• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2017.tde-09082017-101936
Documento
Autor
Nome completo
Renata Falótico Taborda
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Samelli, Alessandra Giannella (Presidente)
Carvalho, Ana Claudia Martinho de
Santos, Maria Francisca Colella dos
Título em português
Ruído em ambiente escolar: desenvolvimento e verificação da eficácia de um programa de promoção de saúde auditiva
Palavras-chave em português
Criança
Efeitos do ruído
Promoção da saúde
Razão sinal-ruído
Ruído
Saúde escolar
Resumo em português
INTRODUÇÃO: O ruído é considerado, mundialmente, como um problema de saúde pública. No ambiente escolar, o ruído é um fator de grande preocupação, devido a seus impactos e prejuízos, tanto para os alunos como para os funcionários, incluindo os professores. Os danos do ruído para as crianças podem englobar efeitos auditivos, de saúde em geral e cognitivos, afetando negativamente o desenvolvimento da aprendizagem. Dificuldades de concentração e engajamento, além de prejuízos para o sono e memória também são relatados. Muitas pesquisas vêm demonstrando que o ruído em salas de aula encontra-se acima dos valores recomendados. Desta forma, estudos que busquem a promoção da saúde auditiva e a conscientização da comunidade escolar com relação ao ruído são fundamentais, uma vez que podem contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos atores envolvidos, bem como para a constituição de um ambiente acústico mais propício para a saúde e aprendizagem. OBJETIVOS: O objetivo geral do presente estudo foi o desenvolvimento e a verificação da eficácia de um programa de promoção de saúde auditiva em uma escola particular. Os objetivos específicos foram a verificação dos níveis de pressão sonora existentes nas dependências da escola antes e após o programa de intervenção; as queixas e o grau de desconforto com relação ao ruído dos alunos e dos professores da escola, por meio da aplicação de questionários específicos, pré e pós-intervenção; e a elaboração de uma proposta coletiva de intervenção na escola, norteada pelo Modelo Ecológico de Promoção da Saúde. MÉTODO: Participaram deste estudo alunos e funcionários de uma escola particular em Santana de Parnaíba, São Paulo. Os procedimentos realizados incluíram medições dos níveis de pressão sonora pré e pós-intervenção das salas de aulas e demais espaços da escola, aplicação de questionários pré e pós-intervenção nos alunos e professores para verificação de sintomas auditivos, extra-auditivos e grau de incômodo com o ruído no ambiente escolar. Além disso, foram realizadas as intervenções propriamente ditas, que foram desenvolvidas em conjunto a equipe da escola e alunos. RESULTADOS: Ao comparar as medições pré e pós-intervenção, pode-se observar diminuição estatisticamente significante dos níveis de ruído em determinadas salas de aula e anfiteatro. Já para outros espaços coletivos, como biblioteca e cantina, os níveis de ruído permaneceram sem diferença significante. Os questionários pré e pós-intervenção mostraram uma maior consciência acerca do ruído e intervenções efetivas para diminuição deste nas salas de aula. As intervenções realizadas conseguiram abranger todos os níveis propostos pelo Modelo Ecológico de Promoção da Saúde, com exceção do nível de políticas públicas. As ações tiveram caráter educativo, pedagógico, comunitário e físico, bem como foram desenvolvidas e implementadas em conjunto com a equipe pedagógica da escola e com os alunos. A escola realizou tratamento acústico nos espaços definidos como prioritários. CONCLUSÃO: Pode-se verificar que o programa desenvolvido, juntamente com a escola, teve impactos positivos, tais como redução nos níveis de ruído, mudanças no ambiente (tratamento acústico), bem como na cultura escolar, em relação à diminuição do ruído
Título em inglês
Noise in school environment: development and verification of the efficacy of an auditory health promotion program
Palavras-chave em inglês
Child
Health promotion
Noise
Noise effects
School health
Signal-to-noise ratio
Resumo em inglês
INTRODUCTION: Noise is described worldwide as a public health problem. In the school environment, noise is a major concern due to the impacts and impairment it may cause in students and staff, including teachers. In the range of damage that noise may cause in children, we may enlist auditory problems, general health and also cognitive effects, which may affect their learning development. In some cases, difficulties with memory, concentration and also sleep are reported. Several studies have shown that noise in classroom is, commonly, above the recommended values. Thus, researches that aim to promote hearing health and awareness of the school community regarding noise are fundamental, since they can contribute to the improvement of life quality for education professionals, as well as for providing better acoustic environment for health and learning. PURPOSE: The overall aim of the present study was to develop and verify the efficacy of a hearing health promotion program in a private school. The specific objectives were to verify the sound pressure levels in the school before and after the intervention program; the complaints and the degree of discomfort regarding the noise of students and teachers from the school, through specific questionnaires, applied before and after intervention; and the elaboration of a collective intervention proposal in the school, guided by the Ecological Model of Health Promotion. METHODS: Participated in this study, students and employees from a private school of Santana de Parnaíba, São Paulo. The procedures performed included measurements of sound pressure pre and post intervention in the classrooms and in several environment of the school; we applied pre and post intervention questionnaires in students and teachers to verify auditory and extra-auditory symptoms and the degree of annoyance concerning noise in the school environment. Besides, we conducted intervention acts which were defined jointly with the school staff and students. RESULTS: Comparing pre and post-intervention measurements, a statistically significant reduction of noise levels was observed in some classrooms and in the amphitheater. On the other hand, for other collective places, such as library and canteen, noise levels remained without significant difference. The pre and post intervention questionnaires showed a greater awareness about noise and effective interventions to reduce it in classrooms. The interventions that we performed were effective to cover all levels proposed by the Ecological Model of Health Promotion, apart from the level of public policies. The actions were educational, pedagogical, community and physical, and they were developed and implemented in partnership with the pedagogical team and students. The school performed acoustic treatment in the spaces defined as priority. CONCLUSION: We verified that the developed program which was conducted along with the school, achieved positive impacts, such as noise levels reduction, changes in the environment (acoustic treatment), as well as in the habits of the school staff regarding noise reduction
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-08-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.