• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2009.tde-29042009-144238
Documento
Autor
Nome completo
Sandra Aliberti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Sacco, Isabel de Camargo Neves (Presidente)
Serrão, Fábio Viadanna
Tanaka, Clarice
Título em português
Influência da síndrome da dor patelofemural no alinhamento postural dos membros inferiores e na distribuição da pressão plantar durante a marcha e descer escadas
Palavras-chave em português
Biomecânica
Extremidade inferior
Marcha
Postura
Pronação
Síndrome da dor patelofemural
Resumo em português
A síndrome da dor patelofemural é uma das disfunções mais comuns que acometem o joelho, principalmente mulheres jovens fisicamente ativas. No entanto, o tratamento permanece desafiador por carecer de bases científicas que direcionem sua reabilitação. Distúrbios no alinhamento estático e dinâmico dos membros inferiores, como a pronação excessiva do retropé, têm sido associados na clínica e embasados teoricamente como fatores de risco para a disfunção. No entanto, estudos experimentais que embasem esta relação ainda são controversos. O objetivo geral deste estudo foi verificar a influência da síndrome da dor patelofemural no alinhamento postural do retropé e joelho, assim como na distribuição da pressão plantar durante a fase apoio do descer escadas e em três subfases do apoio da marcha. Foram estudados 77 adultos jovens de ambos os sexos, divididos em grupo controle (GC=47) e grupo síndrome da dor patelofemural (GSPF=30). Para responder a questões científicas específicas, foram realizados três experimentos. O experimento 1 teve o objetivo específico de verificar a associação entre a síndrome da dor patelofemural e o alinhamento postural dos membros inferiores (n=77; GC=47,GSPF=30). Para tanto, foram avaliadas três medidas clínicas: o ângulo do retropé, o ângulo Q (fotogrametria digital) e a orientação médiolateral da patela (método adaptado de Mc Connell). O experimento 2 teve como objetivo específico investigar a distribuição da pressão plantar de indivíduos com e sem diagnóstico de síndrome da dor patelofemural durante o descer escadas, e avaliar a dor dos sujeitos com essa disfunção antes e após a tarefa proposta (n=74; GC=44,GSPF=30). Para tanto, avaliouse a distribuição da pressão plantar por meio de palmilhas capacitivas (Pedar X System) na fase de apoio do descer escadas e a dor referida pelos sujeitos pela escala analógica visual de dor antes e depois da tarefa motora. O experimento 3 (n=57; GC=35,GSPF=22) buscou especificamente avaliar a influência da síndrome da dor patelofemural na distribuição da pressão plantar durante o contato inicial, médio-apoio e propulsão da fase de apoio da marcha. Os principais resultados demonstraram que não houve influência da disfunção no alinhamento postural do retropé e joelho. No entanto, durante o descer escadas, a síndrome da dor patelofemural esteve associada à um contato medialmente direcionado no retropé e médio-pé, assim como menores sobrecargas plantares, provavelmente associadas ao aumento significativo da dor relatada pelos sujeitos após a tarefa. Na marcha, os sujeitos com a disfunção realizaram novamente um contato inicial medialmente direcionado no retropé e uma propulsão mais lateralizada no antepé. Os resultados deste estudo mostram que a síndrome da dor patelofemural não esteve relacionada ao alinhamento postural do retropé e joelho, mas influenciou o padrão dinâmico da distribuição da pressão plantar tanto na marcha como no descer escadas. Estes achados confirmam a importância da avaliação dinâmica durante a reabilitação dos indivíduos com esta disfunção.
Título em inglês
Influence of patellofemoral pain syndrome on lower extremity postural alignment and plantar pressure distribution during stair descent and gait
Palavras-chave em inglês
Biomechanics
Gait
Lower extremity
Patellofemoral pain syndrome
Posture
Pronation
Resumo em inglês
Patellofemoral pain syndrome is one of the most common dysfunctions of the knee, particularly among young physically active females. Its treatment remains challenger due to the lack of scientific rationales bases to guide its rehabilitation. Static and dynamic misalignment of the lower extremity, like excessive rearfoot pronation has been clinically and theoretically associated as risk factors for this dysfunction. However, scientific studies to confirm this association are still controversial. The general purpose of this study was to verify the influence of patellofemoral pain syndrome on rearfoot and knee postural alignment as well as on plantar pressure distribution during the stance phase of stair descent and three sub phases of stance gait. 77 young adults of both sexes divided in to control group (GC=47) and patellofemoral pain goup(PFPG=30) were studied. Three experiments were realized in order to respond the specific scientific questions. The experiment 1 had the specific purpose of verify the association between patellofemoral pain syndrome and postural alignment of rearfoot and knee (n=77; CG=47, PFPG=30). Therefore, three clinical measurements were evaluated: rearfoot angle, Q angle (digital photogrammetry) and the medio-lateral orientation of the patella (adapted from McConnell). The experiment 2 aimed specifically to investigate plantar pressure distribution in subjects with and without patellofemoral pain syndrome, during the stair descent, and evaluate the pain referred by the subjects before and after the motor task (n=74;CG=44,PFPG=30), plantar pressure distribution was evaluated with capacitive insoles(Pedar X System) during the stance phase of stair descent as well as the pain referred by the subjects by Visual Analogue Scale before and after the task. The experiment 3 intended specifically to verify the influence of patellofemoral pain syndrome on plantar pressure distribution during initial contact, midstance and propulsion of the gait stance (n=57; GC=35, GSPF=22). The principal results of this study showed that there was no influence of the dysfunction on postural alignment of rearfoot and knee. However, patellofemoral pain syndrome during the stair descent was related to a medially directed contact at the rearfoot and midfoot and lower plantar loads probably due to the increase in pain observed after the task. During gait, the subjects with the dysfunction showed again an initial contact medially directed at the rearfoot and laterally directed propulsion on forefoot. The results of this study show that patellofemoral pain syndrome was not associated to postural alignment but influenced the plantar pressure distribution during gait as well as stair descending task. These findings confirm the importance of the dynamic evaluation of subjects with this dysfunction during their rehabilitation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-05-14
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • ALIBERTI, S., et al. Clinical rearfoot and knee static alignment measurements are not associated with patellofemoral pain syndrome. Fisioterapia e Pesquisa, 2012, vol. 19, p. 45-51.
  • ALIBERTI, S., et al. INFLUENCE OF PATELLOFEMORAL PAIN SYNDROME ON PLANTAR PRESSURE DURING FOOT ROLLOVER PROCESS IN GAIT [doi:10.1590/S1807-59322011000300001]. Clinics (USP. Impresso) [online], 2011, vol. 66, p. 1-6.
  • ALIBERTI, S., et al. Medial Contact and Smaller Plantar Loads Characterize Individuals with Patellofemoral Pain Syndrome during Stair Descent [doi:10.1016/j.ptsp.2009.11.001]. Physical Therapy in Sport [online], 2010, vol. 11, p. 30-34.
  • ALIBERTI, Sandra, et al. Influence of patellofemoral pain syndrome on plantar pressure in the foot rollover process during gait [doi:10.1590/S1807-59322011000300001]. Clinics [online], 2011, vol. 66, n. 3, p. 367-372.
  • ALIBERTI, Sandra, et al. Medial contact and smaller plantar loads characterize individuals with Patellofemoral Pain Syndrome during stair descent [doi:10.1016/j.ptsp.2009.11.001]. Physical Therapy in Sport [online], 2010, vol. 11, n. 1, p. 30-34.
  • SACCO, I. C. N., et al. Confiabilidade da fotogrametria em relação a goniometria para avaliação postural de membros inferiores [doi:10.1590/S1413-35552007000500013]. Revista Brasileira de Fisioterapia [online], 2007, vol. 11, p. 411-417.
  • SACCO, I. C. N., et al. Effect of image resolution manipulation in rearfoot angle measurements obtained with photogrammetry [doi:10.1590/S0100-879X2012000900003]. Brazilian Journal of Medical and Biological Research [online], 2012, vol. 45, p. 806-810.
  • SACCO, I. C. N., et al. Inter and intra-tester reliability of clinical measurement to determine medio-lateral patellar position using a pachymeter or visual assessment [doi:10.1016/j.knee.2009.05.008]. Knee (Oxford) [online], 2010, vol. 17, p. 92-95.
  • ALIBERTI, S., et al. Influence of patellofemoral pain syndrome on plantar pressure distribution during three phases of gait stance. In 7th Progress of Motor Control, Marseille, 2009. Proceedings of Motor Control., 2009. Abstract.
  • ALIBERTI, S., et al. Influência da dor unilateral na distribuição da pressão plantar durante tarefas locomotoras em indivíduos com síndrome da dor patelofemural. In XIII Congresso Brasileiro de Biomecânica, São Paulo, 2009. Anais. : SBB, 2009. Resumo.
  • ALIBERTI, S., et al. Parallel reliability of photogrammetry versus goniometry in postural assesment of lower extremity. In 15th International World Confederation of Physical Therapy (WCPT), Vancouver, 2007. Phsiotherapy., 2007. Abstract.
  • ALIBERTI, S., COSTA, M.S.X., and SACCO, I. C. N. Loads imposed to the painful leg versus the pain free leg during stair descent in patellofemoral pain syndrome. In XI Emed Scientific Meeting, Dundee, 2008. Proceedings., 2008. Abstract.
  • ALIBERTI, S., COSTA, M.S.X., and SACCO, I. C. N. Relationship between plantar pressure and patellofemoral pain syndrome during gait. In XI Emed Scientific Meeting, Dundee, 2008. Proceedings., 2008. Abstract.
  • COSTA, M.S.X., et al. Relação entre pressão plantar, características funcionais e sintomas na síndrome da dor patelofemural. In XVII Congresso Brasileiro de Fisioterapia, São Paulo, 2007. Revista Brasileira de Fisioterapia., 2007. Resumo.
  • YAMATE, G.Y., et al. Influência do tempo de treinamento na mensuração do ângulo de retropé e joelho por meio da fotogrametria. In XVII Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009. Anais do XVII Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo.São Paulo : Pró-reitoria de Pesquisa USP, 2009. Resumo.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.