• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.58.2018.tde-23022018-143734
Documento
Autor
Nome completo
Edson Donizetti Verri
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Regalo, Simone Cecilio Hallak (Presidente)
Caldeira, Eduardo José
Carvalho, Camila Albuquerque Melo de
Siessere, Selma
Título em português
Efeito da Doença de Parkinson na força de mordida, atividade eletromiográfica e espessura dos músculos masseter, temporal e esternocleidomastoideo
Palavras-chave em português
Doença de Parkinson; Eletromiografia; Força de mordida; Músculo esternocleidomastoideo; Músculo masseter; Músculo temporal; Ultrassonografia
Resumo em português
Doença de Parkinson é um distúrbio neurológico, crônico e progressivo que promove alterações motoras com acometimento funcional da musculatura estriada esquelética. Este estudo avaliou a força de mordida molar, atividade eletromiográfica e espessura dos músculos temporal, masseter e esternocleidomastoideo de indivíduos com e sem a doença de Parkinson. Participaram 24 indivíduos, faixa etária entre 50 e 70 anos, distribuídos em dois grupos: com a doença de Parkinson, seguindo os estágios I e III de incapacidade da escala de Hoehn e Yahr, média ± DP 66,16 ± 3,37; n = 12 (GP) e sem a doença, média ± DP 65,83 ± 3,01; n = 12 (GC). Foi utilizado o dinamômetro digital Kratos na análise da força de mordida molar máxima direita e esquerda. O eletromiógrafo MyoSystem BR1 foi usado para captação do sinal eletromiográfico nas condições posturais da mandíbula em repouso, lateralidade direita e esquerda, protrusão, apertamento dental em contração voluntária máxima com e sem Parafilm M®. A imagem da espessura muscular foi mensurada por meio do ultrassom Sono Site Titan nas condições de repouso e apertamento dental em contração voluntária máxima. Os dados obtidos foram tabulados e submetidos à análise estatística (SPSS 21.0, teste t de student; p ≤0,05). A atividade eletromiográfica e espessura muscular revelaram diferenças significantes em quase todos os músculos durante as condições posturais mandibulares entre GP e GC (p≤0,01 e p≤0,05). Essas diferenças também foram observadas na força de mordida molar máxima direita e esquerda (p≤0,01). O GP apresentou maior atividade EMG, maior espessura dos músculos temporais, menor espessura dos músculos masseteres e esternocleidomastoideos e menor força de mordida molar máxima. O entendimento de que a doença de Parkinson está associada com a função prejudicada do sistema estomatognático é extremamente importante para os profissionais da área da saúde na tomada de decisões relacionadas ao tratamento funcional reabilitador.
Título em inglês
Effect of Parkinson's disease on bite force, electromyographic activity and thickness of the masseter, temporal and sternocleidomastoid muscles
Palavras-chave em inglês
bite force
electromyography
masseter muscle
Parkinson's disease
sternocleidomastoid muscle
temporal muscle
ultrasonography
Resumo em inglês
Parkinson's disease is a neurological, chronic and progressive disorder that promotes motor alterations with functional impairment of the skeletal striated musculature. This study evaluated the molar bite strength, electromyographic activity, and thickness of the temporal, masseter and sternocleidomastoid muscles of individuals with and without Parkinson's disease. Twenty-four individuals, aged between 50 and 70 years old, were divided into two groups: with Parkinson's disease, following stages I and III of Hoehn and Yahr disability, mean ± SD 66.16 ± 3.37; n = 12 (GP) and without the disease, mean ± SD 65.83 ± 3.01; n = 12 (GC). The Kratos digital dynamometer was used to analyze the maxillary right and left molar bite force. The MyoSystem BR1 electromyograph was used to capture the electromyographic signal at postural conditions of the resting mandible, right and left laterality, protrusion, maximum voluntary contraction, with and without Parafilm M®. The image of muscular thickness was measured by means of the Sono Site Titan ultrasound in the conditions of rest and dental tightening in maximum voluntary contraction. Data were tabulated and submitted to statistical analysis (SPSS 21.0, student t-test; p≤0.05). The electromyographic activity and muscle thickness revealed significant differences in almost all muscles during mandibular postural conditions between PG and CG (p≤0.01 and p≤0.05). These differences were also observed in the right and left maximal molar bite force (p≤0.01). The PG presented higher EMG activity, a greater thickness of the temporal muscles, lower thickness of the masseter and sternocleidomastoid muscles, and a lower maxillary bite force. The understanding that Parkinson's disease is associated with the impaired function of the stomatognathic system is extremely important for health professionals in making decisions related to functional rehabilitative treatment.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-08-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.