• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2018.tde-15032018-102935
Documento
Autor
Nome completo
Janaina de Souza Simões
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Mansur, Leticia Lessa (Presidente)
Lukasova, Katerina
Miotto, Eliane Correa
Wertzner, Haydée Fiszbein
Título em português
Plataforma web de atividades terapêuticas: desenvolvimento e aplicação
Palavras-chave em português
Afasia de Wernicke
Envelhecimento
Fonoaudiologia
Linguagem
Reabilitação
Tecnologia de baixo custo
Resumo em português
INTRODUÇÃO: O emprego de novas tecnologias na reabilitação de linguagem pode auxiliar amplamente o processo terapêutico mediante treino intensivo. Para isso, no entanto, é necessário que essas ferramentas atendam às demandas desses pacientes, e que o terapeuta seja protagonista no desenvolvimento dessas tecnologias. Essas ferramentas precisam ainda ser analisadas por meio de pesquisas científicas que avaliem sua efetividade no tratamento fonoaudiológico. OBJETIVOS: Desenvolver uma plataforma on-line para reabilitação de pacientes afásicos e avaliar sua eficácia em dois experimentos. MÉTODOS: Essa pesquisa foi dividida em três estudos: Estudo 1) criação da plataforma com emprego do modelo de desenvolvimento ágil e com uso de software livre, e aplicação das normas de qualidade ISO 25010. Estudo 2) estudo prospectivo, longitudinal e intervencionista, com a finalidade de prover treino de aprendizado de palavras, para avaliar as opiniões de 12 pessoas idosas cognitivamente sadias sobre o uso da plataforma. Os participantes foram divididos em três grupos: grupo controle (GC); grupo experimento escrita (GEE); grupo experimento repetição (GER). O treino foi conduzido na plataforma e foi composto por atividades de treino com emprego de 60 pseudopalavras, associadas a figuras. O estudo teve duração de um mês para cada participante, sendo composto por três etapas: 1) Pré-treino (1 dia); 2) Treino (5 dias) e 3) Pós-treino (3 dias). As etapas 1 e 3 foram comuns para todos os participantes. Na etapa 1, os participantes realizaram duas atividades a plataforma com o propósito de apresentar a plataforma e os estímulos usados nas outras etapas do estudo. Na etapa 2, os GEE e GER realizaram o treino de pseudopalavras, enquanto o GC realizou atividade de jogos. A etapa 3 foi dividida em três avaliações: após os cinco dias de treino; uma semana após a primeira avaliação e 1 mês depois do início do treino. A análise estatística avaliou a acurácia (número de acertos); efeitos de idade, escolaridade, intensidade e modalidade do treino; e o impacto de propriedades dos estímulos. O Estudo 3 apresenta o relato de caso de uma paciente com afasia de Wernicke grave, que usou a plataforma intensamente ao longo de 18 meses de terapia de linguagem. RESULTADOS: Estudo 1) Criação da plataforma com elaboração de 114 atividades terapêuticas, com exportação de dados para análise estatística e adequação às normas de qualidade ISO 25010. Estudo 2) Os participantes dos grupos GEE e GER apresentaram desempenho significativamente superior ao do GC em todas as etapas do pós-treino. Todos os participantes apresentaram opiniões favoráveis sobre a plataforma. Estudo 3) A paciente apresentou melhora significativa em habilidades linguísticas, com uso de 58 atividades da plataforma, totalizando 280 horas de treino com a ferramenta. CONCLUSÕES: A plataforma mostrou-se eficiente para atender às necessidades de pessoas idosas cognitivamente sadias e na reabilitação de linguagem
Título em inglês
Web platform of therapeutic activies: development and application
Palavras-chave em inglês
Aging
Aphasia Wernicke
Language, Low cost technology
Rehabilitation
Speech language and hearing sciences
Resumo em inglês
INTRODUCTION: The application of new technologies in language rehabilitation has the potential to improve therapies through intensive training. But, to that end, it is important that these tools meet the needs of patients and that the therapist becomes a main player during the development of these technologies. These tools also need to be evaluated by means of scientific research that evaluate their effectiveness on the speech and language pathology treatment. OBJECTIVE: To develop an online platform for the rehabilitation of aphasic patients, and to evaluate its effectiveness in two experiments. METHODS: This research was divided into three studies: Study 1) creation of the platform using the agile development model and free software, and application of ISO 25010 quality standards. Study 2) a prospective, longitudinal and interventional study with the purpose of providing training in word learning, in order to evaluate the opinions of 12 cognitively healthy elderly people on the use of the platform. Participants were divided into three groups: control group (CG), writing experiment group (WEG), and repetition experiment group (REG). The training was conducted on the platform and was composed of training activities with the employment of 60 pseudowords, associated with pictures. The study had a duration of one month for each participant, and was composed of three stages: 1) Pre-training (1 day), 2) Training (5 days), and 3) Post-training (3 days). Stages 1 and 3 were common to all participants. In the stage 1, the participants performed two activities in platform in order to present the platform and the stimulus used in the other stages. In stage 2, the WEG and REG performed pseudoword training; and the CG performed gaming activity. Stage 3 was divided into three evaluations: a) after five days of training, b) one week after the first evaluation, and one month after the beginning of training. The statistical analysis evaluated the accuracy (number of hits); effects of age, schooling, intensity, and training modality; and the impact of stimulus properties. Study 3) presented the case report of a patient with severe Wernicke's aphasia who used intensively the platform over 18 months of language therapy. RESULTS: Study 1) Creation of the platform with elaboration of 114 therapeutic activities, with export of data for statistical analysis and adaptation to ISO 25010 quality standards. Study 2) Participants in the WEG and REG groups presented performance significantly superior to the CG in all post-training steps. All participants presented favorable opinions on the platform. Study 3) The patient presented significant improvement in language skills with the use of 58 platform activities, totaling 280 hours of training with the tool. CONCLUSIONS: The platform proved to be an efficient tool in meeting the needs of cognitively healthy older people and in language rehabilitation
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-03-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.