• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.58.2009.tde-20022009-104827
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Corrêa de Queiroz
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2009
Orientador
Banca examinadora
Souza, Sergio Luis Scombatti de (Presidente)
Taba Junior, Mario
Vidigal Junior, Guaracilei Maciel
Título em português
Avaliação do uso de matriz óssea bovina inorgânica associada ao peptídeo de adesão celular no tratamento de defeitos infra-ósseos em pacientes com periodontite agressiva. Estudo clínico, radiográfico e laboratorial em humanos
Palavras-chave em português
enxerto ósseo
matriz óssea bovina inorgânica associada ao peptídeo de adesão celular
periodontite agressiva
regeneração periodontal
Resumo em português
Introdução: As periodontites agressivas (PAg) compõem um grupo de formas rapidamente progressivas da doença periodontal. A restauração do periodonto é um objetivo da terapia periodontal, sendo a regeneração tecidual guiada (RTG) e o uso de substitutos ósseos técnicas bem documentadas. Em pesquisas recentes, foi demonstrado o envolvimento de uma cadeia de 15 aminoácidos do colágeno (P-15) na diferenciação celular de fibroblastos e osteoblastos. A associação de matriz óssea inorgânica bovina com o P-15 (MOI/P-15) tem apresentado bons resultados. O objetivo dessa pesquisa foi avaliar a eficácia da MOI/P-15 no tratamento de defeitos periodontais infra-ósseos em pacientes com periodontite agressiva, tendo como controle o uso de membrana de PTFEe com reforço de titânio Metodologia: Foram selecionados 15 pacientes com PAg, com pelo menos dois defeitos periodontais infra-ósseos (profundidade de sondagem (PS)≥4mm e componente infra-ósseo≥3mm). Foi adotado o modelo boca dividida, sendo realizadas cirurgias regenerativas com MOI/P-15 (GT) de um lado e membrana de PTFEe (GC) do outro. As medidas clínicas de PS, nível de inserção relativo (NIR) e recessão gengival (RG) foram registradas no exame inicial e após 6 meses. Exames radiográficos padronizados foram feitos no exame inicial e após 3 e 6 meses e radiografias de subtração foram realizadas. Medidas lineares e de área foram registradas. Foram colhidas amostras do fluido gengival antes da cirurgia e aos 3 e 6 meses pós-operatórios e a presença de interleucina 1 beta (IL-1β) e interleucina 6 (IL-6) foi quantificada através de ensaio imunoenzimático. Resultados: Houve redução significativa na PS, de 2,27±0,96 mm (P<0,001) para o GT e de 2,57±1,06 mm para o GC (P<0,001); aumento significativo no NIR, de 1,87±0,94 mm (P<0,001) para o GT e 2,09±0,88 mm (P<0,001) para o GC; e aumento significativo na RG, de 0,58±0,29 mm (P<0,001) para GT e 0,64±0,47 mm (P<0,001) para o GC. Não foram observadas diferenças estatisticamente significantes entre os grupos em nenhum dos parâmetros, tanto no exame inicial quanto após 6 meses. Na análise radiográfica, as radiografias de subtração apresentaram ganho médio de área radiopaca em relação ao defeito inicial de 93,16% para o GT, contra 62,03% para o GC. O preenchimento radiográfico do defeito foi maior (P=0,002). para GT (2,49 mm) que para GC (0.,73 mm). Houve um aumento progressivo da densidade radiográfica para ambos os grupos, sem diferenças estatisticamente significantes. Na análise das citocinas, não foram observadas diferenças estatisticamente significantes nas comparações intra e entre os grupos. Conclusão: No tratamento de defeitos infra-ósseos em pacientes com PAg-G, em um período de 6 meses, não foram observadas diferenças significantes entre as duas modalidades terapêuticas avaliadas (MOI/P-15 e RTG) quanto aos parâmetros clínicos e quantificação de citocinas. GT apresentou preenchimento radiográfico do defeito superior ao apresentado por GC.
Título em inglês
Treatment of intrabony defects with ABM/P-15 or GTR in patientes with agressive periodontitis: a Clinical, Radiographic and gingival fluid cytokines levels evaluation
Palavras-chave em inglês
bone regeneration
cell binding peptide P-15
guided tissue regeneration
membranes
periodontal diseases/surgery
transplantation/heterologous
Resumo em inglês
Background: Intrabony periodontal defects present a particular treatment problem, especially in patients with Generalized Aggressive Periodontitis (G-AgP).Researches have been performed in order to improve the results of regenerative procedures. Material and Methods: The aim of this study was to compare outcomes of intrabony periodontal defects following treatment with anorganic bone matrix/cell binding peptide (ABM/P-15) to guided tissue regeneration (GTR) in patients with GAgP. Fifteen patients, with two infrabony defects ≥3 mm deep, were selected for the present study. Patients were allocated randomly to be treated with ABM/P-15 or GTR. At baseline and at 6 months after surgery, clinical and radiographic parameters and IL-1β and IL-6 gingival fluid concentrations were recorded. Results: There was a significant PD reduction (P<0.001) for both groups (2.27±0.96 mm for ABM/P-15 group and 2.57±1.06 mm for GTR group) A CAL gain (1.87±0.94 mm for ABM/P-15 group and 2.09±0.88 mm for GTR group) was observed. In between-group comparisons, there were no statistical significant differences in clinical parameters. The radiographic bone fill was more expressive in ABM/P-15 group (2.49 mm) than in GTR group (0.73 mm). In subtraction radiographs, the areas representing gain in density were 93.16% of the baseline defect for ABM/P-15 group versus 62.03% in GRT group. There were no statiscally significant differences in between and intra-group comparison with regard to IL-1β and IL-6 quantification. Conclusion: Treatment of infrabony periodontal defects in patients with G-AgP with ABM/P-15 and GTR significantly improved clinical outcomes. The use of ABM/P-15 promoted a better radiographic bone fill.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-03-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.