• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2018.tde-12062018-133552
Documento
Autor
Nome completo
Glenda Dias dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Nunes, Paula Villela (Presidente)
Batistoni, Samila Sathler Tavares
Borges, Sheila de Melo
Busse, Alexandre Leopold
Título em português
Transtorno bipolar e doença de Alzheimer em idosos: impacto na vida dos cuidadores
Palavras-chave em português
Cuidadores
Doença de Alzheimer
Idosos
Transtorno bipolar
Resumo em português
Os cuidadores são elementos essenciais na prestação dos cuidados de saúde, especialmente em situações de doenças crônicas e incapacitantes. Sobrecarga experimentada por cuidadores de pacientes com transtorno bipolar (TB) é pouco estudada em comparação a outras doenças, como a doença de Alzheimer (DA). O objetivo desse estudo é comparar a sobrecarga, desgaste emocional e os fatores associados em cuidadores de idosos com TB e DA. Trata-se de um estudo transversal, do tipo quanti-qualitativo, que avaliou 75 cuidadores e seus respectivos pacientes (36 com TB e 39 com DA). Para avaliação dos cuidadores foi utilizado o Inventário de Sobrecarga de Zarit (ZBI), o Inventário Neuropsiquiátrico de Desgaste do Cuidador (NPI-D) e uma entrevista semiestruturada interpretada pelo Discurso do Sujeito Coletivo. As questões norteadoras da entrevista foram: Como você se sente cuidando do seu familiar? Quais são as suas maiores dificuldades em relação ao cuidado prestado ao paciente? Os cuidadores também foram avaliados em relação aos sintomas depressivos e ansiosos, saúde global e qualidade de vida. Os pacientes foram avaliados nos aspectos cognitivos, funcionalidade, saúde global, qualidade de vida e sintomas depressivos, ansiosos e neuropsiquiátricos. Os resultados indicaram que os cuidadores de pacientes com TB apresentaram níveis semelhantes em relação aos cuidadores de DA na ZBI (p=0,097) e níveis mais altos no NPI-D (p=0,019). Em ambos os grupos, o ZBI foi correlacionado com o declínio funcional do paciente, maior número de tarefas do cuidador para o paciente, a presença de sintomas depressivos e ansiosos do próprio cuidador, consequentemente, uma pior qualidade de vida (r > 0,3; p < 0,05). O NPI-D relacionou-se com os sintomas neuropsiquiátricos dos pacientes em ambos os grupos (p < 0,001). A percepção dos cuidadores TB em relação ao cuidado esteve associada aos sentimentos positivos de gratidão, bem-estar e orgulho; sentimentos negativos como cansaço, obrigação e insegurança; e ao sentimento de conformismo. Quanto às dificuldades no cuidado com o paciente, os cuidadores TB referiram alterações do humor; tarefas de higiene corporal; falta de apoio familiar; falta de tempo, paciência e dinheiro. Conclui-se que a avaliação da funcionalidade e dos sintomas neuropsiquiátricos do paciente idoso com TB podem trazer benefícios para os profissionais, assim como a inclusão da avaliação da sobrecarga e do desgaste emocional dos cuidadores. Nossos resultados apontam para a necessidade de cuidar da saúde do cuidador, por meio de intervenções psicossociais, assistência médica e psicológica e o estabelecimento de redes de apoio a cuidadores na comunidade
Título em inglês
Bipolar disorder and Alzheimer's disease in the elderly: impact on caregivers' life
Palavras-chave em inglês
Aged
Alzheimer disease
Bipolar disorder
Caregivers
Resumo em inglês
Caregivers are essential elements in the health care, especially in situations of chronic diseases. Burden experienced by caregivers of patients with bipolar disorder (BD) is little studied compared to other diseases, such as Alzheimer's disease (AD). The objective of this study is to compare the caregiver burden, distress and associated factors in caregivers of the elderly with BD and AD. This is a cross-sectional study, quantitative-qualitative research that evaluated 75 caregivers and their respective patients (36 with BD and 39 with AD). The Zarit Burden Inventory (ZBI), Neuropsychiatric Inventory - Distress (NPI-D) and a semi-structured interview interpreted by the Collective Subject Discourse were used to assess the burden of the caregivers .The guiding questions of the interview were: How do you feel about taking care of your family member? What are your greatest difficulties in relation to the care given to the patient? Caregivers were also evaluated for depressive and anxious symptoms, global health, and quality of life. Patients were assessed on cognitive aspects, functionality, global health, quality of life, and depressive, anxious, and neuropsychiatric symptoms. The results indicated that caregivers of BD patients experienced similar levels of burden (p=0.097) and higher levels of distress (p=0.019) as did caregivers of AD patients. In both groups, the ZBI was associated with impairment in patient's functionality, number of tasks completed for the patient, caregiver depression and anxiety consequently poor quality of life(r > 0.3; < 0.05). NPI-D was associated with the neuropsychiatric symptoms of patients in both groups (p < 0.001). BD caregivers' perception of care has been associated with positive feelings of gratitude, well-being, and satisfaction; negative feelings such as tiredness, obligation and insecurity; and the feeling of conformity. Regarding the difficulties in patient care, the BD caregivers reported mood alterations; body hygiene tasks; lack of family support, time, patience and money. It is concluded that the evaluation of the neuropsychiatric functionality and neuropsychiatric symptoms of the elderly patient with BD can bring benefits to the professionals, as well as the inclusion of the evaluation of the caregiver burden and the distress of the caregivers. Our results point to the need to take care of the health of the caregiver, through psychosocial interventions, medical and psychological assistance, and the establishment of networks to support caregivers in the community
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
GDdosSantosOriginal.pdf (924.99 Kbytes)
Data de Publicação
2018-06-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.