• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2010.tde-04112010-145154
Documento
Autor
Nome completo
Elenice Mantovani
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Yoshinari, Natalino Hajime (Presidente)
Costa, Izaias Pereira da
Fonseca, Adivaldo Henrique da
Mello, Suzana Beatriz Verissimo de
Silva, Neusa Pereira da
Título em português
Identificação do agente etiológico da Doença de Lyme-símile brasileira (Síndrome Baggio-Yoshinari)
Palavras-chave em português
Bactérias forma-L
Borrelia burgdorferi
Brasil
Doença de Lyme
Doença de Lyme-símile
Síndrome Baggio-Yoshinari
Spirochaetales
Resumo em português
A Doença de Lyme-símile brasileira ou Síndrome Baggio-Yoshinari (SBY) é uma zoonose emergente, transmitida por carrapatos e até o momento, de descrição restrita ao território brasileiro. O agente etiológico da SBY era desconhecido até o presente trabalho. O objetivo principal do estudo foi identificar a etiologia da SBY. Foi selecionado 2 grupos de pacientes: grupo A (n=68) composto por pacientes com suspeita diagnóstica de SBY, a maioria na fase latente da doença; grupo B (n=10), composto por pacientes com diagnóstico de SBY, que apresentaram obrigatoriamente eritema migratório e que encontravam-se sintomáticos no momento da coleta. Foi utilizado também um grupo controle composto por indivíduos saudáveis e com epidemiologia negativa (n=50). Amostras de sangue foram coletadas para a realização de sorologias, culturas, análises microscópicas (óptica e eletrônica) e reação de cadeia da polimerase (PCR) para diferentes micro-organismos (Mycoplasma spp, Chlamydia spp e Borrelia spp). Além disso, foi realizado um estudo preliminar, através da PCR para Borrelia spp em 47 amostras de carrapatos oriundos de áreas de risco do Espírito Santo (sendo 17 Rhipicephalus microplus e 30 Rhipicephalus sanguineus), e amostras de sangue total de 27 bovinos e 26 equinos, animais estes oriundos da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Os resultados mostraram que a SBY não se trata de uma zoonose causada por um conjunto de micro-organismos como pensado inicialmente e sim pela Borrelia burgdorferi sensu lato. Descoberta essa que foi possível empregando-se novos primers amplificadores do principal gene envolvido na síntese do gancho flagelar da Borrelia, chamado flgE. A positividade para flgE foi confirmada em 6 pacientes do grupo B, 2 carrapatos, 1 bovino e 1 equino, os quais apresentaram homologia de 99% com o gene da proteína do gancho flagelar da Borrelia burgdorferi (flgE) depositado no GenBank (L43849). Esta importante descoberta, associada às pesquisas anteriores, permitiu definir a SBY como zoonose emergente e própria do país, causada pela bactéria B. burgdorferi na apresentação morfológica atípica, transmitida por carrapatos não pertencentes ao complexo Ixodes ricinus, responsável por manifestações clínicas semelhantes à Doença de Lyme, exceto pela grande frequência de sintomas recorrentes
Título em inglês
Identification of the causative agent of Brazilian Lyme diseaselike illness (Baggio-Yoshinari Syndrome)
Palavras-chave em inglês
Baggio-Yoshinari Syndrome
Borrelia burgdorferi
Brazil
L-form bacteria
Lyme disease
Lyme disease-like
Spirochaetales
Resumo em inglês
Brazilian Lyme disease-like illness (BLDL) or Baggio-Yoshinari Syndrome (BYS) is an emerging zoonosis, transmitted by ticks and so far, restricted to the description of the Brazilian territory. The causative agent of BYS was unknown until now. The main objective of this study was to identify the etiology of BYS. We have selected two groups of patients: group A (n = 68) consisting of patients suspected of BYS, mostly in the latent stage of disease; group B (n = 10), composed of patients diagnosed with BYS, who had compulsorily erythema migrans and that were symptomatic at the time of blood collection. We also used a control group composed of healthy individuals with negative epidemiology (n = 50). Blood samples were collected, in which we performed serology, cultures, microscopic analysis (optical and electron) and polymerase chain reaction (PCR) for different microorganisms (Mycoplasma spp, Chlamydia spp and Borrelia spp). In addition, a preliminary study was conducted by PCR for Borrelia spp in 47 samples of ticks from risk areas at Espirito Santo State (being 17 Rhipicephalus microplus and 30 Rhipicephalus sanguineus), 27 cattle and 26 horses, being these animals from the Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. The results showed that BYS is not a zoonosis caused by a set of microorganisms as initially thought, but by Borrelia burgdorferi sensu lato. These findings were possible after employing new primers that are able to amplify portions of the main genes involved in the synthesis of the Borrelia flagellar hook protein, called flgE. We confirmed positivity for the flgE in 6 patients from group B, 2 ticks, a cow, and a horse, which showed 99% homology with the gene of Borrelia burgdorferi flagellar hook protein (flgE) deposited in GenBank (L43849). This important discovery, coupled with previous research, helped to define BYS as an emerging zoonosis particular from Brazil, caused by B. burgdorferi of atypical morphologic presentation, transmitted by ticks outside the Ixodes ricinus complex, responsible for clinical signs similar to Lyme disease, except for the high frequency of relapsing symptoms
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
EleniceMantovani.pdf (16.17 Mbytes)
Data de Publicação
2010-11-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.