• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2014.tde-25022015-150905
Documento
Autor
Nome completo
Mary Elen Salles Guariero
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Passerotti, Carlo Camargo (Presidente)
Nesrallah, Adriano João
Oliveira, Luiz Carlos Neves de
Título em português
Avaliação da qualidade de vida e índice de satisfação nos pacientes submetido à prostatectomia radical robótica e prostatectomia radical retropúbica: um estudo prospectivo e aleatorizado
Palavras-chave em português
Ensaio clínico controlado aleatório
Estudos prospectivos
Laparoscopia/métodos
Neoplasias da próstata
Prostatectomia retropúbica
Qualidade de vida
Robótica
Satisfação do paciente
Resumo em português
INTRODUÇÃO: O câncer de próstata (CaP) é o tipo mais comum entre os tumores malignos que afetam o homem. Dentre as opções terapêuticas para o tratamento precoce do CaP, destaca-se o tratamento cirúrgico com resultados satisfatórios de até 94% de cura nos casos localizados. A ressecção cirúrgica do CaP pode ser feita por três abordagens principais: prostatectomia radical retropúbica (PRR), prostatectomia radical laparoscópica (PRL) e mais recentemente a prostatectomia radical laparoscópica robô assistida (PRAR). Uma vez que existem várias alternativas terapêuticas para esse tipo de câncer, a qualidade de vida e satisfação relacionadas à avaliação, tornam-se muito importantes nos diferentes tipos de técnicas cirúrgicas. OBJETIVO: Comparar a qualidade de vida e o índice de satisfação nos pacientes submetidos a PRR e PRAR através de um estudo prospectivo e aleatorizado. MATERIAL E MÉTODOS: Através do Sistema Único de Saúde (SUS), 200 pacientes com diagnóstico de adenocarcinoma de próstata localizado, foram selecionados de forma aleatória para participarem do estudo, sendo então encaminhados entre março de 2010 a janeiro de 2011 para o Hospital Alemão Oswaldo Cruz (HAOC) para realizar PRAR, ou para o Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP), para a realização de PRR. Todos os pacientes foram seguidos clinicamente de maneira padrão. Utilizamos questionário SF-36 da seguinte forma: no pré-operatório e no pós-operatório de 1, 3, 6, 12, 18 e 24 meses, além de outro elaborado para avaliar a satisfação dos pacientes no pós operatório de 6, 12 e 18 meses. Os dados obtidos foram avaliados estatisticamente com nível de significância de 5%. RESULTADOS: Foram então aplicados os questionários em 200 pacientes submetidos às cirurgias (grupos homogêneos com 100 pacientes para PRR e 100 para PRAR). De acordo com os domínios de qualidade de vida, os escores médios dos aspectos físicos, aspectos emocionais e saúde mental só variaram estatisticamente entre os momentos de avaliação, sendo os grupos iguais entre si para estes domínios. De acordo com aspectos sociais houve diferença entre os grupos independente do momento de avaliação, sendo maior nos pacientes submetidos a cirurgia aberta (p = 0,016). O nível de escolaridade e a renda familiar dos pacientes que realizaram a cirurgia robótica são maiores que as dos pacientes que realizaram a cirurgia aberta (p = 0,044 e p = 0,029 respectivamente). De acordo com o grau de satisfação pós cirurgia, encontramos que os pacientes que fizeram cirurgia robótica apresentam um maior grau de satisfação com a cirurgia que aqueles submetidos a cirurgia aberta (p < 0,001). O que mais incomoda ou preocupa o paciente que realiza a cirurgia aberta é a disfunção erétil enquanto que nos pacientes que fazem à cirurgia robótica a preocupação se distribui entre cura, impotência e perda urinária. CONCLUSÃO: Demonstramos que a maioria dos aspectos de qualidade de vida são semelhantes entre os pacientes submetidos a PRR e PRAR com exceção dos aspectos sociais que foram maiores nos pacientes submetidos ao procedimento aberto, demonstramos ainda que o índice de satisfação dos pacientes é maior no procedimento robótico, entretanto a grande maioria dos pacientes realizariam o mesmo tratamento quando questionados
Título em inglês
Assessment of quality of life and satisfaction of patients who have undergone robotic radical prostatectomy and radical retropubic prostatectomy: a prospective randomized study
Palavras-chave em inglês
Laraposcopy/methods
Patient satisfaction
Prospective studies
Prostatectomy
Prostatic neoplasms
Quality of life
Randomized controlled trial
Robotic
Resumo em inglês
INTRODUCTION: Prostate cancer (PCa) is the most common malignant tumors that affect man. Among the treatment options for early treatment of PCa, stands out the surgical treatment with satisfactory results, achieving cure results of up to 94% in localized cases. Surgical resection of PCa can be done through three main approaches, which are radical retropubic prostatectomy (RRP), laparoscopic radical prostatectomy (LRP) and more recently robotic-assisted laparoscopic radical prostatectomy (RALRP). Since there are several alternative therapies for this cancer, quality of life and satisfaction related to the evaluation of different types of surgery became very important. OBJECTIVE: Evaluate the two most widely used techniques: RRP and RALRP through a prospective randomized study, checking the satisfaction and quality of life in patients who have undergone these treatments. MATERIAL AND METHODS: The choice of surgical approach of the patient occurred randomly and the patients were selected through the Unified Health System (SUS) and sent to the Oswaldo Cruz Hospital (HAOC) for RALRP (robotic-assisted laparoscopic radical prostatectomy) or sent to the Cancer Institute of the State of São Paulo (ICESP) for RRP (radical retropubic prostatectomy), between March 2010 and January 2011. All patients were followed clinically in a standard way through a questionnaire, SF-36 and a questionnaire to evaluate their satisfaction. It was also verified the level of regret in post-surgery within 1, 3, 6, 12 and 24 months and the level of satisfaction was verified at 6 12 and 18 months post-surgery. The data were statistically evaluated with a significance level of 5%. RESULTS: We then applied the questionnaires in 200 patients who underwent surgery, and 100 patients who underwent RRP and 100 patients who underwent RALRP. The groups were quite homogeneous. According to the domains of quality of life, the average scores of physical, emotional and mental health only varied significantly among time points of evaluation, and the groups were equal to each other for these domains. According to the social aspects there were differences between the groups regardless of the time of evaluation, being higher in patients who underwent open surgery (p = 0.016). The education level and family income of patients who underwent robotic surgery are higher than of patients who underwent open surgery (p = 0.044 and p = 0.029 respectively). According to the level of satisfaction post-surgery, we realized that robotic surgery patients have a higher level of satisfaction about the surgery than those undergone open surgery (p < 0.001). The most signicant thing that bothers or worries the open surgery patients is sexual impotence while in robotic surgery patients, the concern is distributed among cure, impotence and urinary incontinence. CONCLUSION: We demonstrated that most aspects of quality of life are similar among patients undergoing RRP and RALRP except social aspects that were higher in patients undergone open surgery. We further demonstrated that the rate of satisfaction is higher in the robotic procedure patients. However, when questioned, the vast majority of patients would do the same treatment
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-03-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.