• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Andrea Milena Garcia Becerra
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2004
Orientador
Banca examinadora
Carvalho, Silvio Morato de (Presidente)
Coimbra, Norberto Cysne
Souza, Azair Liane Matos do Canto de
Título em português
Os efeitos farmacológicos de drogas ditas ansiolíticas e ansiogênicas administradas em ratos testados no labirinto em cruz elevado na presença e ausência de luminosidade
Palavras-chave em português
ansiedade
clordiazepoxido
Gaba
labirinto em cruz elevado
pentilenotetrazole
Resumo em português
Há relatos de que doses baixas de pentilenotetrazol (PTZ) apresentam um efeito ansiogênico em testes comportamentais que medem ansiedade. No labirinto em cruz elevado a droga reduz a porcentagem de entradas e o tempo gasto nos braços abertos. O clordiazepóxido (CDP), por outro lado, é uma droga que tem efeitos ansiolíticos, aumentando a exploração dos braços abertos do labirinto ao reduzir a aversão natural dos ratos aos braços abertos. Obtém-se um efeito similar quando o teste ocorre no escuro. Cafeína (CAF) é um composto estimulante que, aplicada em baixas doses, estimula a atividade motora no labirinto. O presente trabalho investiga o efeito de drogas gabaérgicas nas medidas de ansiedade obtidas no labirinto em cruz elevado, na presença ou ausência de luz. Ratos distribuídos aleatoriamente em 18 grupos receberam injeções de PTZ (0, 10 e 20 mg/kg), 5 min antes do teste, CDP (0,1.5 e 3 mg/kg) ou CAF (0, 10 e 30 mg/kg) 30 min antes do teste e foram colocados no labirinto em cruz elevado por 5 minutos, permitindo sua livre exploração, sob duas condições de luminosidade: claro (22 lux) ou escuro (0 lux). Os resultados mostraram que nem o PTZ nem o CDP tiveram qualquer efeito quando os animais eram testados no escuro. No claro, o PTZ diminuiu a exploração dos braços abertos, o que foi interpretado como um efeito ansiogênico, e o CDP apresentou um efeito oposto. A CAF provocou um aumento na exploração dos braços abertos somente no escuro. Esses resultados sugerem que a luminosidade deflagra as respostas responsáveis pela esquiva dos braços abertos, e as drogas simplesmente aumentam ou bloqueiam esse efeito. Da mesma forma, a falta da aversão desencadeada pela luz permitiu que a atividade locomotora aumentasse sob ação da CAF.
Título em inglês
Farmacological effects of anxiolytic and anxiogenic drugs in rats tested in the elevated plus-maze under light or dark condition.
Palavras-chave em inglês
anxiety
chlordiazepoxide
elevated plus-maze
Gaba
pentylenetetrazol
Resumo em inglês
Pentylenetetrazol (PTZ), in low doses, was reported to have an anxiogenic effect in behavioral tests measuring anxiety. In the elevated plus-maze, it reduces the percentage of entries into and the time spent in the open arms. Chlordiazepoxide (CDP), on the other hand, is an anxiolytic drug which increases open arm exploration in the elevated plus-maze by reducing the natural aversion of rats to the open arms. A similar effect is obtained by testing rats in the dark. Caffeine (CAF) is a stimulant compound that, when administered in low doses, stimulates locomotor activity in the plus-maze. The present work investigated the effect of gabaergic drugs on anxiety levels in the presence and absence of light. Rats were randomly divided into 18 groups and either injected 5 min before testing with PTZ (0, 10, 20mg/kg) or 30 min before testing with CDP (0, 1.5, 3.0 mg/kg) or CAF (0, 10 and 30 mg/kg) and allowed to freely explore an elevated plus-maze for 5 min under two illumination conditions: light (22 lux) or dark (0 lux). Results show that neither PTZ nor CDP had any effect when the animals were tested in the dark. When tested in the light, PTZ decreased exploratory behavior in the open arms, which is usually interpreted as an anxiogenic effect, while CDP had the opposite effect. CAF provoked an increase in open arm exploration but only when the rats were tested in the dark. These results suggest that light triggers the responses responsible for the avoidance of the open arms, and the drugs simply enhance or block them. Likewise, lacking the aversion triggered by light allowed locomotor activity to increase under the action of CAF.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
GarciaAMB.pdf (164.77 Kbytes)
Data de Publicação
2007-03-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.