• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Belmiro José Matos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Kowalski, Luiz Paulo (Presidente)
Alonso, Nivaldo
Carvalho, Marcos Brasilino de
Magrim, Jose
Montenegro, Fábio Luiz de Menezes
Título em português
Resultados tardios do retalho miocutâneo de platisma para reconstrução em pacientes com câncer de cabeça e pescoço
Palavras-chave em português
Neoplasias de cabeça e pescoço
Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos
Resultado do tratamento
Retalho miocutâneo
Resumo em português
INTRODUÇÃO: As ressecções oncológicas da cavidade oral, orofaringe, hipofaringe e laringe, que têm como objetivo a extirpação completa do tumor com margens de segurança, podem determinar grandes defeitos anatômicos tridimensionais e que afetam funções nobres, entre elas a deglutição, a fala e a respiração. Entre as alternativas de reconstrução o retalho miocutâneo de platisma (RMP) pode ser empregado, dada sua versatilidade e facilidade de execução técnica, com a vantagem de ser menos espesso que os outros retalhos miocutâneos e adaptar-se melhor a uma série de condições clínicas. O objetivo deste trabalho foi estudar os resultados do RMP empregado nas reconstruções após ressecções oncológicas de tumores da cavidade oral, orofaringe, hipofaringe e laringe do ponto de vista funcional e complicações. CASUÍSTICA E MÉTODO: Estudo retrospectivo, aprovado pelo CEP-FMUSP.O banco de dados utilizado é constituído de pacientes matriculados no ambulatório do Hospital Santa Marcelina (Serviço de Cirurgia de Cabeça e Pescoço), com o diagnóstico de neoplasias malignas de boca, orofaringe, hipofaringe e laringe, sendo critério de inclusão todos aqueles que foram operados e reconstruídos com o RMP de pedículo superior e de exclusão aqueles submetidos a outro tipo de reconstrução ou tratamento oncológico, o diagnóstico foi sempre confirmado com biópsia prévia e o estadiamento clínico, TNM, Classificação de Tumores Malignos, seguiu a padronização da União Internacional Contra o Câncer. Foram operados 250 casos de tumores malignos de cabeça e pescoço no período de janeiro de 1990 a dezembro de 2015, todos reconstruídos com o RMP. Destes 184 casos eram elegíveis para o presente estudo. A técnica utilizada para a reconstrução foi o RMP com pedículo superior. A avaliação funcional da reconstrução pelo retalho foi realizada para a respiração, deglutição, aspiração e comunicação. RESULTADOS: Dos 184 casos, 90,2% eram do estádio III e IVA. A dieta ficou normal em 153 (83,1%) dos pacientes, 29(15,8%) ficaram com dieta pastosa e líquida e 2(1,1%) somente com dieta liquida, 146(79,3%) dos casos ficaram com voz laríngea e 38(20,7) com outro tipo de voz. A aspiração da dieta ocorreu em 60,5% dos pacientes e 39,5% não tiveram. Os tumores da base de língua tiveram aspiração em 40,4% dos casos, nos primeiros 7 a 15 dias comparado com outras regiões (p < 0,001). Os pacientes com tumores da hipofaringe tiveram aspiração moderada e os da cavidade oral tiveram a taxa mais baixa. Necroses parciais ocorreram em 10 (4,5%) e foram mais frequentes na cavidade oral 6(3,3%) dos casos. As fístulas ocorreram em 15(8,1%) dos pacientes, a mais alta incidência ocorreu na hipofaringe com 8(4,3%) dos casos. CONCLUSÕES: A reabilitação funcional quanto à deglutição, aspiração, respiração e comunicação foi efetiva, a maioria dos pacientes ficaram com dieta normal por via oral. O RMP mostrou-se um procedimento cirúrgico seguro com índices de complicações baixos, mesmo em pacientes de estádios oncológicos avançados
Título em inglês
Late results of platysma myocutaneous flap for reconstruction in patients with head and neck cancer
Palavras-chave em inglês
Head and neck neoplasms
Myocutaneous flap
Reconstructive surgical procedures
Treatment outcome
Resumo em inglês
INTRODUCTION: Oncological resections of the oral cavity, oropharynx, hypopharynx and larynx, which aim at the complete removal of the tumor with safety margins, can determine large anatomical defects in three dimensions and affect noble functions, such as swallowing, speech and breathing. Among the alternatives of reconstruction, the platysma myocutaneous flap (PMF) have been employed given its versatility and ease of technical execution with the advantage of being less thick than the other myocutaneous flaps, making it better for adaptation in a series of clinical conditions. To study the results of PMF used in reconstructions after resections of tumors of oral cavity, oropharynx and hypopharynx from a functional point of view as well as its possible complications. PATIENTS AND METHOD: Retrospective study of patients enrolled in the outpatient clinic of Santa Marcelina Hospital (Department of Head and Neck Surgery), with the diagnosis of malignant neoplasms of the oral cavity, oropharynx, hypopharynx an larynx, being inclusion criteria all those that were operated and reconstructed with RMP. The diagnosis was always confirmed by previous biopsy and clinical staging TNM, followed the standardization of the UICC, There were 250 cases of malignant head and neck tumors from January 1990 to December 2015. Of these, 184 cases were eligible for the present study. The reconstructive technique used was PMF with superior pedicle and the functional evaluation was performed for breathing, swallowing, aspiration and communication Project approved by the Research Ethics Committee of the Faculty of Medicine of the University of São Paulo. RESULTS: From 184 cases operated, 90.2% of the cases were stage III and IVa. The diet was normal in 153 (83.1%) of the patients, 29 (15.8%) had a pasty and liquid diet and 2 (1.1%) had a liquid diet. As for the type of speech: 146 (79.3%), another type of speech 38 (20.7%) had laryngeal voice. The postoperative diet aspiration occurred in 60.5% and did not have aspiration 39.5 % of cases. Tumors of the tongue base when compared to other regions had aspiration in 40.3% in the first 7 to 15 days. Those of the hypopharynx had intermediate aspiration and those of the mouth had the lowest aspiration. Partial necrosis occurred in 10 (4.5%) and total 6 (3.3%) were more frequent in the oral cavity. We had a total of 15 (8.1%) fistulas, the highest incidence occurred in the hypopharynx in 8 (4.3%). CONCLUSIONS: Functional rehabilitation was effective regarding swallowing, breathing and communication, most of the patients were on a normal oral diet. PMF has shown to be a safe technique with low complications rates, even in patients with advanced oncologic stages
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
BJMatosOriginal.pdf (7.45 Mbytes)
Data de Publicação
2018-01-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.