• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.58.2018.tde-01092017-102655
Documento
Autor
Nome completo
Suleima do Vale Alves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Ferracioli, Renata Cristina Silveira Rodrigues (Presidente)
Pinelli, Ligia Antunes Pereira
Silva, Cláudia Helena Lovato da
Tiossi, Rodrigo
Título em português
Análise da durabilidade, retenção e tensão em overdentures retidas por implantes associadas ou não a mini-implantes posteriores
Palavras-chave em português
Attachment
Overdenture
Força de retenção
Implante dentário
Mini-implantes
Resumo em português
O objetivo desse estudo in vitro foi analisar a durabilidade, retenção e tensão gerada nos implantes de overdenture retidas por sistema bola/O'ring ou barra/clipe, associados ou não a mini-implantes na região posterior da mandíbula. Foram utilizados implantes anteriores cone-Morse (3,75 x 11 mm) e mini-implantes de corpo único (2 x 10 mm) e os grupos divididos em (n=12): G2O: overdenture sobre 2 implantes com bola/O´rings; G1B: overdenture sobre 2 implantes com barra/clipe; G4O: overdenture sobre 2 implantes com bola/O´rings e 2 mini-implantes na região posterior; G1B2O: overdenture sobre 2 implantes com barra/clipe e 2 mini-implantes na região posterior. Para avaliação qualitativa das áreas de compressão e/ou tração nos modelos em poliuretano, foi realizado o método de correlação de imagens digitais, com carregamento oclusal (300 N) e pontual (250 N) com captura em vista frontal e lateral dos modelos experimentais. Foi realizado ensaio de fadiga acelerada progressiva com cargas de 80 N, 140 N, 200 N, 260 N, 320 N e 380 N, frequência de 5Hz, totalizando 120.000 ciclos. Para avaliação da retenção os modelos foram submetidos a ensaio de tração previamente a termociclagem (Tempo 1), após 200 N (Tempo 2) e após 380 N (Tempo 3) e a força de retenção foi registradas em triplicata e a média obtida em cada tempo. A análise da durabilidade dos componentes retentivos foi realizada após os ensaios de tração nos tempos determinados por microscopia óptica. As imagens da aplicação de carga oclusal, mostraram que as tensões nos grupos 1B e 1B2O foram semelhantes, nos grupos 2O e 4O apresentaram tensões de tração na região anterior, porém no grupo 4O houve melhor distribuição por toda área analisada. Na aplicação de carga pontual, todos os modelos apresentaram tensões de compressão na região posterior e de tração na anterior, porém com maior intensidade nos modelos 2O e 4O, e menor intensidade nos modelos 1B e 1B2O. Nas análises sobre a retenção dos componentes, não houve diferença significativa (p < 0,05) entre os grupos 1B-1B2O, porém houve diferença significativa entre os grupos 2O-4O, notando maior força retentiva no grupo 4O. As comparações entre os grupos, 1B-2O e 1B2O-4O houve diferença significativa, sendo que os grupos com sistema barra/clipe obtiveram maior retenção que os grupos com O´rings. Nas imagens microscópicas não houve diferença significativa na estrutura interna dos O´rings, porém houve diferença significativa nos clipes. Conclui-se que a durabilidade, retenção e distribuição de tensão não se altera com a colocação de mini-implantes posteriores em overdentures com sistema retentivo barra/clipe. Com sistema retentivo bola/O'ring a instalação de mini-implantes aumentou a força de retenção e favoreceu a distribuição das tensões, reduzindo a alavanca para posterior.
Título em inglês
Durability, retention and stress analysis of implants-retained overdentures associated or not to posterior mini-implants
Palavras-chave em inglês
Attachment
Overdenture
Dental implant
Mini implants
Retention force
Resumo em inglês
The purpose of this in vitro study was to analyze the durability, retention and strength caused for implants-retained overdentures by ball/O-ring system or bar/clip, associated or not mini-implants in the posterior region of the mandible. Anterior Morse taper connection implants (3.75 x 11 mm) and single-body mini-implants (2 x 10 mm) were used and the groups divided to (n=12): G2O: implants-retained overdentures 2 implants with ball/O-rings ; G1B: implants-retained overdentures 2 bar/clip implants; G4O: implants-retained overdentures 2 implants with ball/O-rings and 2 mini-implants in the posterior region ; G1B2O: implants-retained overdentures 2 implants with bar/clip and 2 mini-implants in the posterior region. For the qualitative evaluation of compression and/or traction areas in polyurethane models, a digital image correlation method (DIC) with occlusal (300 N) and punctual (250 N) loading was applied with frontal and lateral views of the experimental models. An accelerated progressive fatigue test with loads of 80 N, 140 N, 200 N, 260 N, 320 N and 380 N, frequency of 5 Hz, completing120,000 cycles. In order to evaluate the retention force, the models were submitted to traction force, previously to thermocycling (Time 1) after 200 N (Time 2) and posteriorly 380 N (Time 3), being the retention force recorded in triplicate. The durability analysis, by optic microscopy, of the retentive components was performed after the traction tests at the determined times. The application images of the occlusal load, showed that the stress in groups 1B and 1B2O were similar, in groups 2O and 4O presented stress in the anterior region, but in the 4O group, there was better distribution throughout the analyzed area. In the application of punctual loading, all the models presented compression tensions in the posterior region and traction in the anterior one, but with greater intensity in the 2O and 4O models, and lower intensity in the 1B and 1B2O models. In the retention analyzes of the components, there was no significant difference (p <0.05) between groups 1B-1B2O, but there was a significant difference between groups 2O-4O, noting a higher retentive force in the 4O group. The comparisons between the groups, 1B-2O and 1B2O-4O showed a significant difference, and the groups with bar/clip systems obtained higher retention than the groups with O-rings. In the microscopic images, there was no significant difference in the O-rings internal structure, but there was a significant difference in the clips images. It was concluded that the durability, retention and stress distribution do not change with the placement of posterior mini-implants in overdentures with retentive bar/clip system. With retentive system ball/O-ring the installation of mini-implants increased the retention force and favored much the distribution of the stress, thus reducing the forefoot leverage to the posterior part of the prosthesis.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-09-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.