• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Gabriella Gonçalves Tupinelli
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Avejonas, Daniela Regina Molini (Presidente)
Carvalho, Yara Maria de
Fernandes, Fernanda Dreux Miranda
Gurgueira, Adriana Limongeli
Título em português
Perfil de atuação dos fonoaudiólogos da atenção básica na cidade de São Paulo
Palavras-chave em português
Atenção primária à saúde
Fonoaudiologia
Inquéritos e questionários
Papel profissional
Saúde Pública
Resumo em português
As especializações do fonoaudiólogo na área de saúde coletiva, e saúde pública, ainda são escassas. As universidades focam sua grade curricular nas especialidades, formando um profissional competente em habilidades específicas, mas com falhas na formação do fonoaudiólogo generalista. Este é um paradigma a ser rompido e desta forma, faz-se necessário ter conhecimento sobre o profissional que está atuando na atenção primária à saúde. O objetivo esta pesquisa é caracterizar o perfil profissional dos fonoaudiólogos inseridos em Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade de São Paulo. É um estudo qualitativo e quantitativo, de base prospectiva através da aplicação de questionário semi-estruturado dividido em dois grandes eixos, sendo o primeiro Perfil Profissional e o segundo Competências Profissionais. O segundo eixo foi subdivido em três subitens: Atividades Desenvolvidas, Processo de Organização do Trabalho e Atribuições Profissionais. Foram tabulados e contatados todos os fonoaudiólogos atuantes em Unidades Básicas de Saúde do município de São Paulo, através do banco de dados do DATASUS. O instrumento utilizado foi um questionário semiaberto que foi aplicado auto preenchido pelos próprios profissionais. Os dados foram tabulados em planilhas individuais e analisados estatisticamente, além disso, foi realizada análise de conteúdo das respostas ao questionário. É notável a insuficiência de profissionais no sistema de saúde público, embora a Fonoaudiologia careça de estudos epidemiológicos que evidenciem esta necessidade, porém esta é uma possível justificativa para a priorização de atividades individuais (consultas e visitas domiciliares) em detrimento à atividades coletivas, o que afasta ainda mais o profissional de sua atuação enquanto apoiador matricial. É necessário investimento na formação para o SUS possibilitando que, mesmo em condições insuficientes, o profissional esteja fortalecido e empoderado para a atuação na saúde pública e coletiva
Título em inglês
The speech pathologist's specialties in the area of public health and collective health are still scarce
Palavras-chave em inglês
Primary health care
Professional role
Public Health
Speech Language and Hearing Sciences
Surveys and questionnaires
Resumo em inglês
The universities focus the curriculum on the specialties, forming a competent professional in specific skills, but with failures in the training of the generalist speech pathologist.This is a paradigm to be broken and in this way, is necessary to produceknowledge about the professional that is acting in primary health care. The aim of this research is to characterize the professional profile of speech pathologists enrolled in Basic Health Units (UBSs) of the city of São Paulo.It is a qualitative and quantitative study, with a prospective basis by the application of a semi-structured questionnaire divided into two main axes, being the first Professional Profile and the second Professional Skills. The second axis was subdivided into three sub-items: Developed Activities, Work Organization Process and Professional Assignments. All speech pathologists working in Basic Health Units of the city of São Paulo were contacted and tabulated by the DATASUS database. The instrument used was a semi-structured questionnaire that was applied self-administered by the professionals themselves. The data were tabulated in individual spreadsheets and statistically analyzed; in addition, a content analysis of the responses to the questionnaire was performed. It is remarkable the insufficiency of speech pathologists in the public health system, although the Speech and Language Sciences needs epidemiological studies to evidence this need, but this is a possible justification for the prioritization of individual activities (consultations and home visits) to the detriment of collective activities, which further distract the professional from his role as a matrix supporter. It is necessary to invest in training for SUS, so that, even in insufficient conditions, the professional is strengthened and empowered to act in public and collective health
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-10-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.