• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Átila Vinicius Vitor Nobre
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Motta, Ana Carolina Fragoso (Presidente)
Morejon, Karen Mirna Loro
Taba Junior, Mario
Tirapelli, Camila
Título em português
Impacto do tratamento periodontal não-cirurgico no perfil clínico e imunológico e na colonização oral por Candida spp em indivíduos infectados pelo HIV com periodontite crônica
Palavras-chave em português
Candida spp
Células inflamatórias
Citocinas inflamatórias
Fluido crevicular gengival
HIV
Periodontite crônica
Tratamento periodontal
Resumo em português
A introdução da terapia antirretroviral (TARV) causou impacto significativo na qualidade de vida e controle de infecções oportunistas em indivíduos infectados pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV), desta forma é crescente o interesse no estudo de doenças orais crônicas na era pós-TARV, com destaque para a periodontite crônica (PC). Foi avaliado o efeito da terapia periodontal não-cirúrgica (TPNC) nos parâmetros clínicos periodontais, perfil de citocinas salivares e no fluido crevicular gengival (FCG) e na colonização oral por Candida spp em indivíduos infectados pelo HIV com PC, por meio de um estudo quase-experimental. Indivíduos infectados pelo HIV (grupo teste) e não-infectados pelo HIV (grupo controle), ambos com PC foram avaliados. Os seguintes parâmetros foram analisados (1) clínicos, (2), imunológicos e (3) e microbiológicos: 1) índice gengival (IG), profundidade de sondagem (PS), nível de inserção clínica (NIC) e número de dentes; 2) níveis de linfócitos T CD4+ e carga viral plasmática (apenas para o grupo teste), níveis salivares de interleucina (IL)-6, IL-8 e fator de necrose tumoral-alfa (TNF-α) e níveis no FCG de lactoferrina (Lf) e histatina-5 (Hst-5), e 3) colonização oral por Candida spp. Os parâmetros foram analisados em três diferentes tempos (tempo 0 = baseline; tempo 2 = 30 dias após TPNC e tempo 3 = 90 dias após TPNC). A contagem de linfócitos T CD4+ e carga viral foi realizada em amostras de sangue dos pacientes do grupo teste, as ILs, Lf e Hst-5 foram dosadas por Enzyme-Lynked Immunosorbent Assay (ELISA) e a contagem e classificação de Candida spp foram determinadas a partir de amostras de enxaguado bucal. Nas comparações entre grupos por tempo, ambos apresentaram redução de IG (p<0,0001), PS (p<0,0001), bem como ganho de inserção clínica (p<0,0001) e houve aumento na contagem de linfócitos T CD4+ (p=0,0120) para o grupo teste. A quantificação da carga viral variou (p=0,2984), embora tenha ocorrido diminuição de alguns outliers iniciais com valores altos. Em relação aos biomarcadores, não foi possível observar diminuição estatisticamente significante com o tempo para IL-6 (p=0,6879), IL-8 (p=0,0557), TNF-α(p=0,7013), Lf (p=0,8188) e Hst-5 (p=0,1780) embora o declínio para IL-8 tenha sido mais acentuado. Pôde-se observar uma tendência de aumento entre o tempo 0 e tempo 2, seguido de 20 diminuição no tempo 3 para os grupos teste e controle da IL-8 e Hst-5, em contraste com o declínio linear para o grupo controle da IL-6. As concentrações de Lf apresentaram padrão de aumento do tempo 0 ao tempo 2 e diminuição do tempo 2 ao tempo 3 para o grupo teste, ao contrário do grupo controle, que diminuiu do tempo 0 ao tempo 2 e diminuiu do tempo 2 ao tempo 3. A análise de Candida spp foi dicotomizada entre os grupos teste e controle e mostrou diminuição significante ao longo dos tempos para ambos os grupos (p<0,0001). Pode-se concluir que a TPNC teve impacto benéfico nos marcadores sistêmicos da infecção pelo HIV e nos níveis de IL-8 salivar, além de reduzir a colonização oral por Candida spp em ambos os grupos
Título em inglês
Impact of non-surgical periodontal therapy on clinical and immunological profile and oral colonization by Candida spp in HIV-infected individuals with chronic periodontitis
Palavras-chave em inglês
Candida spp
Chronic periodontitis
Gingival crevicular fluid
HIV
Inflammatory cells
Inflammatory cytokines
Periodontal therapy
Resumo em inglês
The introduction of antiretroviral therapy (ART) has had a significant impact on the quality of life and control of opportunistic infections in individuals infected by the human immunodeficiency virus (HIV), thus increasing interest in the study of chronic oral diseases in the post-ART era, with emphasis on chronic periodontitis (CP). The effect of non-surgical periodontal therapy (NSPT) on periodontal clinical parameters, salivary cytokine profile and gingival crevicular fluid (GGF), and oral colonization by Candida spp in HIV-infected individuals with CP was evaluated by means of a study quasi-experimental. Individuals infected with HIV (test group) and non-HIV infected (control group), both with CP were evaluated. The following parameters were analyzed: (1) clinical, (2) immunological, (3) and microbiological: 1) gingival index (GI), probing depth (PD), clinical attachment level (CAL) and number of teeth; 2) levels of CD4+ T lymphocytes and plasma viral load (only for the test group), salivary levels of interleukin (IL) -6, IL-8 and tumor necrosis factor-alpha (TNF-α) and levels of lactoferrin (Lf) and histatin-5 (Hst-5), and 3) oral colonization by Candida spp. The parameters were analyzed at three different times (time 0 = baseline, time 2 = 30 days after NSPT and time 3 = 90 days after NSPT). The CD4+ T lymphocyte count and viral load were performed on blood samples from the patients in the test group, ILs, Lf and Hst-5 were dosed by Enzyme- Lynked Immunosorbent Assay (ELISA) and the counting and classification of Candida spp were determined from oral rinse samples. In the comparisons between groups by time, both presented reduction of IG (p <0.0001), PD (p <0.0001), as well as clinical attachment gain (p<0.0001) and there was an increase in CD4+ T lymphocyte count (p=0.0120) for the test group. The viral load quantification varied (p=0.2984), although some initial outliers with a high value decreased. Regarding to the biomarkers, it was not possible to observe statistically significant decrease with time for IL-6 (p = 0.6779), IL-8 (p = 0.0557), TNF-α (p = 0.8188) and Hst-5 (p = 0.1780) although the decline for IL-8 was more pronounced. A tendency to increase between time 0 and time 2, followed by decrease in time 3 for the test and control groups of IL- 8 and Hst-5, could be observed in contrast to the linear decline for the control group of IL- 6. 23 Lf concentrations showed a pattern of increase from time 0 to time 2 and decrease from time 2 to time 3 for the test group, unlike the control group, which decreased from time 0 to time 2 and decreased from time 2 to time 3. Candida spp analysis was dichotomized between the test and control groups and showed a significant decrease over time for both groups (p <0.0001). It can be concluded that NSPT had a beneficial impact on the systemic markers of HIV infection and on salivary IL-8 levels, in addition to reducing oral colonization by Candida spp in both groups
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-07-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.