
Banca examinadora
Brandao, Marcus Lira (Presidente)
Moreira, Vitor Augusto Motta
Panissi, Christie Ramos Andrade Leite
Título em português
Envolvimento de receptores 5-HT1A no comportamento defensivo induzido por estimulação elétrica da substãncia cinzenta periaquedutal dorsal de ratos com experiência prévia a eventos estressantes
Palavras-chave em português
5-HT1A
8-OH-DPAT
medo contextual.
medo incondicionado
Substância Cinzenta Periaquedutal Dorsal
WAY100635
Resumo em português
O comportamento emocional tem sido considerado fundamental para a sobrevivência dos animais, sendo o medo uma se suas mais primitivas e importantes formas. A substância cinzenta periaquedutal dorsal (SCPD) tem-se destacado como uma estrutura importante na organização das respostas defensivas. Estudos usando estimulação elétrica e química da SCPD e microinjeções de drogas agonistas e antagonistas de receptores serotoninérgicos mostraram uma mediação serotoninérgica através dos subtipos de receptores 5-HT1A e 5-HT2A na regulação do comportamento defensivo organizado nesta estrutura. O objetivo deste trabalho foi examinar a mediação serotoninérgica na SCPD através de receptores 5-HT1A nas respostas defensivas de animais sem e com experi~encia aversiva prévia. Para isto, os limiares de congelamento e fuga foram determinados em ratos implantados com uma cânula acoplada a um eletrodo na SCPD, antes e após microinjeção local do agonista 8-OH-DPAT (4 e 8 nmol) e do antagonista WAY100635 (10 nmol). Os efeitos destas drogas injetadas na SCPD foram avaliados também sobre o tempo de congelamento pós-estimulação em animais ingênuos e também em animais colocados em um contexto no qual receberam choques inescapáveis nas patas 24h antes (medo condiconado contextual). O 8-OH-DPAT, de maneira dose dependente, produziu um efeito anti-aversivo sobre os limiares de congelamento e fuga em ratos sem experiência aversiva prévia, mas não nos animais com experiência aversiva prévia quando comparado com seus controles. Por outro lado, este agonista 5-HT1A reduziu o tempo de congelamento contextual. Já o WAY100635 não produziu alterações significativas sobre os limiares aversivos em ratos ingênuos ou com experiência aversiva prévia, mas elevou o tempo de congelamento contextual nestes aniamis (efeito pró-aversivo). Estes resultados estão em concordância com a idéia de uma modulação fásica exercida pela 5-HT sobre os substratos neurais do medo organizado na SCPD. Por outro lado, mecanismos mediados pelos receptores 5-HT1A não são alterados em animais com experiência aversiva prévia. Acreditamos que estes resultados trazem uma contribuição importante para a nossa compreensão sobre a integração de estados aversivos no SNC e, particularmente sobre o funcionamento destes substratos neurais de defesa na SCPD de animais com experiência aversiva prévia.
Título em inglês
5-HT1A receptor mechanisms of the Dorsal Periaqueductal Gray in the conditioned and unconditioned fear in rats.
Palavras-chave em inglês
5-HT1A receptors
8-OH-DPAT
contextual fear conditioning.
Dorsal Periaqueductal Gray
Unconditioned fear
WAY100635
Resumo em inglês
It is well established that 5-HT1 mechanisms modulate the defensive behavior produced by stimulation of the dorsal periaqueductal gray (dPAG). However, in spite of the notion that past stressful experiences play a role in certain types of anxiety only few studies with stimulation of the dPAG of rats without previous aversive experience have been conducted so far. In this study, we examined the mediation of 5-HT1 receptors of the dPAG in rats naive and in rats previously submitted to contextual fear conditionong (CFC). Defensive behaviors induced by activation of the dPAG were assessed by measuring the lowest intensity of electric current applied to this structure (threshold) able to produce freezing and escape responses during testing sessions of CFC, in which animals were placed in a context previously paired to footshocks. The persistence of the freezing behavior after the interruption of the dPAG electrical stimulation was also evaluated. The 5-HT1 function of the dPAG in this condition was evaluated by local injectinos of 8-OH-DPAT (4 and 8 nmol/) and WAY100635 (10nmol), selective agonist and antagonist of 5-HT1 receptors, respectively. In accordance with previous studies, 8-OH-DPAT increased the aversive thresholds (antiaversive effects) and injection of WAY100635 into the dPAG did not produce significant effects in naive rats. On the contrary, both serotonergic drugs 8-OH-DPAT and WAY100635 did not produce any significant effects on the aversive thresholds. Post-stimulation freezing was not affected by any treatment given to animals before or after CFC. However, the contextual conditioned freezing was attenuated or enhanced by intra-dPAG of 8-OH-DPAT and WAY100635, respectively. The present results suggest that 5-HT1 receptor-mediated mechanisms exert a phasic inhibition on the neural substrates of fear in the dPAG in naive rats whereas past stressful experience does not produce significant changes in the synaptic function of 5-HT1 receptors within the dPAG.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tese_mestrado.pdf (723.00 Kbytes)
Data de Publicação
2007-09-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.