• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2001.tde-30082002-112247
Documento
Autor
Nome completo
Cinthia Amorim de Oliveira Junqueira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2001
Orientador
Banca examinadora
Colafêmina, José Fernando (Presidente)
Aquino, Antonio Maria Claret Marra de
Galera, Cesar Alexis
Título em português
Investigação da estabilidade inter e intra-examinador na identificação do P300 auditivo: análise de erros.
Palavras-chave em português
P300 auditivo
potencial cognitivo
Resumo em português
O P300 auditivo é um potencial evocado que reflete a atividade neurofisiológica das habilidades cognitivas auditivas de atenção, memória, discriminação e tomada de decisão. A possibilidade de correlacionar aspectos do comportamento auditivo a fenômenos fisiológicos observáveis tem despertado o interesse de profissionais de diversas áreas interessados no estudo das disfunções auditivas. Por ser um procedimento novo, os métodos de análise e interpretação dos resultados ainda não estão padronizados e, portanto, devem ser explorados e discutidos visando maior segurança para aplicação clínica e científica. Este estudo investigou a estabilidade na análise e interpretação do P300 auditivo seguindo um conjunto de regras (critério) pré-determinadas. Para isso, quatro profissionais da área audiológica analisaram, em 2 momentos diferentes, 70 traçados de P300 de crianças e adolescentes saudáveis entre 8 e 18 anos de idade, seguindo as mesmas regras para a identificação das ondas (N1, P2, N2 e P3) e marcação de suas medidas de latência. As medidas de latência da onda P300 foram submetidas a análises qualitativa e quantitativa. A análise qualitativa investigou os tipos de erros cometidos pelo examinador no uso do critério de determinação do P300 (5,9% do total de 560 medidas obtidas). Os erros mais freqüentes no uso do critério foram: não identificar o P300 como a maior onda logo após o complexo N1-P2-N2 e identificar uma “falsa” onda P300. A análise quantitativa investigou a variabilidade da medida da latência do P300 atribuível ao examinador. Os resultados mostraram que não houve diferença significante entre as análises inter e intra-examinador, tendo sido encontradas correlações significantes entre as medidas de latência, indicando boa fidedignidade no teste-reteste e alta concordância entre os examinadores no modo como analisaram os traçados das ondas. O critério usado neste estudo demonstrou ser útil na determinação do P300, podendo ser sugerido com segurança para uso clínico e científico.
Título em inglês
Investigation of inter and intra-examiner stability to P300 auditory identification: analysis of errors.
Palavras-chave em inglês
cognitive potential
electrophysiological measures
event-related potential
P300 auditory
P300 measurement
Resumo em inglês
The P300 auditory is an evoked potential which reflects the neurophysiological activity of auditory cognitive abilities: attention, memory, discrimination and making decision as well. The possibility of correlation between aspects of auditory behavior and observable physiological phenomena has increased the interest in the study of auditory dysfunctions among professionals of various fields. Due the fact that the P300 is a recent procedure, the methods of its analysis and interpretation have not been standardized yet. Therefore, they must be explored and debated aiming more security for clinical and scientific application. In this study it was investigated the stability in the analysis and interpretation of P300 auditory, according to a pre-determined set of rules. Four audiologists analyzed twice 70 records of P300 of healthy children and adolescents between 8 and 18 years of age, identifying the waves (N1, P2, N2, P3) and their latencies according to the pre-determined set of rule. The P300 latency measurements were submitted to quantitative and qualitative analysis. The qualitative analysis looked into types of errors made by the examiner during the P300 identification (5.9% in a total of 560 measurements). The no-identification of the P300 as the highest wave following the complex N1-P2-N2, likewise the “wrong” identification of P300 wave were the most frequent mistakes. In the quantitative analysis we investigated the variability of the P300 latency measurements attributable to the examiner. The results showed that there were no significant differences between the inter- and intra-examiner analyses. Significant correlations were found between the measurements, showing a good test-retest reliability and high concordance among the examiners in the way they analyzed the wave records. We conclude that the rules used in this study are useful to the identification of the P300 in both clinical and scientific situations.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
00-Apresentacao.pdf (25.18 Kbytes)
01-Introducao.pdf (46.10 Kbytes)
03-Objetivos.pdf (17.71 Kbytes)
04-Material_e_Metodo.pdf (195.59 Kbytes)
06-Conclusao.pdf (9.33 Kbytes)
08-Anexos.pdf (54.85 Kbytes)
Data de Publicação
2002-09-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.