• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2018.tde-02082018-092051
Documento
Autor
Nome completo
Felipe Pereira de Souza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Ono, Suzane Kioko (Presidente)
Bassit, Lêda Cattini
Caly, Wanda Regina
Figueiredo, Gerusa Maria
Título em português
Avaliação assistencial da população atendida no ambulatório A2MG404 (Hepatite B) da Divisão de Gastroenterologia e Hepatologia Clínica do HC-FMUSP
Palavras-chave em português
Absenteísmo
Administração de serviços de saúde
Antivirais
Atenção terciária à saúde
Epidemiologia
Hepatite B
Necessidades e demandas de serviços de saúde
Pacientes não comparecentes
Saúde pública
Visita a consultório médico
Resumo em português
Introdução: A infecção pelo vírus da Hepatite B (HBV) é um grande problema de saúde pública, uma vez que cerca de 257 milhões de pessoas em todo o mundo são acometidas pelo vírus. Mundialmente, devido ao grande movimento migratório, descrevem-se mudanças no perfil dos pacientes portadores de HBV. Desta forma, objetivamos caracterizar a população de pacientes portadores HBV atendidos no ambulatório A2MG404 de Hepatites Virais do HC-FMUSP. Métodos: Este foi um estudo retrospectivo descritivo de 617 novos pacientes com exames sorológicos positivos para HBV, em seguimento no ambulatório A2MG404 entre janeiro de 2005 e dezembro de 2015. Dados demográficos, epidemiológicos e clínicos foram obtidos de prontuários eletrônicos institucionais (SIGH-PRODESP, HCMED e ProntMed). A coleta e gerenciamento de dados foi realizada utilizando o software on-line REDCap (V6.16.4). A análise estatística foi realizada utilizando o software R (V3.3.0). O teste de Shapiro-Wilk foi utilizado para testar a normalidade dos dados; dados não paramétricos foram comparados utilizando-se o teste de Wilcoxon-Mann-Whitney; as proporções entre populações foram comparadas utilizando-se o Teste Z. Foram considerados estatisticamente significativos valores de p < 0,05. Resultados: Foi observada predominância do sexo masculino (60,9%); mediana de idade de 48 anos; raça branca (70,8%) e nível de escolaridade baixo [ensino fundamental completo (37,4%)] entre os pacientes. A maioria deles eram brasileiros (93,5%), residentes no estado de São Paulo (98,4%), principalmente na cidade de São Paulo (63,6%). Pacientes residentes em outros estados do Brasil também foram atendidos no serviço (1,6%), bem como estrangeiros (6,5%). Coinfecção por HCV foi identificada em 7,8% dos pacientes; e por HIV em 1,3% destes. De base, 109/617 (17,66%) pacientes eram AgHBe positivo [infecção crônica: 42/617 (6,8%); hepatite crônica: 67/617 (10,8%)]; 350/617 (56,72%) pacientes eram AgHBe negativo [infecção crônica: 290/617 (47,0%); hepatite crônica: 60/617 (9,7%)]; 104/617 (16,9%) pacientes eram Anti-HBc Total e Anti-HBs positivos; 49/617 (8,0%) pacientes eram Anti-HBc Total isolado; e 5/617 (0,8%) pacientes eram portadores de perfil sorológico anômalo da hepatite B. Entre o início e término de seguimento foram observados diminuição significativa dos valores de ALT, AST, APRI, carga viral (p < 0,001), hemoglobina (p=0,007) e bilirrubina total (p=0,011), bem como aumento significativo de bilirrubina direta e INR (p < 0,001). O FIB-4 não apresentou diferença estatisticamente significativa no mesmo intervalo. A análise mostra que 30,3% dos pacientes receberam tratamento com antivirais, sendo Tenofovir (28,3%) o mais prescrito, seguido de Lamivudina (19,8%), Tenofovir+Lamivudina (19,8%) e Entecavir (19,2%). Entecavir apresentou a maior taxa de soroconversão de AgHBe (6/9; 66,66%), enquanto que Lamivudina apresentou a maior taxa para AgHBs (5/30; 16,66%). Tenofovir possui maior potencial para redução de carga viral, aumento de plaquetas e melhora de enzimas hepáticas do que Lamivudina e Entecavir (p < 0,05). No total, foram realizadas 5412 consultas médicas, sendo a maioria delas do tipo "seguimento" (85,8%). Faltas foram registradas em 11,9% das consultas médicas agendadas no período. Conclusões: A população atendida no serviço é heterogênea, com representação de diferentes sexos, etnias, faixas etárias e nacionalidades; ao menos 14 nacionalidades representadas, refletindo o fenômeno da migração observado globalmente. São necessárias ações educacionais para promoção da adesão aos cuidados médicos adequados
Título em inglês
Assistance assessment of the population served at the ambulatory A2MG404 (Hepatitis B) of the Division of Gastroenterology and Clinical Hepatology of HCFMUSP
Palavras-chave em inglês
Absenteeism
Antiviral agents
Epidemiology
Health services administration
Health services needs and demand
Hepatitis B
No-show patients
Office visits
Public health
Tertiary healthcare
Resumo em inglês
Background: Hepatitis B virus (HBV) is a major public health problem with significant burden across all global regions, once they affect about 250 million people around the world. Worldwide, due to the great migratory movement, changes were described in the profile of patients with hepatitis B. In this way, we aimed to characterize the population of patients with chronic hepatitis B seen in the ambulatory A2MG404 of Viral Hepatitis of HC-FMUSP. Methods: This was a retrospective descriptive study of 617 new patients with positive serological tests results for HBV, followed up in the A2MG404 ambulatory between January 2005 and December 2015. Demographic, epidemiological and clinical data were obtained from institutional electronic medical records (SIGH-PRODESP, HCMED and ProntMed). Data collection and management was performed using REDCap online software (V6.16.4). Statistical analysis was performed using R software (V3.3.0). Shapiro-Wilk Test was used to test the normality of the data; non-parametric data were compared using Wilcoxon-Mann-Whitney Test; proportions among populations were compared using the Z-Test. Values of p < 0.05 were considered statistically significant. Results: Male predominance (60.9%); median age of 48 years; white race (70.8%) and low educational level (37.4%) was observed among the patients. Most of them were Brazilian (93.5%), living in the State of São Paulo (98.4%), mainly in the city of São Paulo (63.6%). Patients living in other Brazilian states were also assisted in the service (1.6%), as well as foreigners (6.5%). HCV coinfection were identified in 7.8% of patients; and HIV in 1.3% of these. At baseline, 109/617 (17.66%) patients were HBeAg positive [chronic infection: 42/617 (6.8%); chronic hepatitis: 67/617 (10.8%)]; 350/617 (56.72%) patients were HBeAg negative [chronic infection: 290/617 (47.0%); chronic hepatitis: 60/617 (9.7%)]; 104/617 (16.9%) patients were Total Anti-HBc and Anti-HBs positive; 49/617 (8.0%) patients were Anti-HBc Total isolated; and 5/617 (0.8%) patients had anomalous serological profile of hepatitis B. Significant decrease in ALT, AST, APRI, viral load (p < 0.001), hemoglobin (p = 0.007) and total bilirubin (p = 0.011); as well as significant increase of direct bilirubin and INR (p < 0.001) of patients were observed during the follow-up. FIB-4 score didn't present a statistically significant difference in the same interval. The analysis shows that 30.3% of the patients received antiviral treatment, being Tenofovir (28.3%) the most prescribed, followed by Lamivudine (19.8%), Tenofovir+Lamivudine (19.8%) and Entecavir (19.2%). Entecavir presented the highest HBeAg seroconversion rate (6/9; 66.66%), whereas Lamivudine presented the highest rate for HBsAg (5/30, 16.66%). Tenofovir has greater potential for viral load reduction, platelet increase, and hepatic enzymes normalization than Lamivudine and Entecavir (p < 0.05). In total, 5412 medical appointment were performed, most of them was classified as "follow up" type (85.8%). Absences were recorded in 11.9% of the medical appointments scheduled in the period. Conclusions: The population served in the service is heterogeneous, with representation of different genders, ethnicities, age groups and nationalities. In it, at least 14 nationalities are represented, reflecting the phenomenon of immigration observed worldwide. Educational actions are required to promote adherence to the necessary medical care for these patients
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-08-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.