• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.58.2018.tde-21052018-162023
Documento
Autor
Nome completo
Milla Sprone Tavares Ricoldi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Messora, Michel Reis (Presidente)
Ervolino, Edilson
Motta, Ana Carolina Fragoso
Siessere, Selma
Título em português
Avaliação dos efeitos do probiótico Bifidobacterium animalis subsp. lactis HN019 como terapia adjuvante no tratamento da periodontite experimental em ratos
Palavras-chave em português
Bifidobacterium
Doença periodontal
Probióticos
Raspagem dentária
Ratos
Resumo em português
Probióticos do gênero Lactobacillus estão sendo amplamente investigados no tratamento da periodontite. Contudo, os efeitos de microrganismos do gênero Bifidobacterium ainda são pouco conhecidos. Este estudo avaliou os efeitos do probiótico Bifidobacterium animalis subsp. lactis (B. lactis) HN019 como adjuvante à raspagem e alisamento radicular (RAR) no tratamento da periodontite experimental (PE) em ratos. No dia 0 do experimento, 32 ratos foram alocados em 4 grupos: C (controle), PROB (probiótico), PE-RAR e PE-RARPROB. Nos grupos PE-RAR e PE-RAR-PROB, a PE foi induzida pela colocação de ligaduras de seda ao redor dos primeiros molares inferiores dos animais. No 14° dia, as ligaduras foram removidas e realizou-se a RAR. Nos animais dos grupos PROB e PE-RARPROB, o probiótico B. lactis HN019 foi administrado diariamente (10 mL/dia de 109 unidades formadoras de colônia) por 15 dias tendo seu início no 14° dia do experimento. Os animais de todos os grupos foram submetidos à eutanásia 29 dias após o início do experimento. As hemimandíbulas e amostras de intestino delgado foram coletadas. Foram realizadas análises histomorfométricas, microtomográficas e imunohistoquímicas. Foram investigados, também, os efeitos microbiológicos de B. lactis HN019 no biofilme associado às ligaduras durante o desenvolvimento da PE. Todos os dados foram analisados estatisticamente. O Grupo PE-RAR-PROB apresentou menores reabsorção óssea alveolar e perda de inserção conjuntiva quando comparado ao Grupo PE-RAR, bem como menor número de osteoclastos, maior expressão de citocinas anti-inflamatórias e menor expressão de citocinas pró-inflamatórias (p <0,05). No grupo PE-RAR-PROB, os valores médios da profundidade da cripta do jejuno e duodeno foram significativamente maiores que aqueles do grupo PE-RAR. A proporção de bactérias aeróbias/anaeróbias foi maior nas amostras de biofilme de animais tratados com B. lactis HN019 em relação àquelas de animais não tratados (p <0,05). Dentro dos limites deste estudo, pode-se concluir que a utilização de B. lactis HN019 como adjuvante à RAR promove benefícios histológicos, microtomográficos e imunológicos adicionais no tratamento da PE em ratos, bem como melhora a morfologia intestinal.
Título em inglês
Effects of the probiotic Bifidobacterium animalis subsp. lactis HN019 as an adjunct to treatment of experimental periodontitis in rats
Palavras-chave em inglês
Bifidobacterium
Ddental scaling
Periodontal diseases
Probiotics
Rats
Resumo em inglês
Lactobacillus probiotics have been investigated in periodontitis. However, the effects of the genus Bifidobacterium on periodontitis are hardly known. This study evaluated the effects of the probiotic Bifidobacterium animalis subsp. lactis (B. lactis) HN019 as an adjunct to scaling and root planing (SRP) in rats with experimental periodontitis (EP). At baseline, 32 rats were assigned to 4 groups: C (control), PROB, EP-SRP and EPSRP- PROB. In groups EP-SRP and EP-SRP-PROB, the mandibular first molars of the animals received a ligature. At day 14, the ligatures were removed and SRP was performed. Animals of groups PROB and EP-SRP-PROB were orally administered with 10 mL/day of 109 colony forming units of B. lactis HN019 for 15 days, starting at day 14. Animals were euthanized at day 29. The jaws and samples of the duodenum, jejunum, and ileum were resected. Histomorphometric, microtomographic and immunohistochemical analyses were performed. Microbiological effects of B. lactis on biofilm were also evaluated. Data were statistically analyzed. Group EP-SRP-PROB presented reduced alveolar bone resorption and attachment loss when compared with Group EP-SRP (p<0.05). Group EP-SRP-PROB showed significantly fewer osteoclasts, increased expression of anti-inflammatory cytokines and reduced expression of proinflammatory cytokines compared with Group EP-SRP (p<0.05). In group EP-SRPPROB, the mean values of crypt depth of the jejunum and dudoenum were significantly higher than the ones from group EP-SRP. B. lactis promoted a higher ratio between aerobic and anaerobic bacteria in biofilm samples (p<0.05). Within the limits of this study it can be concluded that the use of B. lactis HN019 as an adjunct to SRP promotes additional histologic, microtomographic and immunologic benefits in the treatment of EP in rats and improves the intestinal morphology.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-09-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.