• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2015.tde-12052015-083558
Documento
Autor
Nome completo
Theodora Karnakis
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Jacob Filho, Wilson (Presidente)
Curiati, José Antonio Esper
Hamerschlak, Nelson
Hoff, Paulo Marcelo Gehm
Riechelmann, Rachel Simões Pimenta
Título em português
O uso longitudinal da avaliação geriátrica ampla em um centro oncológico no Brasil: estudo piloto em  portadores de câncer de mama
Palavras-chave em português
Avaliação geriátrica
Envelhecimento
Geriatria
Idoso
Neoplasias
Neoplasias de mama
Oncologia
Resumo em português
Introdução: O Câncer e o envelhecimento estão integralmente relacionados e evidenciam um inexorável aumento nos países desenvolvidos e em desenvolvimento. No Brasil o câncer de mama é o mais frequente nas mulheres com aumento de sua incidência e mortalidade na população idosa. A avaliação Geriátrica Ampla (AGA) é instrumento seguro e utilizado por geriatras, para estratificar os idosos entre diferentes níveis de fragilidades e tem por objetivo determinar as deficiências e incapacidades para um planejamento individual do cuidado. Objetivos : Avaliar a utilidade da AGA e sua aplicabilidade como instrumento de monitoramento longitudinal em mulheres idosas portadoras de câncer de mama no Brasil. Material e métodos: Estudo coorte, prospectivo, quasi experimental em mulheres idosas, com >= 60 anos, provindas do sistema público de saúde, recém diagnosticadas do câncer de mama e que iriam iniciar tratamento oncológico. As pacientes foram seguidas por dois anos e avaliadas pelos parâmetros da AGA: Escala de Comorbidades de Charlson; Atividades básica de vida diária (ABVD); Atividades Instrumentais de Vida Diária (AIVD); Mini Exame do Estado Mental (MEEM) ; Escala de Depressão Geriátrica (GDS-15); Mini Avaliação Nutricional (MAN) e pela Escala de Sintomas de Edmonton ao diagnóstico e a cada 4 meses no primeiro ano e após 2 anos do diagnóstico. Resultados: 20 idosas de idade média 70,2 (+ - 7.03 ), receberam um total de 97 AGAs no decorrer de 2 anos. A AGA identificou novas fragilidades em 90% das avaliações, com ampliação da conduta clinica, e 45% das pacientes tiveram o tratamento oncológico modificado após a avaliação. Como instrumento de monitoramento, houve uma tendência de diminuição do numero de novos diagnósticos após cada AGA realizada ao longo de 2 anos. Conclusão: O presente estudo valida a importância do uso da AGA na população idosa com câncer de mama no Brasil ao identificar fragilidades e sugerir mudanças no plano do tratamento oncológico. Novos estudos, em diversos tipos de câncer, com maior tempo de seguimento, são necessários para avaliar o impacto da AGA na população idosa em tratamento oncológico
Título em inglês
The longitudinal use of geriatric assessment in an oncology center in Brazil : a pilot study in patients with breast cancer
Palavras-chave em inglês
Aged
Aging
Breast neoplasms,Geriatric assessment
Geriatrics
Neoplasms
Oncology
Resumo em inglês
Introduction: The Cancer and aging are integrally related and show an inexorable rise in developed and developing countries . In Brazil, breast cancer is the most common in women with increased incidence and mortality in the elderly population . The Comprehensive Geriatric Assessment (CGA) is an instrument used with insurance by geriatricians to stratify elderly between different levels of weaknesses and aims to determine the disabilities for an individual plan of care. Objectives : To evaluate the usefulness of CGA and its applicability as longitudinal monitoring instrument in older women with breast cancer in Brazil. Methods: Cohort study , prospective, quasi experimental in elderly women with >= 60 years , originated from the public health system , newly diagnosed breast cancer and they would start cancer treatment . The patients were followed for two years and evaluated by the parameters of CGA : Charlson Comorbidity Index (CCI); Activities of Daily Living (ADL); Instrumental Activities of Daily (IADL); Mini Mental State Evaluation (MMSE); Geriatric Depression Scale (GDS); Mini Nutritional Assessment (MAN) and Edmonton Symptom Assessment Scale. The CGA occurred every four months in the first year and after 2 years of diagnosis . Results: 20 elderly women with average age of 70.2 ( + - 7.03 ) , received a total of 97 GA in the course of two years . CGA identified new weaknesses in 90 % of cases , with expansion of the clinical conduct, and 45% of patients had cancer treatment modified after the evaluation. As monitoring instrument , there was a downward trend in the number of new diagnoses after each AGA conducted over two years. Conclusion: This study validates the importance of using the AGA in the elderly population with breast cancer in Brazil to identify weaknesses and suggest changes in cancer treatment plan. New studies in various cancers and longer follow-up are needed to assess the impact of AGA in the elderly undergoing cancer treatment
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TheodoraKarnakis.pdf (3.22 Mbytes)
Data de Publicação
2015-05-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.