• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.58.2018.tde-29042016-152106
Documento
Autor
Nombre completo
Amanda de Carvalho Desiderá
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Ribeirão Preto, 2016
Director
Tribunal
Panissi, Christie Ramos Andrade Leite (Presidente)
Cunha, Thiago Mattar
Gonçalves, Daniela Aparecida de Godoi
Issa, João Paulo Mardegan
Pereira, Luciano José
Título en portugués
Análise da expressão de metaloproteinases da matriz em células satélites gliais do gânglio trigeminal de ratos portadores de inflamação da articulação temporomandibular persistente submetidos a laserterapia de baixa intensidade
Palabras clave en portugués
Células satélites gliais ; Disfunção temporomandibular ; Gânglio trigeminal ; Laserterapia de baixa intensidade ; Mediadores inflamatórios ; Metalopro
Resumen en portugués
A dor é uma das principais sintomatologias capazes de levar indivíduos a buscar tratamento médico-odontológico. Na odontologia estima-se que cerca de 40 a 75% da população seja portadora de dor de origem orofacial e tenha pelo menos um sinal ou sintoma de disfunção temporomandibular (DTM). A DTM corresponde a um quadro patológico de caráter multifatorial que acomete a articulação temporomandibular (ATM) e os músculos mastigatórios, ocasionando dores na região orofacial bom como alterações na realização de movimentos bucais. O principal sinal desta enfermidade é a inflamação articular, a qual gera dor nas estruturas relacionadas. A inflamação, por sua vez, leva a liberação de mediadores tais como, substância P, peptídeo relacionada ao gene da calcitonina (CGRP), além de fator de necrose tumoral a (TNF-α) e interleucina 1β (IL-1β). Estes mediadores sensibilizam as terminações nervosas livres e a informação nociceptiva caminha para a primeira estação sináptica, o gânglio trigeminal. A inflamação quando persistente promove a expressão de metaloproteinases da matriz (MMP), cuja ação modifica a matriz extracelular podendo, então, modular vias neuronais de percepção. Células satélites gliais (CSGs) são células envolvidas no suporte microambiente neuronal e, possivelmente, células que atuariam na modulação de vias de percepção nociceptiva. Conhecendo mais profundamente os mecanismos de modulação da dor, são buscadas terapêuticas não invasivas eficientes para atenuar a sintomatologia dolorosa advinda da DTM. A laserterapia de baixa intensidade (LLLT) mostra-se como um tratamento eficiente, porém seu efeito dose-dependente gera resultados ambíguos. Nesse contexto o presente trabalho teve como objetivos verificar os biomarcadores inflamatórios presentes no fluído sinovial em ratos portadores de inflamação persistente da ATM, tratados ou não com LLLT. Foram utilizados ratos Wistar (200-240g, n=440 - CEUA 2013.1.1111.58.7), os quais receberam administração de CFA (Adjuvante Completo de Freund) ou salina 0,9% (SAL) intraarticular e que foram submetidos (LLLT) ou não a aplicação de laser na região temporomandibular no primeiro dia, 1 hora após a indução da inflamação,, e nos dias 3, 5, 7 e 10 após indução da inflamação. Resultados obtidos neste trabalho mostram que a LLLT reduz as células polimorfonucleares presentes na cápsula articular das ATM, e, também, de espécies reativas de oxigênio (redução da atividade de mieloperoxidase - MPO). Ainda, verificou-se a redução da expressão de MMP-2 e MMP-9 no líquido sinovial de ratos com inflamação persistente induzida pela administração de CFA intraarticular. Citocinas pró-inflamatórias (por exemplo: IL-1α, IL-1β, IL-6, IL-12p70, IFN-ϒ, GM-CSF e TNF-α.) analisadas do líquido sinovial mostraram aumento significativo em sua expressão quando da presença de inflamação, a LLLT reduziu a expressão de dessas citocinas. No entanto, a fotoestimulação em alguns momentos na ausência de inflamação estimulou a expressão das citocinas IL-2, IL-5, IL-12p70, GM-CSF. Além disso, a terapia fotodinâmica aumentou expressão das citocinas anti-inflamatórias IL-4, IL-10 e IL-13 na presença de inflamação. A análise da imunofluorescência para marcação de MMP-2 e MMP-9 co-localizadas para células suporte mostrou que a expressão mais significativa ocorreu em neurônios, e resultados apontam que a LLLT na dose de 60J/cm² não reduziu a expressão dessas gelatinases no gânglio trigeminal.
Título en inglés
Analysis of matrix metalloproteinase expression in glial cells satellites of the trigeminal ganglia of rats with persistent inflammation of the temporomandibular joint subjected to low intensity laser therapy
Palabras clave en inglés
Glial satellite cells ; Inflammatory mediators ; Low-level laser therapy ; Matrix metalloproteinases ; Temporomandibular dysfunction ; Trigeminal gang
Resumen en inglés
Pain is one of the main symptomatology able to lead individuals to seek medical and dental treatment. In dentistry it is estimated that about 40-75% of the population is a carrier of orofacial pain source and has at least one sign or symptom of temporomandibular disorders (TMD). The TMD corresponds to a pathological condition of multifactorial affecting the temporomandibular joint (TMJ) and masticatory muscles, causing pain in the orofacial region well as changes in the performance of mouth movements. The main sign of this disease is joint inflammation, which generates pain related structures. The inflammation leads to release of mediators such as substance P, calcitonin-related peptide gene (CGRP), and tumor necrosis factor (TNF-α) and interleukin-1β (IL-1β). These mediators sensitize terminal fiber nerves and nociceptive information goes to the first synaptic station, the trigeminal ganglion. The persistent inflammation when promotes the expression of metalloproteinase (MMP), whose operation modifies the extracellular matrix may therefore modulate neuronal pathways perception. Satellite glial cells (CSGs) are involved in neuronal microenvironment support, and possibly cells that act in the modulation of nociceptive pathways perception. Knowing deeper into the mechanisms of pain modulation, are sought noninvasive therapeutic effective to alleviate the painful symptoms arising from the DTM. The low level laser therapy (LLLT) is shown as an effective treatment, but their dose-dependent effect produces ambiguous results. In this context, this study aimed to verify the inflammatory biomarkers present in the synovial fluid in rats with persistent inflammation of the ATM, or not treated with LLLT. Wistar rats (200-240g, n = 440 - CEUA 2013.1.1111.58.7), which received CFA administration (Complete Freund's Adjuvant) or 0.9% saline (SAL) intraarticular and underwent (LLLT) or not applying laser temporomandibular region on the first day, 1 hour after inflammation induction, and after days 3, 5, 7 and 10. Our results showed that LLLT reduces polymorphonuclear cells present in the joint capsule of the TMJ, and also of reactive oxygen species (reduction in myeloperoxidase activity - MPO). Still, there was a reduction in expression of MMP-2 and MMP-9 in the synovial fluid of rats with persistent inflammation induced by the intraarticular administration of CFA. Pro-inflammatory cytokines (IL-1α, IL-1β, IL-6, IL-12p70, IFN-ϒ, GM-CSF and TNF-α) analyzed synovial fluid showed a significant increase in its expression induced by TMJ 20 inflammation, and LLLT reduced expression of these cytokines. However, the photostimulation in the absence of inflammation stimulated the expression of cytokines IL-2, IL-5, IL-12p70, GM-CSF. Furthermore, photodynamic therapy increased expression of anti-inflammatory cytokines IL-4, IL-10 and IL-13 in rats with TMJ inflammation. Analysis of immunofluorescence for MMP-2 and MMP-9 co-located to support cells showed that the most significant expression was located in neurons, and results indicate that LLLT at a dose of 60 J/cm² did not reduce the expression of these gelatinases in the ganglion trigeminal.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2018-11-07
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2019. Todos los derechos reservados.