• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2019.tde-15012019-101717
Documento
Autor
Nome completo
Priscilla Griffo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Bonfa, Eloisa Silva Dutra de Oliveira (Presidente)
Sato, Emilia Inoue
Silva, Clovis Artur Almeida da
Teodoro, Walcy Paganelli Rosolia
Título em português
Anticorpos anti-DNase I: nova reatividade sorológica na síndrome de Sjogren primária
Palavras-chave em português
Anti-DNase I
Autoanticorpos
Desoxirribonuclease I
Olho seco
Síndrome de Sjögren
Resumo em português
INTRODUÇÃO: A síndrome de Sjögren primária (SSp) é uma doença autoimune inflamatória crônica que afeta principalmente as glândulas exócrinas, levando aos sintomas de síndrome sicca. O olho seco é uma das características mais importantes dessa síndrome e um estudo recente relatou redução da atividade da DNase I em lágrimas de pacientes com olho seco de várias etiologias. Portanto, postulamos que pacientes com SSp possam ter anticorpos direcionados à DNase I. MÉTODOS: Avaliamos em um estudo de corte transversal 85 pacientes com SSp (conforme os critérios de classificação do American European Consensus Group Criteria, 2002), 50 pacientes com artrite reumatoide (AR) (American College of Rheumatology Criteria/ 1987) sem sintomas de síndrome sicca e 88 voluntários saudáveis. A reatividade IgG anti-DNase I foi detectada por ELISA utilizando a enzima de pâncreas bovino como antígeno e confirmada por Imunoblotting. RESULTADOS: A idade e sexo foram comparáveis nos três grupos (p > 0,05). A anti-DNase I foi detectada em 43,5% dos pacientes com SSp, conforme determinado por ELISA. Em contraste, essa reatividade estava ausente em todos os pacientes com AR (p= 0,0001). Comparações adicionais dos pacientes com SSp com (n= 37) e sem (n= 48) anti-DNase I revelaram que o primeiro grupo tinha níveis séricos de IgG mais altos (2293,2 ± 666,2 vs. 1483,9 ± 384,6 mg/dL, p= 0,0001) e uma frequência maior de leucopenia não induzida por drogas (43% vs. 19%, p= 0,02). A análise de regressão logística multivariada mostrou que apenas os níveis de IgG foram independentemente associados com o anti-DNase I. CONCLUSÃO: Descrevemos uma alta frequência de anticorpos anti-DNase I em pacientes com SSp associados a níveis séricos de IgG mais elevados. A falta dessa reatividade em pacientes com AR sem sintomas de sicca sugere que esse anticorpo pode ser útil no diagnóstico diferencial dessas doenças
Título em inglês
Anti-DNase I antibody: new serological reactivity in primary Sjögren's syndrome
Palavras-chave em inglês
Anti-DNase I
Autoantibodies
Deoxyribonuclease I
Dry eye
Sjögren's syndrome
Resumo em inglês
INTRODUCTION: Primary Sjögren's syndrome (pSS) is a chronic inflammatory autoimmune disease that mainly affects exocrine glands. Dry eye is one of the most important features of this syndrome and a recent study reported reduced DNase I activity in tears of patients with dry eye of various etiologies. We therefore postulated that patients with pSS may have antibodies targeting DNase I. METHODS: We have evaluated in a cross-sectional study 85 pSS patients (American European Consensus Group Criteria/ 2002), 50 rheumatoid arthritis (RA) patients (American College of Rheumatology Criteria/ 1987) without sicca symptoms and 88 healthy volunteers. The IgG anti-DNase I reactivity was detected by ELISA using bovine pancreas enzyme as antigen and confirmed by Immunoblotting. RESULTS: Age/ gender were comparable in the three groups (p > 0.05). Anti-DNase I was detected in 43.5% of the pSS patients as determined by ELISA. In contrast, this reactivity was absent in all RA patients (p= 0.0001). Further comparison of pSS patients with (n= 37) and without (n= 48) anti-DNase I revealed that the former group had higher IgG serum levels (2293.2 ± 666.2 vs. 1483.9 ± 384.6 mg/dL, p= 0.0001) and a higher frequency of non-drug induced leukopenia (43% vs. 19%, p= 0.02). A multivariate logistic regression analysis identified that only IgG levels were independently associated with anti-DNase I. CONCLUSION: We describe a high frequency of anti-DNase I antibodies in pSS patients associated with higher serum IgG levels. The lack of this reactivity in RA patients without sicca symptoms suggests that this antibody may be helpful in the differential diagnosis of these diseases
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
PriscillaGriffo.pdf (2.48 Mbytes)
Data de Publicação
2019-01-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.