• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2019.tde-15012019-100753
Documento
Autor
Nome completo
Caroline da Cunha Valim Gouveia
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Sanchez, Tanit Ganz (Presidente)
Samelli, Alessandra Giannella
Kii, Márcia Akemi
Pieroni, Katya Marcondes Freire
Título em português
Remissão total do zumbido: caracterização do perfil dos indivíduos e tratamentos realizados
Palavras-chave em português
Cura
Perfil de pacientes
Remissão total
Supressão
Tratamentos
Zumbido
Resumo em português
Introdução: apesar do crescimento exponencial do interesse na pesquisa do zumbido, dos avanços científicos e do aprimoramento das técnicas terapêuticas observados nas duas últimas décadas, ainda é praticamente um consenso o fato da cura ser um objetivo inatingível. A ausência de estudos relativos à total remissão do zumbido e a escassez de discussões sobre o assunto revelam a descrença dos profissionais, o que funciona como reforço negativo para os pacientes que sofrem e almejam a cura. Objetivo: o presente estudo propõe a busca e a entrevista de indivíduos que já alcançaram a remissão total do zumbido para identificar possíveis características comuns do paciente, do zumbido ou do tipo de tratamento realizado. Método: Foram realizadas as seguintes estratégias de busca de participantes: 1) análise de banco de dados; 2) busca pelos parentes de pacientes que mencionam a cura; 3) divulgação da pesquisa em aulas ministradas a profissionais; 4) divulgação na internet. Foram incluídos os seguintes indivíduos: a) de qualquer sexo, idade, escolaridade ou nível socio-econômico; b) que tenham apresentado zumbido diariamente por pelo menos três meses em qualquer época da vida; c) que tenham apresentado remissão total do zumbido por pelo menos 6 meses; d) em casos de reaparecimento do zumbido, este deveria durar no máximo dois dias e ser desencadeado ou associado a algum evento claro. Foram excluídos os indivíduos que não responderam aos nossos contatos após três tentativas e aqueles que se encontravam em grau de habituação ou mascaramento do zumbido, mas que ainda o percebiam Resultados: a amostra final foi de 63 participantes. A idade variou de 14 a 89 anos (Média=52,69; Dp=16,33) e com predomínio do gênero feminino (68,25%). As características mais comuns do zumbido antes da remissão total foram: a) localização bilateral (52,31%); b) percepção diária de sons do tipo tom puro (57,14%); c) média de incômodo na escala visual analógica (0 a 10) de 7,57 e Dp 2,43, sendo 61,9% dos casos com incômodo alto (8 a 10) e apenas 22,22% sem limitação das atividades diárias; d) duração média de 49,07 meses (variância de 5.91), sendo 55,56% de casos crônicos (duração superior a 12 meses) e 44,44% de casos subagudos (duração de 4 a 12 meses). O número de tratamentos realizados até a remissão foi predominantemente de 0 a 2 (58,73%). O tipo de tratamento mais comum responsável pelo sucesso foi medicação (36,51%). Dentre os 57 dos 63 participantes que haviam realizado audiometria tonal, 47,62% tinham limiares normais. O tempo médio de remissão total do zumbido em meses foi de 92,03 (Dp 99,24). Conclusões: os pacientes que alcançaram remissão total do zumbido foram prioritariamente do gênero feminino, com percepção de sons do tipo tom puro, com nota de incômodo alta, audiometria normal bilateral e com poucas tentativas de tratamento. A localização (uni ou bilateral) e o tempo de duração do zumbido (subagudo ou crônico) não influenciaram a obtenção da remissão total. Apesar do incômodo alto e da repercussão na qualidade de vida da maioria dos pacientes, parece haver um subtipo de zumbido mais propenso à remissão total e duradoura com a instituição de um tratamento
Título em inglês
Total remission of tinnitus: characterization of the profile of individuals and treatments performed
Palavras-chave em inglês
Cure
Patients profile
Suppression
Therapeutics
Tinnitus
Total remission
Resumo em inglês
Introduction: Despite the exponential growth of interest in tinnitus research, besides scientific advances and improvements in therapeutic techniques observed in last two decades, it is still a consensus that the total remission is an unattainable goal until now. The absence of studies on tinnitus remission and the scarcity of discussions on this subject reveal the practitioners' disbelief, what represents a negative reinforcement for patients who suffer and seek the cure Objective: the present study proposes to search and interview individuals who have experienced the total remission of tinnitus in order to identify possible common features about patients, tinnitus or treatments. Method: The following strategies to search candidates were used: 1) database analysis; 2) search for the relatives of patients who mention the cure; 3) divulgation of the research in events for health professionals; 4) announcements on the web. The following individuals were included: a) of any gender, age, education or socioeconomic level; b) those who had tinnitus for at least three month period at any time of life; c) those who have presented tinnitus total remission for over 6 months; d) in cases of tinnitus recurrence, this should last no more than two days and had been triggered by some clear event. Subjects who did no respond to at least tree attempts of contact and those found in any degree of habituation or masking of tinnitus were excluded. The final sample was composed of 63 participants. The age varied from 14 to 89 years (mean = 52.69, SD = 16.33), female gender predominated (68.25%). The most common characteristics of tinnitus before remission were: a) bilateral location (52.31%); b) daily perception of a pure tone (57.14%); c) average score at visual analogue scale (0 to 10) of 7.57 and SD 2.49; 61.9% of cases with high discomfort (8 to 10) and only 22.22% without limitation of daily activities; d) average duration of 49.07 months (variance of 5.91), 55.56% of chronic cases (lasting more than 12 months) and 44.44% of subacute cases (duration of 4 to 12 months). The number of treatment attempts needed to reach total remission was 0 to 2 (58.73%). The most common type of treatment was medication (36.51%). Of the 57 participants who had tonal audiometry, 47.62% had normal thresholds. So far, the average duration of the total remission was 92,03 months (SD 99,24). Conclusions: patients who achieved total remission of tinnitus were primarily female, perceiving a tonal type of sound, with a high level of discomfort, with symmetrically normal audiometry and limited treatment attempts. The location (bilateral or unilateral) and duration of tinnitus (subacute or chronic) did not influence total remission. Despite of the severe repercussion on patient's quality of life, there seems to be a tinnitus subtype more prone to total and long-term remission after the institution of a certain treatment
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-01-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.