• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2012.tde-18012013-105714
Documento
Autor
Nome completo
Renato Fraga Righetti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Tibério, Iolanda de Fátima Lopes Calvo (Presidente)
Lopes, Cristiane
Negri, Elnara Márcia
Prado, Carla Máximo
Teixeira, Lisete Ribeiro
Título em português
Tratamento com inibidor da Rho quinase em cobais com inflamação pulmonar alérgica crônica: modulação da inflamação eosinofílica, da expressão de citocinas inflamatórias, da matriz extracelular e do estresse oxidativo no parênquima pulmonar
Palavras-chave em português
Asma
Cobaias
Inflamação pulmonar
Quinases associadas a Rho
Resumo em português
INTRODUÇÃO: A relevância do parênquima pulmonar distal na fisiopatologia da asma tem sido intensamente enfatizada. Vários estudos sugerem a inibição da Rho quinase como uma intervenção benéfica e promissora na asma. Entretanto, não há estudos anteriores que avaliaram os efeitos destes inibidores na modulação da mecânica do parênquima pulmonar e suas alterações histopatológicas em um modelo animal de inflamação pulmonar alérgica crônica. OBJETIVO: Avaliar a inibição da Rho quinase (Y-27632) na modulação da responsividade, inflamação, remodelamento da matriz extracelular e ativação do estresse oxidativo no parênquima pulmonar de cobaias com inflamação pulmonar alérgica crônica. MÉTODOS: As cobaias receberam sete inalações de ovalbumina (1-5 mg / ml; grupo OVA) ou salina (grupo SAL) ao longo de quatro semanas. A partir da quinta inalação, os animais do grupo Rho quinase foram submetidos a inalação com Y-27632, 10 minutos antes de cada inalação com OVA ou SAL. Setenta e duas horas após a sétima inalação, os animais foram anestesiados e exanguinados, e das tiras do tecido pulmonar foram realizadas a mecânica oscilatória, sob condições basais e após o desafio de ovalbumina (0,1%). Após a mecânica, as fatias de pulmão foram submetidas a análise histológica por meio da morfometria. RESULTADOS: A inibição de Rho quinase nos animais expostos à ovalbumina atenuou a elastância e a resistência tecidual, o número de eosinófilos, a expressão de IL-2, IL-4, IL-5, IL-13, TIMP-1, MMP-9, TGF-, IFN-g, NF-kB e iNOS e o conteúdo de 8-iso-PGF2, fibras elásticas, fibras colágenas e actina em comparação com o grupo OVA (P<0,05). CONCLUSÃO: A inibição da Rho quinase contribui para o controle da capacidade de responsividade do parênquima pulmonar, da inflamação eosinofílica, das respostas Th1/Th2, ao controle do remodelamento da matriz extracelular em um modelo animal de inflamação pulmonar alérgica crônica. Podendo ser considerada uma futura ferramenta farmacológica para o tratamento de doenças pulmonares crónicas.
Título em inglês
Treatment with Rho-kinase inhibitor in guinea pigs with chronic allergic inflammation: modulation of eosinophilic inflammation, expression of inflammatory cytokines, extracellular matrix and oxidative stress in lung tissue
Palavras-chave em inglês
Asthma
Guinea pigs
Pneumonia
Rho-associated kinases
Resumo em inglês
RATIONALE: Previous studies with Rho-kinase inhibitors suggest a beneficial influence of these drugs in asthma. The relevance of distal lung tissue in functional asthmatic impairment has been intensely emphasized. There have not been any previous studies evaluating the effects of these inhibitors on the modulation of distal lung mechanics and histopathological alterations in an animal model of chronic pulmonary inflammation. OBJECTIVE: To evaluate if Rho-kinase inhibition (Y- 27632) modulates distal lung responsiveness, inflammation, extracellular matrix remodeling and oxidative stress activation in guinea pigs with chronic allergic inflammation. METHODS: Guinea pigs received seven inhalations of ovalbumin (1-5 mg/ml; OVA group) or saline (SAL group) over 4 wk. From the 5th inhalation, the Rho-kinase group animals were submitted to Y-27632 inhalation 10 min before each inhalation with OVA or SAL. Seventy-two hours after the seventh inhalation, the animals were anesthetized and exsanguinated, and oscillatory mechanics of the lung tissue strips were performed under the baseline condition and after the ovalbumin challenge (0.1%). Afterwards, the lung slices were submitted to morphometry. RESULTS: The Rho-kinase inhibition in the ovalbumin-exposed animals attenuated the tissue elastance and resistance, eosinophils, the IL-2, IL-4, IL-5, IL-13, TIMP-1, MMP-9, TGF-, IFN-g, NF-kB, iNOS-positive cells and the 8-iso-PGF2, elastic, collagen and actin content compared with the OVA group (P<0.05). CONCLUSION: Rho-kinase inhibition contributes to the control of distal lung responsiveness and the eosinophilic and Th1/Th2 responses to the control of extracellular matrix remodeling in an animal model of chronic allergic inflammation. It may be considered a future pharmacological tool for the treatment of chronic pulmonary diseases.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-01-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.