• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.58.2018.tde-23052016-162102
Documento
Autor
Nome completo
Mario Torigoe
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2016
Orientador
Banca examinadora
Dibb, Regina Guenka Palma (Presidente)
Kuga, Milton Carlos
Regalo, Simone Cecilio Hallak
Romano, Juliana Jendiroba Faraoni
Título em português
Efeito de ácidos de origem extrínseca e intrínseca na evolução do processo erosivo/abrasivo em dentina
Palavras-chave em português
Ácidos; Dentina; Desgaste; Erosão dentária; Microscopia; Rigosidade
Resumo em português
O objetivo deste estudo foi avaliar in vitro o efeito do ácido cítrico líquido, ácido clorídrico na forma de gás e líquido na evolução do processo erosivo associado ou não a abrasão do tecido dentinário. Foram simuladas situações diárias que ocorrem na Doença do Refluxo Gastroesofágico (DRGE) e no consumo de alguns tipos de refrigerantes. O estudo foi fatorial 3 X 2 , tendo como fatores de estudo: exposição ao ácido em 3 níveis (ac. cítrico, ácido clorídrico na forma líquida e gasosa), abrasão em 2 níveis (sem e com escovação), o tempo foi analisado individualmente por ácido empregado para verificar a evolução do processo erosivo. Foram obtidos 60 espécimes de dentina (3 X 3 mm) a partir do terço cervical da raiz de incisivos bovinos, que foram isolados com resina composta, exceto a face a ser exposta aos desafios erosivos, que foi lixada e polida para planificar a superfície e remoção do cemento, metade desta face foi isolada com fita de silicone adesivo (controle). Os espécimes foram aleatoriamente divididos em 6 subgrupos (n=10). Foi realizado desafio erosivo com HCl líquido, 0,6%, pH=2; com gás do HCl , pH=2 ambos a 37ºC e com ácido cítrico líquido, 0,3%, pH=2,7, com temperatura ambiente (22ºC). A exposição foi de 20 segundos para os desafios com ácido clorídrico e por 5 minutos para o ácido cítrico em cada ciclo, repetidos 6 vezes. Após cada desafio erosivo, os corpos de prova ficaram imersos em saliva artificial por 1 hora, a 37°C, realizada ou não a abrasão e, em seguida, foram obtidas as imagens para as análises de perfil de desgaste, rugosidade de superfície, área, número e tamanho dos túbulos dentinários expostos. A abrasão foi realizada com escova elétrica por 10s e 200gf com dentifrício. Os dados foram submetidos aos testes ANOVA e Tukey (p<0,05). Pode-se observar que os ácidos cítrico e clorídrico (liquido) promoveu maior desgaste (p<0,05) do que o gás. A rugosidade foi mais intensa no ácido cítrico (p<0,05). Na morfologia da dentina o ácido clorídrico foi que promoveu maiores alterações (p<0,05) O fator tempo foi semelhante para todos os grupos e a escovação reduziu a rugosidade. Pode-se concluir que os diferentes ácidos promoveram um processo erosivo distinto, sendo que o gás de ácido clorídrico promoveu menor desgaste e o ácido cítrico, a maior rugosidade e o ácido clorídrico líquido promoveu maior alteração morfológica dos túbulos dentinários.
Título em inglês
Effect of extrinsic and intrinsic source of acids in the evolution of the erosive/abrasive process in dentin
Palavras-chave em inglês
Acids; Dental erosin; Dentin; Microscopy; Roughness; Wear
Resumo em inglês
The aim of this study was to evaluate in vitro the effect of liquid citric acid, hydrochloric acid in the form of gas and liquid in the evolution of erosion with or without abrasion of the dentin. Everyday situations were simulated occurring in Gastroesophageal Reflux Disease (GERD) and use of some types of soft drinks. The study was a factorial 3 x 2, with the study of factors: acid exposure in three levels (citric acid, hydrochloric acid in liquid and gaseous form), abrasion on two levels (with and without brushing), the time was analyzed individually by acid used to verify the evolution of erosion. There were obtained 60 samples of dentin (3 x 3 mm) from the cervical third of bovine incisors roots, which were lined with composite resin except the side to be exposed to erosive challenges, which was sanded and polished to plan surface and removal of cement, half of the face was covered with silicone adhesive tape (control). The specimens were randomly divided into 6 subgroups (n = 10). Erosive challenge was performed with liquid HCl, pH = 2; with gas HCl, 0,6%, pH = 2 both at 37°C and with liquid citric acid, 0,3%, pH 2.7, room temperature (22 ° C). Exposure was for 20 seconds with hydrochloric acid and challenges for 5 minutes to citric acid at each cycle, repeated 6 times. After each erosive challenge, the samples were immersed in artificial saliva for 1 hour at 37 ° C, performing or not the abrasion and then take the images to the wear profile analysis, surface roughness were obtained area , number and size of exposed dentinal tubules. The abrasion was performed with electric brush for 10 seconds and 200gf with toothpaste. The data were submitted to ANOVA and Tukey test (p <0.05). The time factor was similar in all groups and brushing reduced roughness. It can be seen that citric and hydrochloric acid (liquid) promoted increased wear (p <0.05) than the gas. The roughness was more intense citric acid (p <0.05). The morphology of the dentin hydrochloric acid was to the highest changes (p <0.05). The time factor was similar in all groups and brushing reduced roughness. It can be concluded that the different acids promoted a distinct erosion process, wherein hydrochloric acid gas promoted less wear and citric acid greater roughness and liquid hydrochloric acid promoted greater morphological changes of dentinal tubules
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-09-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.