• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2018.tde-19122017-140854
Documento
Autor
Nome completo
Nelly Kim Mayuri Okuda
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Almeida, Sebastião de Sousa (Presidente)
Costa, Telma Maria Braga
Kakeshita, Idalina Shiraishi
Mota, Diana Cândida Lacerda
Título em português
Estudo da relação entre estilos parentais e imagem corporal no estado nutricional de crianças e adolescentes
Palavras-chave em português
Estilos parentais
Imagem corporal
Obesidade infantil
Resumo em português
Mudanças nos hábitos alimentares somadas ao sedentarismo são os principais fatores do aumento da prevalência do excesso de peso. A obesidade infantil é uma realidade, tornando-se um grave problema de saúde pública mundial. Na infância, a família é considerada o principal apoio ao indivíduo interferindo diretamente no desenvolvimento dos jovens. O presente estudo teve como objetivos verificar a influência dos estilos parentais na prática de atividade física e no estado nutricional dos estudantes de três escolas do ensino fundamental; avaliar a acurácia e satisfação na percepção do tamanho corporal dos estudantes e também a percepção dos pais em relação ao tamanho corporal dos filhos. A amostra consistiu em 154 estudantes, com idade entre nove e 12 anos, de ambos os sexos e seus respectivos responsáveis, sendo um total de 308 participantes. Para classificar o estilo parental foi utilizado as Escalas de Exigência e Responsividade e a percepção da imagem corporal foi investigada por meio da Escala de Silhuetas Infantis. Para análise dos resultados foram utilizados o teste de Correlação Linear de Pearson e Análise de Variância (ANOVA). Os resultados mostraram que 40% dos estudantes estavam acima do peso, e a prática de atividade física foi menor nos estudantes com pais menos exigentes. O estilo parental mais frequente avaliado tanto pelas crianças quanto pelos pais foi o autoritativo. Apenas 23,4% dos estudantes apresentaram uma percepção acurada do seu tamanho corporal e 50% dos pais subestimaram o tamanho corporal de seus filhos. Essa subestimação foi maior quanto maior o índice de massa corporal da criança. Concluímos que uma pequena parcela dos estudantes tem uma percepção acurada do seu tamanho corporal, e que há uma tendência dos pais subestimarem o tamanho corporal dos filhos. Poucos estudantes foram considerados ativos fisicamente. Não encontramos relação entre o estado nutricional da criança e o estilo parental da família.
Título em inglês
Study of the relationship between parental styles and body image in the nutritional status of children and adolescents.
Palavras-chave em inglês
Body image
Child obesity
Parenting styles
Resumo em inglês
Changes in eating habits coupled with physical inactivity are the main factors in increasing the prevalence of overweight. Childhood obesity is a reality, making it a serious public health problem worldwide. In childhood, the family is considered the main support to the individual directly interfering in the development of the young. The present study had as objective to verify the influence of the parental styles in the practice of physical activity and nutritional status of the students; and assess the accuracy and overall satisfaction of students and their caregivers with their body image. The sample consisted of 154 students, aged between 9 and 12 years, of both sexes and their respective responsible ones, being 308 participants. To classify the parenting style was used the Scales of Responsiveness and Demandingness and the physical activity practice of the students was evaluated by the questionnaire to evaluate the Physical Activities of children and adolescents. The perception of the corporal image was investigated through the Scale of Silhouettes for children. To analyze the results, Pearson's linear correlation and Variance Analysis were used to analyze the results. The results showed that 40% of the students are overweight. The practice of physical activity was lower in students with less demanding parents. 23.4 % of students had an accurate perception of their body size and 50% of the parents underestimated the size of their children. This underestimation was greater the higher the body mass index of the child. We conclude that a small portion of the students has an accurate perception of their body size, and that parents have a distorted perception of the children's body image. There was no relationship between the child's nutritional status and the family's parental style.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-03-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.