• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2009.tde-15042009-132353
Documento
Autor
Nome completo
Veronique Agnes Guernet Steiner
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Mansur, Leticia Lessa (Presidente)
Lopes, Marcos Fernando
Nitrini, Ricardo
Título em português
Efeito da idade no monitoramento da fala
Palavras-chave em português
Avaliação
Cognição
Envelhecimento
Linguagem
Monitoramento
Resumo em português
O presente estudo parte do pressuposto de que o envelhecimento saudável cursa com alterações no sistema executivo, expostas principalmente em tarefas que demandam maiores recursos cognitivos. Na fala, essas modificações se exprimem pelo aumento no número de erros produzidos e pelas dificuldades de monitoramento. Analisamos as habilidades de monitoramento da fala em sujeitos saudáveis entre 30 e 79 anos, a fim de verificar o efeito da idade na detecção e reformulação de erros produzidos em enunciados frasais. Além de correlacionar a acurácia do monitor com provas de função executiva, analisamos a participação das três alças de monitoramento: alça conceitual, alças pré-articulatória e pós-articulatória. As habilidades de monitoramento foram avaliadas por meio de uma tarefa não-usual e repetitiva: a descrição de redes visuais. Os dados gerados foram correlacionados com o desempenho em provas de fluência verbal. Os resultados indicam que, apesar dos sujeitos idosos produzirem praticamente o triplo de erros do que os jovens, não se diferenciam destes nos mecanismos de monitoramento, pois detectam e reformulam a mesma porcentagem de erros quando comparados aos jovens. Não foram observadas diferenças entre os grupos etários com relação ao uso das diferentes alças de monitoramento. Os resultados indicam fatores lingüísticos e cognitivos contribuindo para o desempenho eficiente em idosos saudáveis. Observa-se, no entanto, ampliação da heterogeneidade de desempenho, principalmente a partir dos 50 anos de idade, com alguns idosos apresentando, inclusive, melhores pontuações do que os jovens
Título em inglês
Effect of aging on speech monitoring
Palavras-chave em inglês
Aging
Cognition
Evaluation
Language
Monitoring
Resumo em inglês
Normal aging is associated with executive control deficits, displayed mainly in tasks that demand greater cognitive resources. In speech, these modifications can be observed through the increase in the number of produced errors and problems with self-monitoring. We examined speech monitoring abilities in healthy subjects ranging from 30 to 79 years, in order to analyze adult age differences in error detection and self-repair. Beyond correlating the accuracy of the monitor with executive functioning, we analyzed the participation of the three monitoring loops: conceptual loop, prearticulatory and postarticulatory loops. The monitoring abilities were evaluated through a non-usual and repetitive task: the description of visual networks. The generated data were correlated with verbal fluency performance. The results indicate that, although the elderly produced nearly three times more errors than young adults, they are not different from them in the monitoring mechanisms, because they detect and repair the same percentage of errors when compared with the young. Differences among the distinct age groups related to the use of the different monitoring loops have not been observed. The results indicate linguistic and cognitive factors contributing to efficient performance in normal aging. An increase of heterogeneity is however observed, mainly after 50 years old, with some older adults performing as well or better than young adults
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Veroniqueagsteiner.pdf (21.48 Mbytes)
Data de Publicação
2009-05-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.