• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.58.2015.tde-18032015-112510
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Barbosa Ribeiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Souza, Raphael Freitas de (Presidente)
Batista, André Ulisses Dantas
Compagnoni, Marco Antonio
Souza, Fernanda de Carvalho Panzeri Pires de
Título em português
Sobredentaduras mandibulares retidas por mini implantes: um ensaio clínico randomizado (parte I)
Palavras-chave em português
Dor e desconforto pós-operatório
Ensaio clínico controlado aleatório
Qualidade de vida
Satisfação do paciente
Sobredentaduras mandibulares
Resumo em português
A retenção de próteses totais removíveis por mini-implantes é uma modalidade de tratamento relativamente recente, com potencial de minimizar o trauma pós-operatório e reduzir custos associados. Este estudo buscou comparar a qualidade de vida relacionada à saúde bucal e satisfacão do paciente, bem como dor e desconforto pós-operatórios, decorrentes da instalação de mini-implantes (dois ou quatro) ou dois implantes de dimensões regulares para a retenção de sobredentaduras mandibulares. Cento e vinte participantes edentados (media etária 59,5±8,5 anos) foram alocados aleatoriamenteem três grupos conforme o tratamento recebido: (GI) quatro mini-implantes, (GII) dois mini-implantes, ou (GIII) dois implantes regulares. Sete dias após a instalação dos implantes, os participantes responderam questões (Escala visualanalógica - EVA de 100 mm) referentes à dor, edema e desconforto durante mastigação, fala e higiene, considerando as experiências vividas durante os períodos avaliados. Antes das intervenções e passados 3 e 6 meses da instalação das sobredentaduras, a qyalidade de vida relacionada à saúde bucal foi avaliada por meio do questionário OHIP-EDENT, e a satisfação analisada por perguntas específicas respondidas emu ma EVA de 100 mm. Os grupos foram comparados por meio de ANOVA para dois fatores ou Equações de Estimação Generalizadas (EEG) (α=0,05). Todos os participantes (GI: 38; GII: 42; GIII: 40) foram analisados após sete dias da instalação dos implantes instalação para dor e desconforto pós-operatório, e 112 responderam às questões sobre qualidade de vida relacionada à saúde bucal e satisfação de paciente. Ao 6º dia, GI sentiu dor significantemente maior que GII e GIII. GI também notou maior dificuldade para a prática de higiene oral que GIII durante o 1º dia. Não houve diferença significante entre os grupos para outras questões e períodos. Os achados para o OHIP-EDENT indicam que tanto os grupos tratados com dois ou quatro mini-implantes levaram a uma maior QVSB, comparados aos implantes convencionais. Aos três e seis meses, encontramos que os três grupos tratados com quatro mini-implantes estavam mais satisfeitos que os que receberam dois implantes convencionais e dois mini-implantes resultaram em valores intermediários. Conclui-se que o uso de quatro mini-implantes induz maior dor pós-operatória ao sexto dia que a inserção de dois mini-implante ou implantes convencionais, bem como higiene oral mais difícil ao primeiro dia. Além disso, o tratamento com sobredentaduras retidas por mini-implantes é comparável ao padrão de tratamento para o edentulismo, de acordo com as perspectivas do paciente. O tratamento por dois ou quatro mini-implantes alcança resultados similares ou mesmo discretamente superiores em termos de qualidade de vida relacionada à saúde bucal ou satisfação do paciente, comparado aos implantes convencionais
Título em inglês
Mandibular overdentures retained by conventional or mini implants: a randomized clinical trial (parte I)
Palavras-chave em inglês
Mandibular overdentures
Patient satisfaction
Postoperative pain and disconfort
Quality of life
Randomized controlled trial
Resumo em inglês
The retention of removable dentures by mini-implants is a relatively recent treatment modality, and may lead to minimal postoperative trauma and reduced costs. This study aimed to compare oral health-related quality of life and patient satisfaction, as well as postoperative pain and discomfort, following the insertion of mini-implants (two or four) or two standard-size implants for the retention of mandibular overdentures. One hundred and twenty edentulous participants (mean age 59.5±8.5 years) were randomly allocated into three groups according to received treatment: (GI) four mini-implants, (GII) two mini-implants, or (GIII) two standard implants. Seven days after implant insertion, patients answered questions (100-mm VAS Visual Analog Scale) relating to pain, swelling, and discomfort with chewing, speech and hygiene, considering their experiences during the 1st and 6th day. Before the interventions and after 3 and 6 months following insertion, OHRQoL was evaluated by means of the OHIP-EDENT questionnaire and patient satisfaction was analyzed by a specific questionnaire answered on a 100-mm VAS. Groups were compared by two-way ANOVA or Generalized Estimating Equations (GEE) (α=0.05). All participants (GI: 38; GII: 42; GIII: 40) were analyzed after seven days of postoperative pain and discomfort, and 112 answered questions regarding oral health-related quality of life and patient satisfaction. At the 6th day, GI felt significantly higher pain than GII and GIII. GI also reported more difficulty in performing oral hygiene practices than GIII during the 1st day. There was no significant difference between groups for the other questions and periods. The findings from OHIP-EDENT indicate that both two and four mini-implants led to better OHRQoL, compared to two conventional implants. At three and six months, we found that the group treated with four mini-implants was more satisfied than the two conventional implants and two mini-implants was presented intermediate values. It can be concluded that the use of four mini-implants induces more intense postoperative pain at the 6th day than the insertion of two mini- or conventional fixtures, as well as more difficult oral hygiene on the 1st day. Furthermore, the treatment by mini-implant overdentures is comparable to the standard of care for edentulism, according to the patient perspective. Treatment by either two or four mini-implants achieve similar or even slightly better OHQoL and satisfaction compared to two conventional implants
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-11-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.