• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2008.tde-12012009-160736
Documento
Autor
Nome completo
Oskar Grau Kaufmann
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Srougi, Miguel (Presidente)
Alves, Rogério Simonetti
Cury, José
Nardozza Filho, Archimedes
Paranhos, Mario Luiz da Silva
Título em português
Avaliação da função erétil após a reconstituição do nervo cavernoso com o uso de células tronco de medula-óssea: estudo experimental em ratos
Palavras-chave em português
Células-tronco adultas
Disfunção erétil
Epidemiologia experimental
Nervos periféricos
Ratos Wistar
Resumo em português
Introdução: Atualmente a prostatectomia radical retropúbica tem sido responsável por grande parte dos casos de disfunção erétil de causa neurogênica. O desenvolvimento de técnicas como a cirurgia com preservação do feixe vásculo-nervoso, eletro-estimulação intra-operatória o uso de enxertos autólogos para se reestabelecer a comunicação dos nervos cavernosos têm minimizado o grau de lesão neuronal. Entretanto, faz-se necessária a criação de novos métodos de restauração do nervo cavernoso. Neste estudo, investigaremos o uso e a aplicação de células tronco adultas de medula óssea de ratos e sua capacidade para regeneração do nervo cavernosos lesado e para restauração da função erétil em ratos. Objetivo: Avaliar a influência de células tronco adultas da medula óssea de ratos na regeneração do nervo cavernosos lesado, tomando-se como parâmetro o retorno da função erétil nos animais submetidos ao teste de ereção induzido pela apomorfina. Material e Método: Quarenta e oito ratos Wistar-EPM machos, com idades entre 9 e 10 semanas, pesando aproximadamente 250 gramas foram usados e randomicamente subdivididos em quatro grupos de estudo contendo 12 animais cada. Os grupos experimentais foram divididos em: Grupo I: exposição cirúrgica bilateral nervo cavernoso sem lesão do mesmo.Grupo II: lesão cirúrgica bilateral do nervo cavernoso de aproximadamente 3 mm, sem reconstrução. Grupo III: lesão cirúrgica bilateral dos nervos cavernosos de aproximadamente 3 mm, e reconstrução bilateral com sondas guias de silicone contendo solução salina em seu interior. Grupo IV: lesão cirúrgica bilateral dos nervos cavernosos de aproximadamente 3 mm, e reconstrução bilateral com sondas guias de silicone semeadas com células-tronco adultas em seu interior. Quatro semanas após a cirurgia, os animais foram injetados com apomorfina para indução da ereção. Resultados: No grupo I observou-se resposta erétil completa em todos os animais (100% - 12 em 12). Por outro lado nenhum dos animais do grupo II apresentou ereções após a admnistração de apomorfina. Cinco dos doze animais do grupo III (41,7%) apresentaram ereções enquanto que nove dos 12 animais do grupo IV (75%) evidenciaram ereções após o estímulo. Quando foram comparadas as frequências de restauro de ereção nos quatro grupos, demonstrou-se que grupo IV teve um comportamento semelhante ao grupo I (p = 0,217), ao passo que os animais do grupo III apresentaram frequência de ereções inferiores aos do grupo I (p = 0,005). Por outro lado, a comparação dos resultados entre os grupo III e IV versus o grupo II, demostrou que a frequência de ereções foi estatisticamente superior nos dois primeiros grupos (p = 0,037 e p < 0,001, respectivamente). Finalmente, o grupo IV apresentou tendência a maior número de ereções quando comparado ao grupo III (75% versus 41,7%) mas essa diferença não foi estatisticamente significante (p = 0,098). Conclusão: O presente estudo demonstra que células tronco adultas da medula óssea, semeadas em sondas guias de silicone, favorecem a regeneração dos nervos cavernosos e promovem o reestabelecimento da função erétil em um modelo animal.
Título em inglês
Cavernous nerve reconstitution with the use of bone marrow stem cells and erectile function evaluation: an animal experimental study
Palavras-chave em inglês
Adult stem cells
Epidemiology experimental
Erectile dysfunction
Peripheral nerves
Rats Wistar
Resumo em inglês
Objective: To assess the influence of adult stem cells from bone marrow of rats in the regeneration of cavernous nerve, taking as a parameter the return of erectile function in animals subjected to the test of erection induced by apomorphine. Methods: Forty-eight WISTAR-EPM male rats, aged between 9 and 10 weeks, weighing approximately 250 grams were used and randomly divided into four groups of study containing 12 animals each. The experimental groups were divided into: Group I: surgical exposure of bilateral cavernous nerves without injury. Grupo II: surgical bilateral lesion of cavernous nerve with approximately 3 mm, without reconstruction. Group III: surgical bilateral lesion of cavernous nerves of approximately 3 mm, and bilateral reconstruction with silicone tube containing saline solution inside. Group IV: surgical bilateral lesion of cavernous nerves of approximately 3 mm, and bilateral reconstruction with silicone tube containing adult stem-cells inside. Four weeks after surgery, the animals were injected with apomorphine for induction of erection. Results: In Group I there was complete erectile response in all animals (100% - 12 in 12). On the other hand none of the animals in Group II presented erection after the use of apomorphine. Five of the twelve animals of group III (41.7%) had erections while nine of the 12 animals of Group IV (75%) showed them after the stimulus. When we compared the frequency of restoration of erection in the four groups, it was shown that group IV had similar performance to the group I (p = 0,217), while the animals in Group III had a frequency of erections inferiors to the Group I (P = 0,005). Moreover, comparison of results between the group III and IV versus the group II, showed that the frequency of erections was statistically higher in the first two groups (p = 0,037 p < 0,001, respectively). Finally, the group IV presented trend the largest number of erections when compared to Group III (75% versus 41.7%) but this difference was not statistically significant (p = 0,098). Conclusion : This study shows that adult stem cells from bone marrow, sown in probes silicone guides, promote the regeneration of cavernous nerves and restore erectile function in an animal model.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-01-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.