• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Flávio Henrique Carriço Nogueira Fernandes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2012
Orientador
Banca examinadora
Pedrazzi, Vinicius (Presidente)
Antunes, Rossana Pereira de Almeida
Carreiro, Adriana da Fonte Porto
Mollo Junior, Francisco de Assis
Ribeiro, Ricardo Faria
Título em português
Avaliação in vitro pelo método DNA-Checkerboard da eficácia de uma pasta antimicrobiana e da adição de sais de prata em pilares protéticos, no controle da contaminação bacteriana através da interface implante-conector
Palavras-chave em português
Implantes osseointegrados
Infiltração microbiana
Interface implante/componente protético
Técnica de hibridização DNA Checkerboard
Resumo em português
A odontologia reabilitadora moderna preconiza cada vez mais o uso de implantes dentais para a substituição de dentes ausentes. É sabido que micro-organismos presentes na cavidade oral, em especial os relacionados à doença periodontal, são responsáveis pelos maiores índices de insucesso dos implantes. Este trabalho estudou a ocorrência de infiltração bacteriana através da interface implante-conector protético de implantes Cone Morse (CM) e Hexágono Interno (HI) após a associação com uma pasta antimicrobiana ou a adição de sais de prata nos pilares. Foram utilizados 72 implantes odontológicos de titânio (PROSS® - Sistema de Implantes, Dabi-Atlante, Ribeirão Preto, Brasil), 36 com conexão do tipo hexágono interno e 36 com conexão do tipo cone-morse, divididos em grupos, da seguinte forma: Grupo Pasta Antimicrobiana- 12 conjuntos implantes HI/conectores protéticos e 12 conjuntos implantes CM/conectores protéticos, Grupo Íons de Prata- 12 conjuntos implantes HI/conectores protéticos e 12 conjuntos implantes CM/conectores protéticos e Grupo Controle- 12 conjuntos implantes HI/conectores protéticos e 12 conjuntos implantes CM/conectores protéticos. Os implantes e os conectores protéticos foram retirados de suas embalagens para aplicação do torque final (20N/cm). Antes disso, em um dos grupos experimentais, uma camada da pasta antimicrobiana foi aplicada sobre a superfície interna dos implantes e conectores protéticos e seus respectivos parafusos. Os conjuntos implantes-conectores foram parcialmente imersos na solução de saliva humana em tubos de ensaio e incubados em estufa bacteriológica a 37°C durante 7 dias. Após esse período, amostras do conteúdo interno dos conjuntos implantes-conectores protéticos dos 3 grupos foram colhidas com o objetivo de detectar e quantificar os micro-organismos presentes, utilizando para isto, a técnica de hibridização com sondas de DNA genômico DNA Checkerboard. Os implantes de conexão do tipo cone morse apresentaram menores valores de contagem de bactérias quando comparados aos implantes hexágono interno no grupo Controle (p<0,001), já para o grupo Íons de prata e Pasta antimicrobiana, foi observado comportamento inverso, maiores valores de contagem de bactérias para os implantes Cone Morse. Comparando-se os implantes de mesma conexão, entre os 03 grupos examinados, as amostras dos implantes Cone Morse dos grupos Controle, Íons de prata e Pasta antimicrobiana apresentaram valor de contagens de micro-organismos em ordem crescente. Os implantes de conexão hexágonal interna dos grupos Controle apresentaram maiores valores de contagens de micro-organismos seguidos pelos implantes do grupo Pasta antimicrobiana e Íons de prata, respectivamente. A partir dos resultados obtidos pode-se concluir que houve a passagem dos 43 micro-organismos analisados in vitro através da interface implante/componente protético em ambos os sistemas avaliados. Para ambos os tratamentos (adição de sais de prata às paredes dos pilares protéticos e aplicação da pasta antimicrobiana no interior dos implantes) houve diminução da infiltração microbiana no interior daqueles sistemas de conexão do tipo Hexágono Interno.
Título em inglês
In vitro evaluation by DNA checkerboard method of the efficacy of an antimicrobial paste and addition of silver salts in prosthetic abutments for the control of bacterial contamination at the implant-connector interface
Palavras-chave em inglês
DNA-Checkerboard hybridization
Implant/abutment interface
micro-organisms leakage
Osseointegrated implants
Resumo em inglês
The contemporary and modern dentistry has been preconized the use of dental implants for replacement of missing teeth. The micro-organisms presents in oral environment, particularly those related to periodontal disease, are responsible for the highest failure rates of dental implants. This study evaluated the occurrence of bacterial leakage through the abutmentimplant interface in Morse Taped (CM) and Hexagon Internal (HI) dental implants after the association with antimicrobial paste or addition of silver salts on the abutments. 72 titanium dental implants (Pross ® - Implant System, Dabi-Atlante, Ribeirão Preto, Brazil), 36 with internal hexagon connection type and 36 with cone-morse connection type, divided into groups as follows: group Antimicrobial Paste -12 implants HI / prosthetic connectors and 12 implants CM / prosthetic connectors, group Ion Silver-12 implants HI / prosthetic connectors and 12 implants CM / prosthetic connectors and Control Group-12 implants HI / prosthetic connectors and 12 implants CM / prosthetic connectors. The implants and prosthetic connectors have been removed from their packaging for applying of final torque (20N/cm). Previously, in one experimental group, a layer of antimicrobial paste was applied on the inner surface of implants and prosthetic connectors. The sets connector/implants were partially immersed in human saliva solution in test tubes and incubated in bacteriological oven at 37°C for 7 days. Subsequently, samples of the contents of internal prosthetic sets implantconnectors of the 3 groups were collected to detect and quantify micro-organisms, through the DNA Checkerboard Hybridization Technique. The morse taper implants had significantly lower bacterial count compared to internal hexagon implants in the control group (p <0.001), while for the group of Silver Ion and antimicrobial Paste, we observed an inverse behavior, higher counts of micro-organisms for Morse taper implants. Comparing the same connection implants, among the 03 groups examined, samples of implants Morse Taper Control groups, Antimicrobial Paste and Silver ions exhibited values of counts of micro-organisms in ascending order. The internal hexagon implants of the Control group showed higher counts of microorganisms followed by Antimicrobial Paste and Silver Ions groups, respectively. The 43 species analyzed in vitro infiltrated through the interface implant / abutment in both systems evaluated; For both the treatments (adding silver salts in the abutments walls and applying of the antimicrobial paste within the implants) there was decreased microbial leakage through the interface connection for the internal hexagon dental implants
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-03-27
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • FABRÍCIO, A.F.B., et al. Avaliação in vitro da infiltração bacteriana abtravés da interface implante-conector protético pelo DNA-Checkerboard. In XI Congresso Interno de Pesquisa da FORP, Ribeirão Preto, 2012. Anais do XI Congresso Interno de Pesquisa da FORP.Ribeirão Preto : BDJ, 2012. Resumo. Dispon?vel em: http://www.forp.usp.br.
  • FABRÍCIO, A.F.B., et al. Avaliação in vitro da infiltração bacteriana através da interface implante-conector protético pelo DNA-Checkerboard. In 20º SIICUSP - Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP, Ribeirão Preto, 2012. Anais do 20º SIICUSP.São Paulo : Edusp, 2012. Resumo. Dispon?vel em: http://www.usp.br/siicusp/.
  • FABRÍCIO, A.F.B., et al. Avaliação in vitro da infiltração bacteriana através da interface implante-conector protético pelo DNA-Checkerboard. In I Encuentro Latinoamericano de Estudiantes de Odontologia (ELEO), Assunción, 2012. Anales del I Encuentro Latinoamericano de Estudiantes de Odontologia (ELEO).Assunción, 2012. Resumo.
  • FERNANDES, F.H.C., et al. Análise da infiltração bacteriana através da interface implante/pilar por meio do método DNA Checkerboard e Cultura Celular. In 28ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica, Águas de Lindóia, 2011. Brazilian Oral Research.São Paulo : Brazilian Oral Research, 2011. Resumo. Dispon?vel em: http://www.sbpqo.org.br.
  • PITA, M.S., et al. Gel com metronidazol para tratamento adjuvante da periodontite: avaliação microbiológica pelo método DNA Checkerboard. In 28ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica, Águas de Lindóia, 2011. Brazilian Oral Research.São Paulo : Brazilian Oral Research, 2011. Resumo. Dispon?vel em: http://www.sbpqo.org.br.
  • Prêmio Excelência e Qualidade Brasil 2013 - Braslider - Associação Brasileira de Liderança
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.