• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2018.tde-31102018-113311
Documento
Autor
Nome completo
Lisley Keller Liidtke Cintra
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Gomes, Cristiano Mendes (Presidente)
Battistella, Linamara Rizzo
Hisano, Marcelo
Santos, Vera Lucia Conceicao de Gouveia
Título em português
Adaptação cultural e validação do questionário de sintomas neurogenic bladder symptom score para o português
Palavras-chave em português
Avaliação de processos e resultados (cuidados de saúde)
Bexiga urinária neurogênica
Estudos de validação
Incontinência urinária
Inquéritos e questionários
Qualidade de vida
Tradução
Resumo em português
INTRODUÇÃO: Há pouco tempo atrás não havia ferramenta específica para avaliar os sintomas do trato urinário inferior de pacientes com doenças neurológicas. Diversos instrumentos foram desenvolvidos e recomendados para avaliação de sintomas urinários em pacientes com disfunção do trato urinário inferior, porém, por não captarem a especificidade da bexiga neurogênica, apresentam perguntas inaplicáveis ou insuficientes para avaliar os sintomas desta população. Em 2014 foi introduzido o Neurogenic Bladder Symptom Score (NBSS) específico para pacientes com diagnóstico de bexiga neurogênica. Contém questões sobre incontinência urinária, sintomas e métodos de esvaziamento vesical, complicações associadas à disfunção miccional e qualidade de vida. OBJETIVO: este estudo se propôs a realizar a adaptação cultural e validação do questionário de sintomas NBSS para o português do Brasil. MÉTODOS: O questionário de sintomas foi adaptado culturalmente conforme diretrizes internacionais, seguindo os passos de: tradução, harmonização, retrotradução, revisão do comitê de especialistas, e teste da versão pré-final. A versão adaptada para o Brasil foi aplicada em pacientes com diagnóstico de bexiga neurogênica por lesão medular ou esclerose múltipla, que compareceram para consultas médicas com fisiatra ou urologista. Os mesmos pacientes responderam novamente o questionário num intervalo de 7 a 14 dias (reteste). A confiabilidade foi avaliada pela consistência interna, através do alfa de Cronbach, e pela estabilidade (teste-reteste), avaliada pelo Coeficiente de Correlação Intraclasse. Pacientes que não retornaram para a reaplicação do questionário, ou que relataram mudança nos sintomas do trato urinário inferior durante este período, foram excluídos da análise de estabilidade. A validade de critério foi avaliada pela aplicação da versão brasileira do questionário de qualidade de vida Qualiveen-SF e o resultado foi mensurado através do Coeficiente de Correlação Intraclasse. A validade de conteúdo foi determinada pela avaliação e julgamento do comitê de especialistas. A validade de construto foi obtida pela comparação entre o NBSS e a avaliação da função global da bexiga, através da análise de variância. RESULTADOS: Um total de 68 pacientes (57 homens - 83,8%) com idade média de 38,9 (± 14,7) anos participaram do estudo. Observou-se boa consistência interna da versão em português, com alfa de Cronbach de 0,813. A estabilidade (teste/reteste) também foi alta, com um Coeficiente de Correlação Intraclasse de 0,8596 [0,7586-0,9202] (p < 0,0001). Na validade de critério, o Coeficiente de Correlação Intraclasse revelou moderada correlação entre a versão em português do NBSS e o questionário Qualiveen-SF (r=0,6552 [0,423-0.8151]; p < 0,0001). CONCLUSÕES: Os resultados do estudo demonstraram que a versão brasileira do NBSS - Neurogenic Bladder Symptom Score, apresenta boa consistência interna, estabilidade e capacidade de medir o construto correto. O processo de adaptação cultural e validação do questionário NBSS para língua portuguesa, em pacientes com disfunção neurogênica do trato urinário inferior, foi concluído. O instrumento encontra-se apto para uso clínico e em pesquisa
Título em inglês
Cultural adaptation and validation of the neurogenic bladder symptom score questionnaire for portuguese
Palavras-chave em inglês
Outcome and process assessment (health care)
Quality of life
Surveys and questionnaires
Translating
Urinary bladder neurogenic
Urinary incontinence
Validation studies
Resumo em inglês
INTRODUCTION: Until recent times, there was no specific tool to evaluate the symptoms of the lower urinary tract of patients with neurological diseases. Several instruments have been developed and recommended for evaluation of urinary symptoms in patients with lower urinary tract dysfunction, but because they do not capture the specificity of the neurogenic bladder, they present questions that are inapplicable or insufficient to evaluate the symptoms of this population. In 2014 it was introduced the Neurogenic Bladder Symptom Score (NBSS), specific for patients with a neurogenic bladder diagnosis. It contains questions about urinary incontinence, symptoms and methods of bladder emptying, complications associated with voiding dysfunction and quality of life. OBJECTIVE: This study aimed to perform the cultural adaptation and validation of the NBSS questionnaire for the Brazilian Portuguese. METHODS: The symptom questionnaire was culturally adapted according to international guidelines, following the steps of: translation, synthesis, back-translation, expert committee review, and pre-final version test. The version adapted for Brazil was applied in patients with neurogenic bladder diagnosis due to spinal cord injury or multiple sclerosis, who attended for medical appointments with physiatrist or urologist. The same patients answered the questionnaire again within 7 to 14 days (retest). Reliability was assessed by internal consistency, using Cronbach's alpha, and stability (test-retest), as assessed by Intraclass Correlation Coefficient. Patients who did not return for questionnaire reapplication or who reported changes in lower urinary tract symptoms during this period were excluded from the stability analysis. The criterion validity was evaluated by applying the Brazilian version of the Qualiveen-SF quality of life questionnaire and the result was measured using the Intraclass Correlation Coefficient. The validity of content was determined by the evaluation and judgment of the committee of experts. The construct validity was obtained by the comparison between the NBSS and the evaluation of the global function of the bladder, through analysis of variance. RESULTS: A total of 68 patients (57 men - 83.8%) with an average age of 38.9 (± 14.7) years participated in the study. There was good internal consistency of the Portuguese version, with Cronbach's alpha of 0.813. Stability (test / retest) was also high, with a Intraclass Correlation Coefficient of 0.8596 [0.7586-0.9202] (p < 0.0001). For criterion validity, the Intraclass Correlation Coefficient revealed a moderate correlation between the Portuguese version of the NBSS and the Qualiveen-SF questionnaire (r = 0.6552 [0.423-0.8151]; p < 0.0001). CONCLUSIONS: The results of the study demonstrated that the Brazilian version of the NBSS - Neurogenic Bladder Symptom Score shows good internal consistency, stability and ability to measure the correct construct. The process of cultural adaptation and validation of the NBSS questionnaire for Portuguese language in patients with neurogenic lower urinary tract dysfunction was concluded. The instrument is suitable for clinical and research use
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.