• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2012.tde-18012013-153534
Documento
Autor
Nome completo
Caio Martins Moura
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Leite, Katia Ramos Moreira (Presidente)
Fonseca, Francisco Paulo da
Teodoro, Walcy Paganelli Rosolia
Título em português
Análise da expressão da molécula CD44 e suas isoformas no câncer de próstata
Palavras-chave em português
Expressão gênica
Moléculas de adesão celular
Neoplasias da próstata
Prognóstico
Reação em cadeia da polimerase em tempo real
Resumo em português
Introdução: O Câncer de próstata (CaP) é o tumor mais comum e a segunda causa de óbito por câncer no homem. O diagnóstico é feito pelo toque retal, nível sérico do antígeno prostático específico (PSA) e biópsia. A avaliação prognóstica é definida pelo PSA, estádio e escore de Gleason, porém, nenhum destes fatores clássicos, mesmo quando avaliados em conjunto, tem excelente performance na determinação prognóstica desta neoplasia. O CD44 é uma glicoproteína transmembrana envolvida em múltiplos processos celulares entre eles a adesão, migração, transmissão de sinal e apoptose. Tem como seu principal ligante o ácido hialurônico sendo assim um importante elemento na interação entre a célula e a matriz e por isso tem sido estudada como potencial marcador em várias neoplasias. Além da forma padrão (CD44s), apresenta ainda dez isoformas resultantes de splicing. São poucos os estudos de CD44 no CaP, principalmente relacionados a expressão de suas isoformas. Objetivo: Analisar e correlacionar a expressão de CD44s e de suas isoformas CD44v2, CD44v3, CD44v4, CD44v5, CD44v6, CD44v7, CD44v8, CD44v9 e CD44v10 no câncer localizado de próstata com os fatores prognósticos clássicos. Material e métodos: Analisamos retrospectivamente os espécimes cirúrgicos de 94 pacientes submetidos a prostatectomia radical (PR) entre outubro de 1997 e abril 2002. A expressão da forma standard, assim como das suas oito variantes resultado de splicing alternativo foi analisada através da reação em cadeia da polimerase quantitativa em tempo real (qRT-PCR). O grupo controle foi constituído pelos espécimes cirúrgicos de 14 pacientes com hiperplasia prostática benigna (HPB) submetidos a cirurgia aberta. Correlacionamos o perfil de expressão da forma padrão e suas variantes com escore de Gleason, estadiamento patológico, nível de PSA pré-operatório e recidiva bioquímica definida por níveis de PSA acima de 0,2ng/ml em seguimento médio de 53,3 meses. Resultados: Encontramos subexpressão de CD44s e superexpressão de todas as isoformas resultado de splicing alternativo no CaP localizado quando comparado a HPB. Observamos que a média de expressão da maioria das variantes foi maior nos pacientes que não recidivaram, porém apenas a maior expressão de CD44v2 esteve significativamente associada a menor chance de recidiva bioquímica (p=0,044). Conclusão: No CaP, existe uma alteração na expressão de CD44, com perda de CD44s e aumento de expressão de todas as suas variantes. No entanto, a recorrência tumoral mostrou-se significativamente associada a perda da expressão de CD44v2
Título em inglês
Analysis of CD44 molecule and its isoforms expression in prostate cancer
Palavras-chave em inglês
Cell adhesion molecules
Gene expression
Prognosis
Prostatic neoplasms
Real-time polymerase chain reaction
Resumo em inglês
Introduction: Prostate cancer (PC) is the most common tumor and the second leading cause of cancer death in men. The diagnosis is made by rectal examination, serum prostate-specific antigen (PSA) and biopsy. The prognosis is defined by the PSA, tumor stage and Gleason escore, however, none of these classical factors, even when combined, have excellent accuracy in determining tumor behavior. The CD44 is a transmembrane glycoprotein related to many cell processes including adhesion, migration, signaling transduction and apoptosis, being considered a potential marker in many tumors. Besides the standard form (CD44s) there are ten isoforms resulted from alternative splicing. There is scarce data in the literature regarding the role of CD44 and its isoforms in PC prognosis. Objective: To analyze the expression of the CD44s and its isoforms CD44v2, CD44v3, CD44v4, CD44v5, CD44v6, CD44v7, CD44v8, CD44v9 and CD44v10 in in surgical specimens of localized PC correlating the expression profile with the classical prognostic factors and biochemical recurrence. Methods: We retrospectively analyzed the surgical specimens of 94 patients that underwent radical prostatectomy between October 1997 and April 2002. The standard form as well as its nine variants were analyzed by quantitative, real time polymerase chain reaction (qRT-PCR). The control group consisted of 14 specimens of patients with benign prostatic hyperplasia (BPH) submitted to open surgery. We correlated the expression of the variants with the Gleason escore, pathological stage, pre-operatory PSA and the occurrence of biochemical recurrence defined as PSA higher than 0.2 ng/ml in a mean follow up of 53.3 months. Results: CD44s was underexpressed, and all isoforms were overexpressed in PC when compared with BPH. However, the mean expression of most variants was higher in patients without recurrence, while a higher expression of CD44v2 correlated with higher recurrence free survival rate (p=0.044). Conclusion: In PC, there is a change in CD44 expression with a loss of CD44s and an overexpression of all of the CD44 variants. We also found that biochemical recurrence was significantly associated with loss of CD44v2 expression.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DMCaioMMoura2012.pdf (2.62 Mbytes)
Data de Publicação
2013-01-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.