• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.58.2008.tde-31032008-161701
Documento
Autor
Nome completo
Juliana Machado Barroso
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2008
Orientador
Banca examinadora
Pecora, Jesus Djalma (Presidente)
Cruz Filho, Antonio Miranda da
Estrela, Carlos
Roldi, Armelindo
Sousa Neto, Manoel Damião de
Título em português
Influência do pré-alargamento cervical no desgaste promovido pelos instrumentos rotatórios de níquel-titânio na região apical: Estudo em canais simulados curvos
Palavras-chave em português
canais simulados curvos
preparo cervical
preparo do canal
Resumo em português
A proposta desse estudo in vitro foi avaliar a influência do pré-alargamento cervical no desgaste apical de canais simulados curvos preparados com instrumentos rotatórios de níquel-titânio. Foram confeccionados 30 blocos de resina com canais simulados de 20 graus de curvatura que foram divididos aleatoriamente em três grupos distintos (n=10) de acordo com o tipo de alargamento cervical realizado: Grupo I - sem alargamento cervical; Grupo II - alargamento cervical realizado com brocas CP Drill®; Grupo III - alargamento cervical realizado com brocas LA Axxess®. Previamente ao alargamento cervical os canais foram preenchidos com tinta nanquim em toda sua extensão e realizaram-se as fotografias iniciais com auxílio de máquina digital posicionada em estativa. Para o preparo apical utilizaram-se instrumentos rotatórios K3® na seqüência de 20.02 até 45.02, sendo que, entre o intervalo do uso de cada instrumento o canal foi preenchido, novamente, com tinta nanquim e realizada a fotografia final para cada instrumento. As fotografias pré e pós-operatórias foram sobrepostas e procedeu-se a mensuração do desgaste linear da parede interna e externa do canal simulado no ápice da curvatura e no ápice do canal proporcionado por cada instrumento, com auxílio do software Image Tool. A diferença entre esses valores, de acordo com cada área do canal avaliada, foi submetida à análise estatística. O teste de Regressão Linear permitiu estabelecer uma correlação entre o calibre do instrumento e o desgaste do canal, que pode ser traduzida em uma equação matemática, indicando que é diretamente proporcional. O teste de Kruskal-Wallis (complementado com pós-teste de Dunn) permitiu a comparação do desgaste entre os diferentes grupos experimentais. Por meio desses testes pode-se observar que grupo onde não foi realizado o pré-alargamento cervical apresentou padrões de desgastes diferentes daqueles onde o preparo foi executado. O grupo sem pré-alargamento provocou o desgaste acentuado do lado externo da curvatura, enquanto os grupos preparados com CP Drill® e LA Axxess® mostraram padrões de desgaste semelhantes, denotando a maior centralização do instrumento no canal em ambas as regiões analisadas (ápice da curva e ápice do canal). Pode-se concluir que o pré-alargamento cervical influenciou de forma positiva no preparo da região apical de canais simulados curvos, proporcionando preparos mais centralizados dessa região.
Título em inglês
Influence of cervical preflaring on prepared canal shape in simulated curved root canals prepared with nickel-titanium rotary systems
Palavras-chave em inglês
canal shape
cervical preflaring
simulated curved root canals
Resumo em inglês
The purpose of this in vitro study was to evaluate the influence of cervical preflaring on prepared canal shape in simulated curved root canals prepared with nickel-titanium rotary systems. Thirty resin blocks with simulated canals with 20º curvature were fabricated and randomly assigned to three groups (n=10) according to the type of cervical preflaring: Group I - no cervical preflaring; Group II - cervical preflaring with CP Drill® burs; Group III - cervical preflaring with LA Axxess® burs. Previously cervical preflaring, the canals were thoroughly filled with India ink and the initial photographs were taken using a digital camera fixed in a static position. Right after, apical preparation was performed using 20.02 to 45.02 K3® rotary instruments. At each change of file, the canals were refilled with India ink and the final photographs were taken for each instrument. The initial and final photographs were superimposed and linear dentin removal produced by each type of rotary instrument was measured with specific software at the internal and external portions of the curvature apex and at the canal apex. The difference between the initial and final values was analyzed statistically, according to each canal region. Statistical analysis by linear regression established a correlation between instrument size and canal transportation, which can be expressed by a mathematical equation. This correlation is directly proportional, which means that the greater instrument, the more accentuated the canal transportation. Additionally, Kruskal- Wallis test (complemented by the Dunn' post-test) allowed comparing dentin removal among the different experimental groups. These tests revealed that the non-flared group presented different dentin removal patterns, as compared to the groups where cervical preflaring was undertaken. The group without preflaring presented a significantly greater dentin removal on the external side of curvature, while the groups preflared with CP Drill® and LA Axxess® exhibited similar dentin removal patterns, demonstrating a greater centralization of the instrument inside the canal, for both analyzed regions (curvature apex and canal apex). It may be concluded that cervical preflaring influenced positively the apical preparation of simulated curved canals, producing more centralized preparations in this region.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
do_JulianaBarroso.pdf (3.20 Mbytes)
Data de Publicação
2008-07-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.