• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Aloma da Silva Alvares Feitosa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Borba Neto, Eduardo Ferreira (Presidente)
Casarotto, Raquel Aparecida
Furtado, Rita Nely Vilar
Heymann, Roberto Ezequiel
Teixeira, Manoel Jacobsen
Título em português
Processamento da dor em indivíduos com lombalgia mecânica comum crônica com e sem afastamento do trabalho: um estudo de ressonância magnética funcional
Palavras-chave em português
Licença médica
Lombalgia mecânica comum crônica
Neuroimagem funcional
Percepção da dor
Plasticidade neuronal
Resposta hemodinâmica
Resumo em português
A lombalgia mecânica comum (LMC) representa um problema particularmente importante no ambiente ocupacional, muitas vezes associado a incapacidade, afastamento do trabalho e alto custo socioeconômico. O surgimento da neuroimagem funcional permitiu novos conhecimentos sobre a estrutura cerebral e a fisiologia da dor crônica. Embora os aspectos relacionados ao trabalho sejam importantes fatores de risco para a cronicidade, existem poucos estudos que abordam especificamente a fisiopatologia da LMC em indivíduos afastados do trabalho. A esse respeito, questionamos se um fator como a atenção, conhecida como um importante modulador da dor, poderia desempenhar um papel distintivo na modulação da dor nos indivíduos com LMC afastados do trabalho. Objetivos: comparar os correlatos neuronais entre indivíduos com lombalgia mecânica comum com afastamento do trabalho, com indivíduos lombálgicos sem afastamento. Métodos: Foram selecionados 74 indivíduos com LMC crônica, divididos em três grupos: indivíduos com LMC e afastamento do trabalho (LMC/A); indivíduos com LMC sem afastamento do trabalho (LMC) e indivíduos sem qualquer tipo de dor crônica e sem afastamento do trabalho (Controle). O estudo foi realizado no Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE). A ressonância magnética funcional (RMf) foi utilizada durante o desempenho de dois paradigmas (dor e atenção). Resultados: Após a estimulação dolorosa, na comparação entre os grupos, verificamos diferença significativa na condição estimulação > repouso, sendo que o contraste LMC > LMC/A mostrou maior resposta hemodinâmica (efeito BOLD) no córtex cingulado anterior e giro frontal superior e médio direito (p < 0,001). No contraste controles > LMC/A, o grupo controle apresentou maior efeito BOLD em região do polo frontal e paracingulado (p = 0,002). Conclusão: Nosso estudo corrobora o conceito de que a presença de dor crônica está associada a uma alteração na plasticidade neuronal em áreas cerebrais que se estendem além das regiões somatossensoriais, para incluir áreas que processam emoções
Título em inglês
Pain processing in individuals with chronic joint mechanical disease with and without work remission: a functional magnetic resonance imaging study
Palavras-chave em inglês
Functional neuroimaging
Hemodynamic response
Low back pain mechanical chronic common
Neuronal plasticity
Pain percep
Sick leave
Resumo em inglês
Chronic low back pain (CLBP) is a particularly important problem in the occupational environment, often associated with incapacity, sick leave and high socioeconomic cost. The emergence of functional neuroimaging allowed new insights into the brain structure and physiology of chronic pain. Although work-related aspects are important risk factors for chronicity, there are few studies that specifically address the pathophysiology of CLBP in individuals with sick leave. In this regard, we questioned whether a factor such as the attention known as an important pain modulator could play a distinctive role in modulating pain in individuals with CLBP with sick leave. Objective The overall objective of this study is to compare the neuronal correlates between groups of individuals CLBP with or without sick leave. Methods We selected 74 individuals, divided into three groups: individuals with CLBP, functional incapacity and sick leave (CLBP_L); individuals with CLBP, functional disability without sick leave (CLBP_NL); individuals without any form of chronic pain and without sick leave (Control). Functional magnetic resonance imaging (fMRI) was used during the performance of two paradigms (pain and attention).Results After painful stimulation, a significant difference was observed in the stimulation > rest condition, while the CLBP > CLBP_L contrast showed a higher hemodynamic response in the anterior cingulate cortex and the right medium /superior frontal gyrus (p < 0.001) and in contrast controls > CLBP_L, the control group presented higher hemodynamic response in the frontal pole and paracingulate region (p = 0.002).Conclusions Our study corroborates the idea that the presence of chronic pain is associated with an alteration in neuronal plasticity involving brain areas linked to emotions and not just somatosensory areas
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-01-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.