• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2017.tde-06062017-101225
Documento
Autor
Nome completo
Cinthia Santos Miotto de Amorim
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Marques, Amelia Pasqual (Presidente)
Vieira, Glauco Fioranelli
Casarotto, Raquel Aparecida
João, Silvia Maria Amado
Politti, Fabiano
Título em português
Efeito de três intervenções de fisioterapia comparadas a tratamento odontológico em indivíduos com bruxismo: um ensaio clínico randomizado
Palavras-chave em português
Assistência odontológica
Bruxismo
Imaginação
Massagem
Modalidades de fisioterapia
Terapia de relaxamento
Terapia por exercício
Resumo em português
Objetivos: Comparar o efeito de três intervenções de fisioterapia com tratamento odontológico na dor e sintomas, abertura mandibular, ansiedade, estresse, depressão, qualidade de saúde bucal e sono em indivíduos com bruxismo. Métodos: Noventa e seis indivíduos com dor e bruxismo do sono e vigília entre 18 e 60 anos de idade foram randomizados em quatro grupos: Grupo 1 (n=24) massoterapia e exercícios de alongamento muscular; Grupo 2 (n=24) terapia de relaxamento e imaginação; Grupo 3 (n=24) massoterapia, exercícios, relaxamento e imaginação e Grupo 4 (n=24) tratamento odontológico pela restauração direta. As variáveis primárias foram dor e sintomas, sendo a intensidade avaliada pela escala visual analógica e limiar de dor com dolorímetro; e abertura mandibular com paquímetro digital. As variáveis secundárias foram ansiedade avaliada com Inventário de Ansiedade Traço-Estado; estresse com Escala de Estresse Percebido; depressão com Inventário de Depressão de Beck; qualidade de saúde bucal com Perfil de Impacto de Saúde Bucal e sono com Índice de Qualidade de Sono de Pittsburgh. Todos os participantes foram avaliados antes, após seis semanas e dois meses das intervenções por avaliador cego. As intervenções de fisioterapia foram individualizadas por 40 minutos, duas vezes por semana, por seis semanas; e o tratamento odontológico incluiu duas sessões individuais, com intervalo de uma semana e duração de aproximadamente duas horas. O nível de significância estabelecido foi alfa=5%. Resultados: Após seis semanas, houve melhora com diferença significativa entre os Grupos 1, 2 e 3 e o Grupo 4 na dor muscular do masseter [Média da Diferença=2,3 / 2,7 / 5,5 (IC95%=0,2 a 4,4 / 0,9 a 4,4 / 3,8 a 7,2)], temporal anterior [Média da Diferença=2,6 / 2,1 / 5 (IC95%=0,5 a 4,7 / 0,1 a 4,1 / 3,2 a 6,7)], esternocleidomastóideo [Média da Diferença=3,3 / 4,2 / 6,1 (IC95%=1,6 a 4,9 / 2,6 a 5,8 / 4,6 a 7,5)] e trapézio superior [Média da Diferença=3,8 / 4,1 / 6,6 (IC95% = 2,1 a 5,5 / 2,3 a 5,5 / 5,4 a 7,7)]. Melhora similar foi encontrada nos sintomas de cefaleia, apertamento dentário e dificuldade de dormir, bem como no estado de ansiedade, estresse, depressão e qualidade de sono (p < 0,001). Os Grupos 2 e 3 melhoraram o traço de ansiedade e qualidade de saúde bucal e o Grupo 3 melhorou o limiar de dor do músculo trapézio superior e abertura mandibular, com diferença significativa comparados ao Grupo 4 (p < 0,05). Houve manutenção destas melhoras dois meses após as intervenções (p < 0,05), porém a melhora na qualidade de saúde bucal e aumento na abertura mandibular não se mantiveram nos Grupos 2 e 3 (p > 0,05), respectivamente. Conclusão: Os dados sugerem que as três intervenções de fisioterapia comparadas a tratamento odontológico reduzem a dor e sintomas e indicam melhora da ansiedade, estresse, depressão e qualidade de sono. Os resultados apontam que as intervenções de fisioterapia: isolada (terapia de relaxamento e imaginação) e combinada (massoterapia, exercícios, relaxamento e imaginação) melhoram a qualidade de saúde bucal; e somente a combinada aumenta o limiar de dor no músculo trapézio superior e abertura mandibular em indivíduos com bruxismo
Título em inglês
Effect of three physical therapy interventions relative to dental treatment in individuals with bruxism: a randomized clinical trial
Palavras-chave em inglês
Bruxism
Dental care
Exercise therapy
Imagination
Massage
Physical therapy modalities
Relaxation therapy
Resumo em inglês
Objectives: To compare the effects of three different physical therapy interventions with dental treatment in the pain and symptoms, mandibular opening, anxiety, stress, depression, oral health and sleep in individuals with bruxism. Methods: Ninety-six individuals with pain and awake and sleep bruxism and 18-60 years old were allocated to the one of four groups: Group 1: massage and stretching exercises (n=24), Group 2: relaxation therapy and imagination (n=24), Group 3: massage, exercises, relaxation and imagination (n=24) or Group 4: dental treatment by the direct restoration (n=24). Primary outcomes included muscle pain and symptoms (intensity measured using a visual analogue scale and pain threshold with algometry) and mandibular opening (measured using a digital pachymeter). Secondary outcomes included anxiety (state-trait anxiety inventory), stress (perceived stress scale), depression (Beck depression inventory), oral health (oral health impact profile-14), and sleep quality (Pittsburgh sleep quality index). Outcomes were evaluated at baseline, 6 weeks and 2 months post-initial intervention by the blinded assessor. Physical therapy interventions included individual sessions that lasted 40 min biweekly for 6 weeks and dental treatment, two 2-h individual sessions conducted a week apart. The level of significance established was alfa=5%. Results: At 6 weeks after, the improvement with difference among Groups 1, 2, 3 and Group 4 was observed in masseter muscle pain [Mean Difference=2.3 / 2.7 / 5.5 (95%CI=0.2 to 4.4 / 0.9 to 4.4 / 3.8 to 7.2)], anterior temporalis [Mean Difference=2.6 / 2.1 / 5 (95%CI=0.5 to 4.7 / 0.1 to 4.1 / 3.2 to 6.7)], sternocleidomastoid [Mean Difference=3.3 / 4.2 / 6.1 (95%CI=1.6 to 4.9 / 2.6 to 5.8 / 4.6 to 7.5)] and upper trapezius [Mean Difference=3.8 / 4.1 /6.6 (95%CI=2.1 to 5.5 / 2.3 to 5.5 / 5.4 to7.7)] as well as in symptoms of headache, teeth clenching and sleep difficulties, anxiety state, stress, depression and sleep quality (p < 0.001). Both Group 2 as Group 3 improved oral health and anxiety trait and the Group 3 increased the pain threshold of upper trapezius muscle and mandibular opening with significant difference relative to Group 4 (p < 0.05). These results were sustained for up to 2 months (p < 0.05), however the improvements of oral health and mandibular opening were not maintained in Groups 2 and 3(p > 0.05), respectively. Conclusions: The results suggest that three physical therapy interventions compared to dental treatment reduce the pain and symptoms and indicate improvement of anxiety, stress, depression and sleep quality. Moreover, the date demonstrate that both combined physical therapy interventions (massage, exercises, relaxation and imagination) as isolated (relaxation therapy and imagination) improve the oral health and only the combined increases the mandibular opening and pain threshold of upper trapezius muscle in individuals with bruxism
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-06-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.