• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2011.tde-17012013-143803
Documento
Autor
Nome completo
Alexandre Garcia de Lima
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Jatene, Fabio Biscegli (Presidente)
Campos, José Ribas Milanez de
Losso, Luis Carlos
Menezes, Fábio Husemann
Mussi, Ricardo Kalaf
Título em português
Estudo dos efeitos da sazonalidade sobre os resultados operatórios e grau de satisfação após simpatectomia videotoracoscópica e do desempenho dos métodos de expansão pulmonar empregados
Palavras-chave em português
Cuidados pós-operatórios
Dor
Hiperidose
Período pós-operatório
Pneumotórax
Simpatectomia/efeitos adversos
Variações sazonais
Resumo em português
INTRODUÇÃO: A simpatectomia é o tratamento de escolha para hiperidrose localizada primária. A evolução da técnica visa à melhora dos resultados operatórios e à minimização dos efeitos colaterais, sendo o principal deles o suor reflexo. Esse suor reflexo pode afetar a satisfação em longo prazo, e pode variar conforme as estações do ano, juntamente com a satisfação dos pacientes com os resultados da operação. No entanto, não há dados objetivos quanto ao efeito da sazonalidade sobre os resultados operatórios e sobre os fatores relacionados à satisfação. Os objetivos do presente estudo são: avaliação da variabilidade sazonal sobre o grau das resoluções da sudorese palmar e plantar, bem como a incidência e a intensidade do suor reflexo e análise da influência desses fatores sobre a satisfação; avaliação da dor como fator relacionado à satisfação imediata; avaliação da segurança dos métodos de expansão pulmonar pós-operatória com e sem drenagem pleural e relação dos mesmos à dor. MÉTODOS: Estudo clínico, prospectivo, em duas fases. A primeira, para avaliação de fatores imediatos relacionados à satisfação (fatores antropométricos, dor, presença e intensidade do suor reflexo, grau de resolução da sudorese palma r e plantar, época do ano em que a simpatectomia foi realizada) e segurança dos métodos de expansão pulmonar, cujo desenho é prospectivo, aleatorizado e cego. A segunda, para as avaliações tardias e sazonais dos fatores relacionados à satisfação (fatores antropométricos, presença e intensidade do suor reflexo, grau de resolução da sudorese palmar e plantar), possui desenho prospectivo de coorte. Foram eleitos para o estudo pacientes com hiperidrose palmo-plantar primária submetidos à simpatectomia torácica videoassistida; o período de inclusão foi de 16 meses e o seguimento médio final de 623,63 ± 15,13 dias. Foram então avaliados no período de hospitalização (avaliação da dor, método de expansão pulmonar e do pneumotórax residual) e no sétimo dia de pós-operatório (dor, resultados operatórios e satisfação). Então, tardiamente, na primavera, no verão e no outono/inverno (resultados operatórios e satisfação). Foram considerados resultados operatórios os graus de resolução palmar e plantar e a presença e a intensidade do suor reflexo. Foram estudadas como variáveis independentes relacionadas à satisfação a época do ano onde a simpatectomia foi feita, a dor, os graus de resolução palmar e plantar, presença e intensidade do suor reflexo e fatores antropométricos, a saber, idade, gênero, etnia, índice de massa corporal. RESULTADOS: Foram incluídos 82 pacientes consecutivos, sendo que 80 completaram o seguimento imediato e 75 completaram todo o seguimento. Os resultados operatórios (resolução palmar e plantar, presença e intensidade do suor compensatório) tiveram variação entre todas as estações do ano. A satisfação teve igual variação sazonal e os fatores que estiveram relacionados à queda da satisfação foram distintos, conforme a estação do ano. A drenagem pleural tubular fechada e a expansão com Valsalva foram igualmente eficientes quanto à presença de pneumotórax residual, porém a drenagem pleural em selo d'água aumentou o tempo cirúrgico e a dor pós-operatória nas primeiras 12 horas; o pneumotórax residual não aumentou a dor. CONCLUSÕES: OS melhores resultados operatórios foram obtidos imediatamente e na primavera, os piores no verão e em nível intermediário no outono/inverno. Na primavera, o único parâmetro relacionado à queda na satisfação foi a não resolução plantar; já no verão e no outono/inverno, foi a presença do suor reflexo, indepedente da sua intensidade. A drenagem pleural tubular fechada teve desempenho inferior à expansão pulmonar sob visão direta com manobra de Valsalva. O pneumotórax residual não influenciou a intensidade dor pós-operatória.
Título em inglês
Influence of seasonal variations over the surgical results and factors related to satisfaction after thoracic sympathectomy and the efficacy of the lung expansion methods
Palavras-chave em inglês
Hyperhiorosis
Pain
Pneumothorax
Postoperative care
Postoperative period
Seasonal variations
Sympathectomy
Sympathectomy/side effects
Resumo em inglês
INTRODUCTION: Sympathectomy is the treatment of choice for primary and localized hyperhidrosis. Efforts in evolution of this technique have the aim to improve the surgical results and minimizing the collateral effects, witch told to be the sudomotor reflex. This sudomotor reflex could influence the long term satisfaction; it also could change between the seasons of the year, as well as the satisfaction could change in this matter. However, there is no objective data regarding the influence of the seasonality over the surgical results and satisfaction. The objectives of this study is to assess the seasonal variability of palmar and plantar resolution, as well as the incidence of sudomotor reflex and its intensity; to correlate this factors with satisfaction. To evaluate the pain as a factor related to immediate satisfaction; to assess the safety of lung expansion methods and relate this with postoperative pain. METHODS: A two stage prospective clinical assay. The first stage consists of assessment of the immediate factors related to satisfaction (anthropometrics factors, pain, presence and intensity of the sudomotor reflex, palmar and plantar resolutions, season of the year in witch the operation was performed) and the safety of lung expansion methods; it is a prospective, randomized and blinded study. The second stage is a cohort study, assessing the late factors related to satisfaction (anthropometrics factors, presence and intensity of the sudomotor reflex and palmar and plantar resolutions), under distinct climatic situations. There were included patients with typical palmar and plantar primary hyperhidrosis treated by thoracic video-assisted sympathectomy; the inclusion period was 16 months and the final follow-up time was 623 ± 15,13 days in average. They were assessed in hospital stay (pain, lung expansion technique and residual pneumothorax) and at seventh postoperative day (pain, surgical results and satisfaction). Thereafter they were assessed in spring, summer and autumn/winter (surgical results and satisfaction). The surgical results were palmar and plantar resolutions and presence and intensity of the sudomotor reflex. The independent variables related to satisfaction were season of the year in that the sympathectomy was performed, pain, palmar and plantar resolutions, sudomotor reflex (presence and intensity) and anthropometric parameters (age, gender, ethnics, body mass index). RE8UL T8: 82 consecutives patients were included; thereafter, 80 completed the immediate assess and 75 completed the long term follow-up. The surgical results (palmar and plantar resolutions, presence and intensity of the sudomotor reflex) had significant variation throughout the seasons of the year. Equally, the satisfaction had significant variation, as well as the factor related to dissatisfaction, throughout the seasons of the year. The underwater pleural drainage and the lung expansion with Valsalva maneuver were equally efficient in matter of residual pneumothorax; however the underwater pleural drainage was more painful and more operating time consuming; the residual pneumothorax do not increased the postoperative pain. CONCLUSIONS: The best results are obtained in immediate postoperative period and in spring; the worst results are seen in spring; the intermediate results are obtained in autumn/winter. In the spring, the unique factor related to dissatisfaction was the non resolution of plantar hyperhidrotic symptoms; in the summer and in the autumn/winter the presence of the sudomotor reflex, independently of its intensity, was related to dissatisfaction. The underwater pleural drainage should not be indicating after thoracic video-assisted sympathectomy for lung expansion. The residual pneumothorax does not influence the postoperative pain.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-01-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.