• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.58.2018.tde-12072016-165023
Documento
Autor
Nome completo
Thaís Aparecida Xavier
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2016
Orientador
Banca examinadora
Alves, Sandra Yasuyo Fukada (Presidente)
Daldegan, Andiara de Rossi
Silva, Marcelo José Barbosa
Título em português
Retenção prolongada de dentes decíduos: possíveis fatores etiológicos locais e sistêmicos
Palavras-chave em português
Dente decíduo; Esfoliação de dente; Reabsorção óssea
Resumo em português
A reabsorção radicular é um evento fisiológico para os dentes decíduos. Porém, há casos em que esses dentes são mantidos à cavidade bucal além do tempo de esfoliação normal, mesmo quando os dentes permanentes sucessores estão presentes. Como são escassos os dados disponíveis sobre a real causa da retenção prolongada dos dentes decíduos, as razões exatas merecem ser investigadas. O objetivo desta pesquisa foi analisar se fatores locais (RANKL, RANK, OPG, MCP-1, RUNX2) ou sistêmicos (vitamina D, PTH, IGF-I) poderiam estar relacionados à biologia óssea e radicular em casos de retenção prolongada de dentes decíduos, com presença dos dentes permanentes correspondentes in situ, a fim de se buscar compreender possíveis etiologias do quadro. Para isso, foram selecionados pacientes com dentes decíduos em retenções prolongadas (n=14, grupo R) e pacientes sem dentes decíduos retidos (n=14, grupo C), mas com indicações ortodônticas de exodontias. Após as extrações dentais, foram coletados remanescentes do ligamento periodontal em torno das raízes dentais e amostras de sangue dos pacientes, que foram avaliados por qPCR e quimioluminescência, respectivamente. Houve diferença estatisticamente significante para RANKL (p=0,023) entre os grupos C e R, com menor expressão gênica de RANKL no grupo R. Da mesma forma, foi observada uma menor expressão de RANK no grupo R, comparado ao grupo C; contudo, essa diferença não foi significativamente diferente. Houve também um resultado próximo do valor de significância para vitamina D (p=0,0572), com níveis séricos reduzidos dessa vitamina no grupo R. Não houve diferenças estatisticamente significantes entre os grupos para os outros fatores estudados. Com base nos dados deste estudo, pode-se sugerir que menores expressões de RANKL e RANK possam estar envolvidas na retenção prolongada de dentes decíduos e que baixos níveis séricos de vitamina D também possam estar associados com o retardo na esfoliação radicular decídua.
Título em inglês
Persistent primary teeth: possible systemic and local etiological factors
Palavras-chave em inglês
Bone resorption; Primary teeth; Tooth exfoliation
Resumo em inglês
Root resorption is a physiological event for primary teeth. However, there are cases where these teeth are maintained beyond the normal exfoliation time, even when the corresponding permanent teeth is present. Since there are few data concerning the real cause of prolonged retention of primary teeth, the exact reasons must be investigated. The aim of this study was to assess if local factors like RANKL, RANK, OPG, MCP-1, RUNX2, or systemic factors such as vitamin D, PTH and IGF-I could to be involve in the bone and root biology, in cases of persistent primary teeth, with the corresponding permanent teeth in situ. Patients with persistent primary teeth (n=14, group R) and patients without persistent primary teeth (n=14, group C), but with orthodontic indication of tooth extraction, were selected. After the teeth extractions, remaining periodontal ligament around the roots and blood samples were collected and assessed by qPCR and chemiluminescence, respectively. The present study found significant lower level of RANKL in the group R compared to group C (p=0,023). Although it was not significantly different, the level of RANK was also reduced in group R compared to group C. The expression of others local factors was similar between group R and C. Concernig systemic factors, the serum level of vitamin D were reduced in the group R compared to group C (p=0,0572) although it was not statistically significant. There were no significant differences between both groups for the others systemic studied factors. It is possible that a lower RANKL and RANK expression is involved in prolonged retention of primary teeth and our data also suggest that low serum levels of vitamin D could also be involved in the etiology of the retention.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-09-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.