• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2018.tde-27092018-085854
Documento
Autor
Nome completo
Marília Simões Lopes Quintana
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Greve, Julia Maria D Andrea (Presidente)
Alonso, Angelica Castilho
Leyton, Vilma
Tanaka, Clarice
Título em português
Correlação dos parâmetros do equilíbrio sagital da coluna e pelve (sistema Keops) com as variáveis posturais da biofotogrametria (sistema SAPO) em adultos jovens
Palavras-chave em português
Avaliação postural
Equilíbrio postural
Pelve (fisiologia)
Postura
Software
Resumo em português
A postura bípede reduz a área de apoio e demanda a atuação de um sistema de controle para manter o equilíbrio e a orientação dos segmentos corpóreos. A avaliação postural é muito importante nas intervenções fisioterapêuticas e a busca de sistemas confiáveis para avaliar a postura tem sido uma constante dentro da área. Nesta linha, a avaliação do equilíbrio sagital dado pela relação entre coluna lombar e pelve e pelo ângulo de incidência pélvica (IPE) tem sido usado para as alterações da coluna vertebral. Objetivo: fazer a mensuração dos parâmetros posturais pelo programa de avaliação postural (SAPO) e do equilíbrio sagital pelo programa Keops e fazer a correlação entre eles. Metodologia: foram avaliados 80 indivíduos saudáveis de ambos os sexos com idade entre 20 e 35 anos. Foi feita a biofotogrametria (marcação dos pontos anatômicos do indivíduo e fotografias com os marcadores) do programa SAPO. Foram utilizadas as variáveis obtidas nas vistas lateral esquerda e direita. As medidas dos parâmetros do equilíbrio sagital (ângulo de incidência pélvica é o mais relevante) foram obtidas pela análise de uma radiografia panorâmica em perfil da coluna vertebral, na qual se fazia a marcação digital de pontos anatômicos de referência. O cálculo dos ângulos era feito de forma automática pelo programa Keops. Resultados: pela avaliação do programa Keops: 17,5% dos indivíduos tinham ângulos de incidência pélvica altos ( > 60o), 51,2% tinham ângulos incidência pélvica médios (46-59o) e 31,5% tinham ângulos de incidência pélvica baixos ( < 45o). O SAPO mostrou 12,5% de lordose, 40% de retificação e 47,5% com curvatura normal. Na vista lateral direita, o ângulo de incidência pélvica teve correlação moderada e positiva com o alinhamento vertical do tronco e com o alinhamento vertical do corpo e negativa e moderada com o alinhamento horizontal da pelve. Na vista lateral esquerda o ângulo de incidência pélvica teve correlação fraca e negativa com o alinhamento horizontal da pelve. Não houve correlação entre os parâmetros avaliados pelo programa
Título em inglês
Keops Correlation of the parameters of the sagittal balance of the spine and pelvis (Keops system) with postural variables of biophotogrammetry (SAPO system) in young adults
Palavras-chave em inglês
Pelvis (physiology)
Postural balance
Postural evaluation
Posture
Software
Resumo em inglês
Bipedal stance raises the center of mass, reduces the support area, and demands action of the postural control system, which maintains balance and orientation of body segments. Postural alterations may affect the control system, causing pain and motor dysfunctions. Postural assessment is fundamental for therapy recommendation, and some parameters related to the sagittal balance of the lumbar spine and pelvis, like the pelvic incidence angle (PI), have been studied in alterations of the spine. The goal of this study is to assess and look for correlations between postural measurements, with photographs marked in anatomical points, through the Postural Assessment Program (SAPO), and radiographic assessment of the spine to analyze the pelvic incidence angle (PI), using of the computer software Keops. Casuistry and methods: eighty-one healthy individuals of both sexes, aged between twenty and thirty-five were evaluated. Results: in the Keops assessment, 17.5 % of the sample had high pelvic incidence angles ( > 60o), 31.5 % had low pelvic incidence angles ( < 45o), and 51.2 % had medium pelvic incidence angles (between 46o and 59o). SAPO showed 12,5% of lordosis , 40% of retroversion and 47,5% normal curvature.In the right lateral view, the pelvic incidence angle had a moderate and positive correlation with the vertical alignment of the trunk and with the vertical alignment of the body and negative and moderate with the horizontal alignment of the pelvis. In the left lateral view the pelvic incidence angle had a weak and negative correlation with the horizontal alignment of the pelvis. There was no correlation between the parameters evaluated by the Keops program
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-09-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.