• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2009.tde-03062009-091219
Documento
Autor
Nome completo
Mariana Natal de Castro Meira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Vieira, Joaquim Edson (Presidente)
Benseñor, Fabio Ely Martins
Lichtenstein, Arnaldo
Título em português
Avaliação por tomografia computadorizada do acometimento pulmonar no pós-parto imediato
Palavras-chave em português
Atelectasia
Período pós parto
Tomografia computadorizada espiral
Resumo em português
Durante a gravidez o sistema respiratório sofre modificações. Além da elevação do diafragma, provavelmente secundária ao aumento do volume uterino, estudos indicaram que, com a progressão da gestação algumas mudanças em volumes e capacidades pulmonares ocorrem como redução na capacidade residual funcional, volume de reserva expiratório, volume corrente e da capacidade inspiratória. Uma das hipóteses para explicar esses achados é que a elevação do diafragma pode causar colapso pulmonar, que pode ser pior em mulheres que realizaram parto cesariana (PC), quando comparadas as que tiveram parto vaginal (PV). Este estudo avaliou 20 mulheres, 2 a 5 horas após o parto em um Hospital Universitário. Após a obtenção do consentimento livre e esclarecido, 20 mulheres saudáveis, não-fumantes, onde 10 mulheres haviam realizado PV e 10 haviam realizado PC, após o parto foram submetidos à tomografia computadorizada torácica. A imagem foi analisada por um sistema de software (Osíris). A média de atenuação de cada fatia foi expresso em unidades Hounsfield (UH) e medido o percentual da área de colapso pulmonar (em g%). No grupo PV a média foi de -841,90 UH e 3,95 g%, enquanto que no grupo PC a média foi de -765,95 UH e 14,1g%. Estes resultados sugerem que as mulheres submetidas ao PC têm maior área de colapso pulmonar comparado com mulheres submetidas ao PV
Título em inglês
An analysis of pulmonary distress after immediate childbirth through the use of computerized tomography
Palavras-chave em inglês
Atelectasis
Postpartum period
Tomography spiral computed
Resumo em inglês
During pregnancy the respiratory system undergoes several modifications. Besides the elevation of diaphragm, probably secondary to the increase in uterine volume, studies indicated that with the progression of the gestation some changes in pulmonary volumes and capacities occur, as a reduction in Functional Residual Capacity, Expiratory Reserve Volume, Tidal Volume and Inspiratory Capacity. One of the hypotheses to explain these findings is that the elevation of diaphragm may cause pulmonary collapse, which may be worse in women who underwent a cesarean section when compared to those who had vaginal delivery. This paper evaluates 20 women, 2 to 5 hours after delivery in a University Hospital. After getting informed consent, 20 healthy non-smoking women, 10 who underwent vaginal delivery (VD) and 10 who underwent a cesarean section (CS), were submitted to a chest computed tomography. The images of two different basal lung levels were analyzed by means of a software system (Osiris). The mean attenuation value of each slice in Hounsfield Units (UH) were measured and the percentage area of collapsed lung (in g%) was calculated. In the VD group the mean attenuation was - 841.90 UH and the collapsed area was 3.95 g%, while in the CS group the mean attenuation was -765.95 UH and the collapsed area was 14.1 g%. These results suggested that women who underwent a cesarean section have more collapse at basal lung levels than women who had a vaginal delivery
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
marianandecmeira.pdf (13.81 Mbytes)
Data de Publicação
2009-06-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.