• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.58.2018.tde-21092016-151034
Documento
Autor
Nome completo
Victor Garone Morelli
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2016
Orientador
Banca examinadora
Souza, Valéria Oliveira Pagnano de (Presidente)
Macedo, Mônica Barbosa Leal
Paranhos, Helena de Freitas Oliveira
Título em português
Avaliação in vitro da desinfecção de liga de cobalto-cromo por meio de pastilhas higienizadoras efervescentes à base de peróxido alcalino
Palavras-chave em português
Ação antimicrobiana; Higienizadores para próteses; Liga metálica; Peróxidos alcalinos
Resumo em português
A utilização de métodos químicos para higienização de próteses é fundamental para a longevidade do tratamento reabilitador. Entretanto, pouco foi relatado a respeito da ação antimicrobiana das pastilhas efervescentes em estruturas metálicas de Prótese Parcial Removível. O objetivo deste trabalho foi avaliar a ação antimicrobiana de 5 higienizadores à base de peróxido alcalino na desinfecção de discos metálicos (12 mm x 3 mm) de Cobalto-Cromo (Co-Cr), obtidos a partir de padrões de cera, confeccionados em matriz metálica. Foram obtidos 252 espécimes de liga de Co-Cr (Degussa), polidos de forma padronizada, divididos aleatoriamente em 24 grupos (n=10) e 4 grupos de controle negativo (CN, n=3), e esterilizados por óxido de etileno. Cada grupo experimental, exceto CN, foi inoculado com: Candida albicans (Ca), Candida glabrata (Cg), Streptococcus mutans (Sm) ou Staphylococcus aureus (Sa). A adesão dos microrganismos ocorreu em 1 hora e 30 minutos em estufa incubadora a 37ºC. A maturação do biofilme foi obtida em 48 horas, com troca de meio após 24 horas, também a 37ºC, sendo que para Sm o processo ocorreu em microaerofilia. Os espécimes contaminados foram imersos por 5 minutos nas soluções: Polident 3 minutes® (P3), Polident for partials® (PP), Efferdent® (EF), Steradent® (ST) e Corega tabs® (CT) e água deionizada estéril (controle positivo, CP). Após as higienizações, os espécimes foram imersos em meio de cultura Letheen broth e levados à cuba ultrassônica para desprendimento dos microrganismos ainda viáveis. As suspensões obtidas foram diluídas, em 100, 10-1, 10-2 e 10-3, e semeadas para determinação da quantidade de Unidades Formadoras de Colônias (UFC/mL). A partir dos valores de UFC foram calculados os valores de Log10(UFC+1) para análise estatística. A distribuição dos dados para Ca, Cg e Sa apresentou-se não normal tendo-se utilizado o teste de Kruskal-Wallis (α=0,05), seguido pelo teste de Dunn. Para Sm a distribuição dos dados apresentou-se normal, tendo sido utilizados ANOVA (α=0,05) e teste de Tukey. De acordo com os resultados, não houve diferença significativa para Ca (p=0,15). Para Cg (p=0,00) houve redução significativa de UFC, com EF e CT, em relação a CP. Para Sa (p=0,006) houve redução significativa de UFC com ST em relação a CP. Para Sm (p=0,00) houve redução significativa de UFC, com PP e ST, em relação a CP. Conclui-se que, embora alguns higienizadores tenham tido ação antimicrobiana em relação a Cg, Sm e Sa, nenhum foi capaz de reduzir o número de UFC de Ca. Desta forma, os peróxidos alcalinos estudados não devem ser utilizados como agentes de desinfecção de estruturas de Co-Cr unicamente em imersões de 5 minutos, pois não apresentaram ampla ação antimicrobiana sobre todos os microrganismos avaliados.
Título em inglês
In vitro evaluation of cobalt-chromium alloy disinfection with alkaline peroxide denture cleansers tablets
Palavras-chave em inglês
Alkaline peroxides; Antimicrobial action; Dental alloy; Denture cleansers
Resumo em inglês
The use of chemical methods for denture hygiene is essential to the longevity of prosthetic treatment. However, few have been reported about the antimicrobial action of effervescent tablets on metal structures of partial denture. The aim of this study was to evaluate the antimicrobial activity of 5 alkaline peroxide denture cleansers on disinfection of metal disks (12 mm x 3 mm) made of Cobalt-Chromium (Co-Cr) obtained from wax patterns made up in a metal matrix. There were obtained 252 Co-Cr alloy specimens (Degussa) polished in a standard way, randomly divided into 24 groups (n = 10) and 4 negative control groups (NC, n = 3) all sterilized by ethylene oxide. Each experimental group, except CN, was inoculated with: Candida albicans (Ca), Candida glabrata (Cg), Streptococcus mutans (Sm) or Staphylococcus aureus (Sa). The adhesion of microorganisms occurred in 1 hour and 30 minutes in an incubator oven at 37°C. The biofilm growth occurred on 48 hours, with medium change every 24 hours, also at 37°C, while Sm process occurred in microaerophilic. Contaminated specimens were immersed for 5 minutes in those solutions: Polident 3 minutes® (P3), Polident for partials® (PP), Efferdent® (EF), Steradent® (ST) and Corega tabs® (CT) and sterile deionized water (positive control, PC). After hygienisation the specimens were immersed in the Letheen broth culture medium and taken to the ultrasonic tank to release the still viable microorganisms. The obtained suspensions were diluted, in 100, 10-1, 10-2 and 10-3, then seeded to determine the number of Colony Forming Units (CFU / mL). From the CFU values, were calculated values of Log10(CFU+1) for statistical analysis. Not-normal distribution of data to Ca, Cg and Sa was observed, having been used the Kruskal-Wallis test (α = 0.05) followed by Dunn's post test. Sm had normal data distribution and was used ANOVA test (α = 0.05) and Tukey post test. According to the results there was no significant difference for Ca (p = 0.15). For Cg (p = 0.00) significant reduction of CFUs was observed with EF and CT in relation to PC. Sa (p = 0.006) had significant reduction of CFUs with ST when compared to CP. For Sm (p = 0.00) was observed significant reduction of CFUs with PP and ST in relation to PC. It was concluded that although some denture cleansers had antimicrobial activity against Cg, Sm and Sa, none were able to reduce the CFU number of Ca. Thus, the studied alkaline peroxides should not be used as disinfectant agents with Co-Cr structures solely in 5 minutes immersions, since they dont presented antimicrobial action on all evaluated microorganisms.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-09-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.