• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2006.tde-16102006-100212
Documento
Autor
Nome completo
Fernanda de Azevêdo Sanfront
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Teixeira, Magaly Gemio (Presidente)
Capelhuchnik, Peretz
Kiss, Desiderio Roberto
Título em português
"Resultados das anastomoses término-terminais e látero-laterais no tratamento da enterite de Crohn"
Palavras-chave em português
Anastomose cirúrgica
Constrição patológica
Doença de crohn/cirurgia
Recidiva
Resumo em português
O interesse pela doença de Crohn tem aumentado progressivamente em nosso país.Muitas publicações têm surgido na área nos últimos anos. O tratamento inicial é clínico, mas a maioria dos doentes precisa de tratamento cirúrgico ao longo da evolução. Mais de 70% dos pacientes com doença de Crohn serão operados durante o curso da doença. A recorrência sintomática ou não da doença de Crohn na anastomose íleo-cólica tem levado diversos autores a tentar novas técnicas cirúrgicas com o objetivo de retardá-la ou previni-la. Taxas de reoperação de 40% em cinco anos e 55% em dez anos já foram publicadas. O tipo de técnica cirúrgica utilizada e a sua relação com a recorrência na anastomose após ressecção ileal ou ileocolônica é, portanto, um tópico de grande importância quando se trata a doença de Crohn. Considerando-se a importância da recidiva na qualidade de vida dos pacientes com Doença de Crohn, julgamos oportuno avaliar e comparar a taxa de recorrência da doença de Crohn e a morbidade das anastomoses látero-laterais em relação às termino-terminais em pacientes com acometimento da doença em íleo terminal. Foram revisados prontuários cujos dados foram coletados prospectivamente no ambulatório de doenças inflamatórias no período de setembro de 1984 a março de 2004. Apenas os pacientes com diagnóstico de doença de Crohn em intestino delgado exclusivamente ou associada a manifestação em intestino grosso que foram submetidos a enterectomia ou a ressecção de intestino delgado e cólon direito em algum momento do tratamento foram incluídos na pesquisa (total de 141 pacientes e 185 procedimentos analisados-média de 1,65 por paciente). A indicação cirúrgica mais frequente foi por intratabilidade clínica, seguida por fístula intestinal, das quais a mais frequente foi a enterocutânea.Em 185 procedimentos realizados,101 foram seguidos de anastomose látero-lateral mecânica e 84 seguidos de término-terminal manual. Das cirurgias realizadas, a mais frequente foi a enterectomia associada a ressecção de colon direito.As complicações foram divididas em precoces e tardias.A complicação precoce mais frequente foi deiscência de anastomose.A taxa global de complicações foi de 15,1%.Dos 84 procedimentos com anastomose término-terminal realizados, 40 recidivaram(47,6%), com um intervalo médio de cinco anos entre o procedimento inicial que deu origem à recidiva e o procedimento de correção. Entre os 101 procedimentos realizados com anastomose látero-lateral, apenas seis pacientes foram reoperados, num intervalo médio de três anos, e nenhum deles foi por complicação junto à anastomose látero-lateral. Concluímos portanto, que a enterectomia seguida de anastomose láterolateral mecânica deve se constituir na técnica cirúrgica de eleição, por determinar número de reoperação por Doença de Crohn sintomática significativamente menor que as anastomoses término-terminais.
Título em inglês
Results of Wide lúmen stapled anastomosis and end-to-end anastomosis for the treatment of ileal Crohn’s disease
Palavras-chave em inglês
Anastomosis surgical
Constriction pathologic
Crohn disease/surgery
Recurrence
Resumo em inglês
Around 70% of patients with ileal Crohn´s disease will be submeted to a surgical procedure during their lives. This study compares the recurrence rates and morbidity between surgeries followed by a wide-lumen stapled anastomosis and conventional endto-end anastomosis. We studied 185 surgical procedures in a retrospective analyses. There were 84 procedures followed by an end-to-end anastomosis and the recurrence rate was 47,6%.Among the 101 wide-lumen stapled anastomosis procedures, only 6 patients had to be submeted to a new surgery. We conclude that the enterectomy followed by a wide-lumen stapled anastomosis is the gold standard surgery for patients with ileal Crohn´s disease.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
fernandasanfrontfim.pdf (581.39 Kbytes)
Data de Publicação
2006-10-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.