• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2018.tde-27092018-122111
Documento
Autor
Nome completo
Aline Grandi da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Carvalho, Celso Ricardo Fernandes de (Presidente)
Corso, Simone Dal
Freitas, Patrícia Duarte
Negri, Elnara Márcia
Título em português
Efeitos da perda de peso na hiperinsuflação pulmonar dinâmica em asmáticos obesos
Palavras-chave em português
Adulto
Asma
Hiperinsuflação pulmonar dinâmica
Obesidade
Perda de peso
Resumo em português
Introdução: Adultos obesos com asma apresentam maior ocorrencia e intensidade de hiperinsuflação dinâmica (HD) e limitação do fluxo expiratório (LFE) em comparação aos asmáticos não obesos e a perda de peso parece melhorar a mecânica respiratória durante o exercício. Contudo, desconhece-se, até o momento, estudos que tenham avaliado o efeito da perda de peso na HD em asmáticos obesos. Objetivo: Avaliar o efeito de um programa de perda de peso na hiperinsuflação pulmonar dinâmica em asmáticos obesos. Métodos: Trata-se de um estudo secundário a um ensaio clinico randomizado no qual 42 pacientes com asma moderada ou grave foram previamente submetidos a um programa de perda de peso (dieta e psicologia associados ou não ao treinamento físico, 2vezes/semana, 60 minutos/sessão durante 3 meses). Posteriormente, foram divididos em 2 grupos de acordo com a % da perda de peso: (grupo >= 5%, n=19) e (grupo < 5%, n=23). Antes e após as intervenções, foram avaliados a HD e a LFE (exercício com carga constante) assim como os fatores de saúde relacionados a qualidade de vida (FSRQV), o controle da asma, a força e endurance muscular de quadríceps, a composição corporal e a função pulmonar. A comparação entre os dados categóricos foi realizada pelo teste qui-quadrado e entre os dados numéricos pela ANOVA de dois fatores com medidas repetidas. A associação entre a perda de peso e a melhora da HD foi analisada pelo teste de Correlação de Pearson. O nível de significância estatística foi ajustado para 5% (p <= 0,05). Resultados: O grupo >= 5% apresentou redução clinicamente significante da HD em relação ao grupo < 5% pós intervenção (-9,1 ± 14,5% vs. -12,5 ± 13,5%, respectivamente), que foi acompanhado por um retardo significante no tempo de inicio da HD e LFE. Além disso, o grupo >= 5% obteve melhora clinicamente significativa nos FSRQV e no controle da asma. Também foi observado uma correlação entre a redução da circunferência da cintura e o aumento da CI (r = -0,45, p = 0,05) no grupo >= 5%. Não foi encontrada diferença nos volumes pulmonares avaliados. Conclusão: A perda de peso moderada ( >= 5% do peso corporal), principalmente na presença da diminuição da circunferência da cintura, melhora a HD em adultos obesos com asma. Além disso, o grupo que perdeu mais peso também retardou o tempo de início da HD e da LFE durante a progressão do exercício, apresentando melhora nos FSRQV e controle clínico da asma
Título em inglês
Effects of weight loss on dynamic hyperinflation in obese astmatics
Palavras-chave em inglês
Adult
Asthma
Dynamic hyperinflation
Obesity
Weight loss
Resumo em inglês
Rationale: Obese adults with asthma develop dynamic hyperinflation (DH) and expiratory flow limitation (EFL) more likely than no obese asthmatics and weight loss seems to improve the breathing mechanic during exercise. However, studies to evaluate the effect of weight loss on DH in obese asthmatics are unknown. Objective: To evaluate the effect of a weight loss program on dynamic pulmonary hyperinflation in obese asthmatics. Methods: This was a secondary study of a randomized clinical trial in which 42 subjects with moderate or severe asthma previously participated in a weight loss program (diet and psychology associated or not with physical training, 2x/ week, 60 min/ session for 3 months). Posteriorly, they were divided into 2 groups according to %weight loss: (group >= 5%, n = 19) and (group < 5%, n = 23). Before and after the intervention, DH and EFL (constant load exercise), health-related quality of life (HRQoL), asthma control, quadriceps muscle strength and endurance, body composition and lung function were assessed. The comparison between the categorical data was performed using the chi-square test and between the numerical data by two-way ANOVA with repeated measures. The association between weight loss and DH improvement was analyzed by the Pearson's correlation test. The level of statistical significance was adjusted to 5% (p <= 0.05). Results: Group >= 5% presented a clinically significant reduction of DH compared to group < 5% post intervention (-9.1±14.5% vs. - 12.5±13.5%, respectively), that was following by a significant delay at the onset time for both DH and EFL. Besides, group >= 5% obtained clinically significant improvement in the HRQoL and asthma control. Furthermore, was observed a correlation between reduction waist circumference and increased IC (r=-0.45, p=0.05) in the group >= 5%. No difference was found in the lung volumes evaluated. Conclusion: A moderate weight loss ( >= 5% body weight) mainly with the decrease in waist circumference can improved DH in obese adults with asthma. In addition the greater weight loss group also delayed the onset time of DH and EFL during the progression of the exercise and presented an improvement in the asthma clinical control and in the HRQoL
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-09-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.